Pular para o conteúdo principal

BH em Pauta: Funcionários fazem rap de conscientização

14/07/2017 | 18:58 | atualizado em 10/05/2018 | 17:10

Auxiliar de serviços gerais na Escola Municipal Dom Bosco, Fernando de Souza, de 21 anos, vem atacando de rapper na conscientização contra o uso do cerol e da linha chilena, dois materiais que podem fazer da brincadeira de soltar pipa um risco de acidentes e à vida humana. Fernando é autor do rap “Férias Sem Cerol”, apresentado durante as palestras realizadas na Dom Boco às vésperas do recesso escolar.

 

“O cerol é proibido / Pode até matar o amigo”, diz um trecho da canção (confira a letra completa mais abaixo).
 

Fernando conta que teve a ideia de compor  após ouvir as explicações sobre os riscos do uso de cerol e ver alguns amigos brincando sem segurança e se expondo aos perigos: “Minha motivação ao escrever o rap foi pedir que as crianças e adolescentes brinquem com mais responsabilidade e não utilizem esses materiais perigosos ao soltar as pipas, para que assim preservem a vida deles e das outras pessoas.”
 

Durante a apresentação, Fernando contou com a participação do Matheus Viana, 13, aluno do 8º ano da Dom Bosco. O rap contagiou o público na escola e foi aplaudido efusivamente ao fim de cada performance da dupla.
 

Empolgado com a boa receptividade por parte dos estudantes, o novo rapper tem planos de gravar a música e utilizar o trabalho para divulgar aos jovens de outras partes da cidade que é possível brincar sem se arriscar. Quem se interessar na apresentação dele ou mesmo em ajudá-lo na realização do sonho de gravação, basta entrar em contato pelo telefone da escola (3277-8524) e falar com Rita de Cássia, monitora de apoio do Programa Saúde na Escola.

 

350 estudantes

Uma linha de pipa com cerol ou uma linha chilena – material que é vendido pela Internet e que tem o poder de corte quatro vezes superior ao do cerol – representa um grande risco de acidentes para pedestres, motociclistas, ciclistas e ainda pode atingir a rede elétrica, romper cabos e causar curtos circuitos, interrompendo o fornecimento de energia. Além disso, esses materiais  podem prejudicar a segurança de aeronaves ao se enroscar no rotor de um helicóptero, por exemplo.
 

A cada ano, infelizmente, são recorrentes as tristes notícias de casos de lesões graves e até mesmo mortes provocadas pelas linhas de cerol. E foi justamente para evitar que uma brincadeira vire tragédia que professores e monitores da Escola Dom Bosco realizaram oito palestras entre 20 e 27 de junho passado. Participaram em torno de 350 estudantes do 2º e 3º ciclo nos turnos da manhã e tarde.

 

Desde 2015 essas conscientizações são realizadas, em parceria com profissionais do Corpo de Bombeiros e CEMIG, através de palestras, apresentações de vídeos, mensagens da Internet e murais.
 

“As palestras trouxeram muitas informações importantes, não aterrorizantes, mas de conscientização, sobre os perigos e riscos que podem causar à vida humana através do cerol e linha chilena”, afirma a monitora Rita de Cássia.
 

“São informações úteis, que todos já sabem um pouco, mas desrespeitam, por isso é sempre bom fixar. Eu não brinco muito com pipas, mas aqueles que brincam precisam saber que não podem colocar a vida de outras pessoas em risco”, observa Tiago Calebe, 13, estudante do 8º ano.
 

 

Usar linha com cerol ou linha chilena é crime

O uso de cerol ou de qualquer outro tipo de material cortante nas linhas de pipas foi proibido em nossa capital desde o ano de 2003, através da Lei nº 8.563/03. O Executivo fiscaliza o cumprimento da Lei em parceria com a Polícia Militar e o infrator está sujeito a multa no valor de R$ 500 (quinhentos reais), além das responsabilidades civis e penais em caso de danos à pessoa física, ao patrimônio público ou à propriedade privada.

FÉRIAS SEM CEROL E LINHA CHILENA

(Autoria: Nando Rap (com Matheus Viana)

REFRÃO

Preserve sua vida e a dos outros, meu irmão,
A linha com cerol é uma arma na sua mão.
E a linha chilena?..
Já pensou o estrago que faz?
Pior do que o cerol e corta 4 vezes mais.
 

Bota pressão nos moleques pra não fazer o que é errado,
Pois diversão tem limite,
Você está ligado, “chegado”?
 

Não estou aqui pra ensinar,
Estou aqui pra dar exemplo
E também pra te falar,
Que sua vida é um vento.
 

Menino novo correndo
Atrás de pipa no sol,
Motociclista e ciclista
Perdendo a vida com cerol.
 

Enganchar pipa no fio
Isso é um risco total.
Final de semana passa
A notícia no jornal:
 

Ele quis brincar com a morte
Eu avisei,
Ele ouviu,
Menino não soube empinar, enganchou a pipa no fio.
Ele foi tentar tirar,
Tomou um choque grave no fio,
Levaram ele pro hospital
Mas ele não resistiu.
 

O cerol é proibido
Pode até matar o amigo.
Temos que tomar cuidado com isso.
Pra ninguém correr perigo.
 

Tem uma linha nova em cena,
Conhecida como linha chilena,
Só pra nos trazer mais problema.
Para tirar nossa vida de cena.
 

Moleque manda recado
Diz que vai pra casa mais cedo,
Pra não se cortar no cerol
Enrola fita no dedo,
Pois pipa só é brinquedo
Sem cerol e linha chilena,
Escondida como segredo.
 

REFRÃO

Preserve sua vida e as dos outros, meu irmão,
a linha com cerol é uma arma na sua mão,
E a linha chilena?... Já pensou o estrago que faz?
Pior do que o cerol que corta 4 vezes mais.
 

O que era pra ser diversão acabou virando brinquedo assassino
Acidentes graves nas cidades, com redes elétricas, isso é prejuízo.
As crianças longe dos seus pais, de 14 pra baixo estão todos envolvidos.
O cerol e a linha chilena já deixaram vários gravemente feridos,
Se polícia te para e te pega, com cerol e com a linha chilena, você está perdido,
 

Escuta isso aqui que eu te falo,
É conselho de irmão,
É conselho de amigo:
Diga não pro cerol e pra linha chilena,
Porque isso aí é um perigo.
 

Ando pensando na vida que passa como um vento
Um jovem assim como eu,
Vira assassino mais cedo,
Não basta ter uma arma,
Não basta ter uma faca,
Basta ter cerol na linha
Com a sua vida acaba.
 

Linhas cortantes nos correm e nós cortando os graves.
Para com isso, meu “parça”,
Amanhã pode ser tarde.
Pense na minha família,
Pense na sua família
E na família dos outros.
Isto é questão de viver.
Sei que ninguém quer morrer,
Se depender de você,
Você vai fazer o quê?
Ver sua família feliz
E a dos outros sofrer?
Mas você vai perceber
Na hora que acontecer,
Vai lembrar destas palestras que a gente fez pra você.
 

REFRÃO

Preserve sua vida e as dos outros, meu irmão,
A linha com cerol é uma arma na sua mão.
E a linha chilena?..
Já pensou o estrago que faz?
Pior do que o cerol que corta 4 vezes mais.