Pular para o conteúdo principal

Belo Horizonte vacina 668 mil pessoas contra a Febre Amarela

11/04/2017 | 15:42 | atualizado em 30/05/2017 | 12:44

A Prefeitura de Belo Horizonte investiu todos os esforços para proteger a população contra a Febre Amarela. Este ano, mais de 668 mil pessoas receberam a vacina e a capital atingiu uma cobertura vacinal de 81% da população adulta, percentual considerado muito satisfatório. Em 2016, a cobertura foi de 57%. 

 

Quem ainda não se vacinou e não tem disponibilidade de ir ao Centro de Saúde no horário da vacinação, das 9h às 17h30, tem até a próxima quinta-feira, 13 de abril, para procurar um dos postos extras, que estão funcionando com horário de atendimento ampliado: 

 

Posto Extra

Funcionamento/Horário

Endereço

UPA Centro Sul

Até quinta-feira, 13 de abril

7h30 às 20h30

Rua Domingos Vieira, 484 – Santa Efigênia

Serviço de Atenção ao Viajante

Até quinta-feira, 13 de abril

9h às 12h / 13h às 20h30

Rua Paraíba, 890 – Savassi

UPA Venda Nova

Até quinta-feira, 13 de abril

7h30 às 20h30

Rua Padre Pedro Pinto 175 – Venda Nova
 

CEREST Barreiro

Até quinta-feira, 13 de abril

8h às 20h30

Rua Pinheiro Chagas, 125 – Barreiro 
 

Centro de Saúde Noraldino de Lima

Até quinta-feira, 13 de abril*

9h às 20h30

*Após esta data, a vacinação volta ao horário normal, das 9 às 17h30

Avenida Amazonas, 4373 – Nova Suissa

 

Para garantir a proteção da população a PBH abriu postos extras de vacinação, ampliou equipe e horários de vacinação, fez busca ativa por moradores que não estavam com o cartão de vacinação em dia e intensificou ações de zoonoses para combater o Aedes aegypti, que no meio urbano é transmissor da Febre Amarela. 

 

É importante esclarecer que a vacina contra a Febre Amarela faz parte do calendário nacional de vacinação e está disponível durante todo o ano nos Centros de Saúde da capital. Nessas unidades a vacinação é realizada de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30. No caso do Serviço de Atenção ao Viajante, após o dia 13 de abril, a unidade voltará a vacinar exclusivamente os viajantes que estiverem com o cartão desatualizado e  necessitarem do certificado internacional de vacinação. Os demais usuários devem procurar algum Centro de Saúde para receber a vacina. 

 

Os esforços realizados pela Prefeitura tiveram resultados positivos. Não há casos de Febre Amarela contraídos na capital. A PBH mantém o monitoramento de morte de primatas, que é uma medida sentinela na prevenção e controle da febre amarela. Até a presente data, 11 resultados deram negativo para a doença em macacos encontrados mortos na capital. Três resultados deram positivos (Regionais Venda Nova, Centro-Sul e Oeste) e 23 permanecem pendentes. 

 

A partir do dia 17 de abril tem início a campanha de vacinação contra a Influenza e as equipes de Imunização vão reunir esforços para esta ação.