Pular para o conteúdo principal

Funcionário do banco de alimentos despejando frutas e legumes de uma caixa à outra
Foto: Débora de Oliveira/PBH

Banco de Alimentos da Prefeitura é contemplado em seleção e será revitalizado

11/09/2018 | 17:49 | atualizado em 11/09/2018 | 17:49
As instituições beneficiadas pelo Banco de Alimentos e seus servidores municipais estão em festa! O equipamento da Prefeitura de Belo Horizonte, referência nacional no combate ao desperdício de alimentos, foi contemplado em seleção do Ministério do Desenvolvimento Social e receberá 500 mil para aquisição de bens permanentes e realização de obras que otimizarão o seu funcionamento. Bancos de todo o país concorreram ao prêmio.

A seleção aconteceu em duas modalidades: cidades com até 100 mil habitantes e cidades com mais de 300 mil habitantes. O resultado da seleção foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) e pode ser conferido no link. O Banco de Alimentos da cidade ficou em segundo lugar na modalidade de maior população. 

“Ao longo deste ano tivemos muitos desafios. Um deles foi a adesão à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos. Foi preciso adequar o equipamento às legislações federais, mas esse esforço nos possibilitou participar dessa seleção e alcançar o prêmio”, conta Eulália Gomes, coordenadora do Banco de Alimentos. Além disso, a premiação veio em um importante momento – os 15 anos completados pelo Banco recentemente. 

Ainda segundo a coordenadora, o montante será investido na reforma dos vestiários, cozinha, piso e telhado, além da compra de equipamentos hidráulicos. A expectativa é que os recursos já estejam disponíveis até o fim de outubro. “Esperamos que este investimento possa qualificar ainda mais o serviço que prestamos, fortalecendo as atividades da segurança alimentar e nutricional do Município”, explicou.

Maíra Colares, secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, unidade responsável pelo Banco de Alimentos, destaca a importância da parceria com a Sudecap e a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura. “Criamos uma força, pois foi preciso apurar e organizar um amplo detalhamento relacionado à execução das obras. A partir da intersetorialidade, conseguimos elaborar uma proposta sólida e que foi contemplada”, relatou. 
 

Como apoiar o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos recebe produtos que perderam o valor para o comércio, mas que ainda estão adequados para o consumo. Os alimentos recebidos são selecionados e distribuídos gratuitamente a 41 instituições cadastradas que produzem e distribuem refeições gratuitas a pessoas em situação de vulnerabilidade social.
 
As doações podem ser feitas por pessoas físicas, supermercados, sacolões, outros bancos de alimentos da Região Metropolitana de Belo Horizonte e também de agricultores familiares. A unidade fica na rua Tuiuti, 888, no Padre Eustáquio, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Dúvidas podem ser esclarecidas nos telefones 3277-5713 e 3277-4781.
 

11/09/2018. Premiação Banco de Alimentos. Foto: Débora de Oliveira/PBH