Pular para o conteúdo principal

Washington Júnio Gomes da Silva, diretor do grupo Fulô de Laranjeira, cuida de todos os detalhes do grupo, até do figurino.
Foto: Tamires Martins

BH em Pauta: Quadrilha busca 1º lugar em Grupo Especial

06/07/2017 | 16:31 | atualizado em 10/07/2017 | 10:11
Podem até dizer que é sorte de principiante. Afinal, a quadrilha junina Fulô de Laranjeira disputou o Arraial de Belo Horizonte pela primeira vez no ano passado e já se consagrou como campeã do Grupo de Acesso. Mas, para Washington Júnio Gomes da Silva, diretor, dançarino, figurinista e costureiro da quadrilha, o sucesso é resultado de muito trabalho e amor.


O diretor e faz-tudo começou a sonhar em ter a própria quadrilha em 2015. Em março de 2016, tinha reunido apenas 13 casais para disputar o Arraial. E, faltando menos de dois meses para subir no tablado da Praça da Estação, conseguiu completar o time de dançarinos, que ensaiaram intensamente, “quase todos os dias da semana”, para o grande dia.


“Tudo aconteceu de maneira muito rápida. Mas eu sou muito exigente e disse para minha equipe que se fosse para topar o nosso projeto, teria de ser com honra pela nossa quadrilha. Que tinham que sorrir para o público e para o jurado, mas com amor. Que tinham que dançar com amor. Pois, para mim, essa é a chave do sucesso”, relata Washington que, neste ano, está a “todo vapor” para disputar o título do Grupo Especial, na Praça da Estação, no próximo sábado (8/7) e domingo (9/7).

A relação que Washington tem com a cultura junina, por si só, ajuda a explicar o sucesso rápido e o título da Fulô de Laranjeira logo no ano de estreia. Ele começou a dançar com apenas 6 anos, na quadrilha mirim Fubá Suado. Passou pelas quadrilhas Capão da Mandioca, Xique-Xique e Beija Flor, até começar a colocar em prática o que sempre havia sonhado: ter a própria quadrilha. Com ajuda do namorado Tom Martins, ele fundou a Fulô de Laranjeira em 2015. “Foi muito difícil levantar recursos para colocar a quadrilha no tablado. Fizemos rifas, festas, participamos de festas privadas e, com isso, juntamos verba para produzirmos todo o figurino e produção”, conta Washington.


De acordo com ele, um dos destaques que levou a Fulô de Laranjeira a ser a campeã do Grupo de Acesso de 2016 foi o figurino. “Certo dia, Tom acordou dizendo que havia sonhado com o vestido das damas. Levantou cedo da cama, comprou todo o material necessário e começou a costurar. O resultado foi emocionante. Todos ficaram de boca aberta. O vestido estava realmente lindo e, por incrível que pareça, feito em apenas um dia”, relembra. O casal conta também com ajuda da figurinista Tayla Sheron.


Além da produção do figurino dos 52 dançarinos da Fulô, eles também costuram para outras quadrilhas. E não é que a mão deles é realmente boa? O Arraial do Kossaco, vencedor do Grupo de Acesso do Arraial de Belo Horizonte 2017, e a quadrilha Cata Latas, vice-campeã, dançaram com figurino desenvolvido por eles.


No próximo domingo, a Fulô de Laranjeira é a primeira quadrilha a dançar no Arraial de Belo Horizonte. “A nossa vitória é subir no tablado e mostrar o nosso trabalho, o amor que temos com a nossa cultura junina. Se vamos vencer eu não sei, mas o que importa é que mostramos muito respeito a todas as outras quadrilhas, que perpetuam a cultura junina há décadas, e que são motivo de inspiração pra gente. Sou muito grato por fazer parte desse que, para mim, é o maior espetáculo de Belo Horizonte”, afirma Washington.


Grupo Especial
 

Quem sobe nos tablados do Arraial de Belô no fim de semana, sábado e domingo (8 e 9/7), são as 13 quadrilhas que disputam o título do Grupo Especial. O valor da premiação é R$ 14 mil para o primeiro lugar, R$ 12 mil para o segundo, R$ 10 mil para o terceiro e R$ 8 mil para o quarto. Os quatro piores colocados no Grupo Especial serão rebaixados e poderão disputar o concurso de quadrilhas em 2018 somente pelo Grupo de Acesso.


Programação
 

Às 23h de sábado, a atração é a dupla Rick e Ricardo. E, para fechar com chave de ouro a programação do Arraial de Belo Horizonte na Praça da Estação, a partir de 21h de domingo haverá o show de Michel Teló. Todas as noites também serão animadas pelo som do DJ Junio Assisi. Confira a programação do fim de semana.


ARRAIAL DE BELO HORIZONTE 2017

CONCURSO MUNICIPAL DE QUADRILHAS JUNINAS – GRUPO ESPECIAL (8 e 9/7)

PRAÇA DA ESTAÇÃO

Dia 8 de julho: das 14h30 às 18h30

19h - Balancê Mineiro
19h30 - Pé Rachado
20h - Feijão Queimado
20h30 - Fogo de Palha
21h - São Mateus
21h30 - Pé de Serra
22h - Sangê de Minas

Dia 9 de julho: das 13h às 16h30

17h30 - Fulô de Laranjeira
18h - Sol Nascente
18h30 - Arriba Saia
19h - Forró de Minas
19h30 - Sem Nome
20h - São Gererê

SHOWS - PRAÇA DA ESTAÇÃO

Rick e Ricardo: 8 de julho, a partir das 23h
Michel Teló: dia 9 de julho, domingo, a partir das 21h

*Todas as atrações têm entrada gratuita

Confira a programação completa do site do Arraial de Belo Horizonte. 
 
 

06/07/2017. Fulô de Laranjeira. Fotos: Tamires Martinz/Belotur