Pular para o conteúdo principal

INterdição noturna para obras no Viaduto Angola, dia 3/4, a partir das 23h.
Arte: PBH

Av. Antônio Carlos tem interdição noturna para manutenção do Viaduto Angola

03/04/2018 | 18:19 | atualizado em 04/04/2018 | 19:14

A Prefeitura de Belo Horizonte informa que o Viaduto Angola, situado na Avenida Antônio Carlos, próximo ao Hospital Odilon Behrens, passa por manutenção. A partir das 23h de terça-feira, dia 3/4, será realizado o levantamento, por macaco hidráulico, do viaduto Angola e o trânsito da Avenida Antônio Carlos, em ambos os sentidos (pistas mistas e exclusivas), será interditado no trecho debaixo do viaduto. A previsão é que a via seja liberada às 5h de quarta-feira, dia 4/4.

 

Intervenções de trânsito

 

Operação Noturna para levantamento do viaduto (Dia 3/4)

 

Para cada fase do processo de manutenção do viaduto será realizada uma operação noturna, quando ocorrerá a interdição total da Avenida Antônio Carlos, em ambos os sentidos, para execução do levantamento do viaduto utilizando macaco hidráulico.

 

Intervenções no dia 3/4

 

• Interdição total da Avenida Antônio Carlos, em ambos os sentidos, pista mista e pista exclusiva do MOVE, debaixo do viaduto Angola - (das 23h às 5h).

 

 • Desvios:

Sentido Centro/Bairro: Avenida Antônio Carlos, agulha de acesso Rua Formiga, Rua Formiga, Rua Manoel Macedo, acesso à Avenida Antônio Carlos após o Viaduto Angola...

 

Sentido Bairro/Centro: Avenida Antônio Carlos, agulha de acesso Praça São Cristóvão/Conjunto IAPI, Rua Manoel Macedo (em frente ao Conjunto IAPI), Avenida Antônio Carlos...

 

• Estações MOVE Desativadas:

As estações de transferência do MOVE no trecho desviado serão desativadas durante o horário de manutenção do viaduto (23h às 5h). Confira as estações desativadas:

- Estação SENAI

- Estação ODILON BEHRENS

- Estação IAPI

 

03-Gilvan_Interdição Viaduto Angola_MAPAOpNoturna ESTE.jpg

 

Manutenção iniciada em 27/2

Desde o dia 27/2, e durante todo o período de manutenção, está interditado o sentido Concórdia / São Cristóvão do viaduto Angola. Os motoristas devem utilizar como desvio o viaduto da República do Congo, aproximadamente 350 metros à frente. Somente será permitido o tráfego de veículos de emergência (ambulâncias) e de operação policial, devido à proximidade com o Hospital Metropolitano Odilon Behrens e com o Departamento de Investigação da Polícia Civil. O sentido São Cristóvão / Concórdia do viaduto Angola está livre para o trânsito de veículos.

 

Também está fechado um dos acessos da Avenida Antônio Carlos (sentido Bairro/Centro) em direção ao Hospital Odilon Behrens. O acesso a praça São Cristóvão/Conjunto IAPI está mantido e ajustes foram realizados para que essa via possibilite acessar o Hospital Odilon Behrens.

 

Sobre a manutenção do Viaduto

 Os trabalhos no viaduto, iniciados em 27/2, terão duração aproximada de 40 dias. Nesse período, a Prefeitura, por meio da Sudecap e da BHTrans, vai acompanhar o andamento das obras e oferecer suporte à logística de trânsito.

 

O que será feito

 

Em vistoria periódica, foi constatada a necessidade de troca dos aparelhos de apoio da estrutura. A manutenção será executada pelo Consórcio Andrade Gutierrez/ Barbosa Mello, responsável pela construção do viaduto, sem ônus para os governos municipal e estadual.

 

Entenda o que são os aparelhos de apoio

Os aparelhos de apoio são dispositivos que fazem a transição entre a superestrutura e a mesoestrutura ou a infraestrutura. A necessidade de sua utilização ocorre porque quando duas peças estruturais se apoiam uma sobre a outra, elas podem girar (rotação) ou deslizar (translação) uma em relação à outra. Estes movimentos de rotação e translação nem sempre podem ser absorvidos por alguma das duas peças, tornando assim necessário, um elemento intermediário entre elas, que é o aparelho de apoio. O uso dos aparelhos entre vigas e pilares possibilita a movimentação natural existente entre estes dois elementos, absorvendo os esforços horizontais e de rotações, transmitindo assim aos pilares os esforços verticais.

 

 

03-Gilvan_Interdição Viaduto Angola_MAPADiario.png