Pular para o conteúdo principal

Mais de 11 alunos acompanham aulas em laboratório da Prodabel, feito somente de equipamentos recondicionados ou reaproveitados.
Foto: Divulgação PBH

BH em Pauta: Prodabel tem espaço com material recondicionado

30/10/2017 | 14:16 | atualizado em 20/11/2017 | 10:30

A unidade do bairro Ipiranga da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel) ganhou um novo laboratório. O espaço multiuso – que conta com 20 computadores – será utilizado para ministrar os diversos cursos existentes no local, para pessoas de todas as idades. Um detalhe, porém, chama a atenção: a sala foi construída sem nenhum investimento financeiro. 


Equipamentos já disponíveis na Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) foram utilizados, com reforma de mesas e cadeiras que não estavam sendo utilizadas, além de computadores recondicionados na própria unidade da empresa. Tudo foi devidamente doado para a Prodabel e passou por um processo de restauração. Agora, a população tem mais um local para aprender sobre o mundo da tecnologia.


A inauguração do novo espaço ocorreu no último dia 25 de outubro. De cara, o local vai receber projetos importantes desenvolvidos atualmente: Hora do Código, que tem como objetivo inserir crianças a partir de seis anos no mundo da programação; Idealab, desenvolvido em parceria com o Sebrae Minas e que capacita micro e pequenos empresários, oferecendo a eles dicas de administração e como utilizar a informática como aliada na gestão do próprio negócio; e o curso de Formação e Vivência em Informática para Jovens, que capacita adolescentes moradores de comunidades de BH, para que eles se tornem monitores nos bairros onde moram e levem conhecimento a quem mais precisa. 


“Para nós, é um motivo de muito orgulho, pois estamos ampliando a capacidade de receber as pessoas sem que haja nenhum gasto de dinheiro público”, afirma Leonardo Roscoe, diretor de Inclusão Digital da Prodabel. Segundo ele, já está em fase de estudos a adaptação de outros espaços na unidade Ipiranga. “Vamos transferir para um galpão anexo a área de recondicionamento de computadores. Com isto, teremos condições de fazer novas salas de aula, o que vai ampliar a capacidade e, consequentemente, gerar oportunidades de aprendizado para as pessoas de todas as idades.”  


 Inclusão social e digital

A unidade do bairro Ipiranga da Prodabel é o espaço em que as atividades voltadas para a inclusão digital ganham maior destaque. Mesmo nos dias atuais, em que a tecnologia se faz cada vez mais presente na vida das pessoas, ainda é grande o número de moradores que não possuem sequer um computador em casa. No local, pessoas a partir de seis anos já podem participar de cursos gratuitos e atividades de capacitação, além de utilizar os computadores para questões particulares, como acessar redes sociais na internet, jogos, imprimir currículos, entre outras ações.

 

“Promover este acesso é um dos principais desafios da Prodabel, em especial a diretoria de Inclusão Digital. Além da própria unidade Ipiranga, temos também outras ações importantes na cidade, nos mais de 300 Telecentros espalhados pelas comunidades e com o projeto Conexão Aberta, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Educação e que leva uma carreta adaptada com computadores para as nove regionais de Belo Horizonte”, afirmou Leonardo Roscoe.  Outro trabalho de destaque desenvolvido é o de recondicionamento de computadores, que de 2015 para cá já distribuiu para os Telecentros e outros setores da Prefeitura mais de 1,2 mil máquinas que foram remontadas. 

 

 

30/10/2017. Novo Laboratório Ipiranga. Fotos: Divulgação/Prodabel