Pular para o conteúdo principal

 Moradores do Barreiro ganham área social e de lazer no entorno do córrego Túnel-Camarões
Foto: Rogério França

Barreiro ganha área social e de lazer no entorno do córrego Túnel-Camarões

criado em 02/02/2022 - atualizado em 03/02/2022 | 13:50

A etapa complementar das obras de macrodrenagem do córrego Túnel-Camarões – que corresponde à urbanização e paisagismo – já foi concluída, garantindo aos moradores dos bairros Itaipu, Conjunto Túnel de Ibirité, João Paulo II e Tirol um espaço para a prática de lazer e esporte, socialização e bem estar. Sob supervisão da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), foram investidos nessa etapa de urbanização cerca de R$ 34,8 milhões. 

No perímetro do empreendimento, entre as ruas Francisco Jonas Santana e Fabiano Tailor, foi construída uma pista de caminhada numa extensão de 1,85 km. Quatro quadras poliesportivas para prática de futsal, basquete, voleibol e peteca; dois campos de futebol, sendo que um possui medidas oficiais preconizadas pela Federação Mineira de Futebol; quatro áreas com instalação de academias a céu aberto; além de cerca de 28 mil m² de grama e quase 2 mil mudas de árvores nativas plantadas em diversos pontos no entorno da obra compõem o conjunto de equipamentos sócio-esportivos. Lâmpadas de LED serão instaladas nas quadras e na pista de caminhada ainda neste primeiro semestre, aumentando a segurança e permitindo a prática de esportes para o período noturno. 

As obras de macrodrenagem e infraestrutura do córrego Túnel-Camarões, pertencente à bacia do Ribeirão Arrudas, foram retomadas pela atual gestão com o objetivo de reduzir inundações na região do Barreiro e na avenida Teresa Cristina. Em operação desde 2019, as duas bacias de detenção construídas têm a capacidade de conter 400 milhões de litros d'água, regulando a vazão das águas pluviais e garantindo mais segurança à população da região.

"Com o término dessa etapa de urbanização no córrego Túnel-Camarões, o Barreiro pode contar com mais uma área de controle de cheias completa: além da melhoria da infraestrutura, houve um ganho também na qualidade ambiental e social", complementa o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho.