Pular para o conteúdo principal

Informativo sobre o Cornavírus em Belo Horizonte
Foto: Arte PBH

Atletas de projeto da PBH realizam 'treinos coletivos' por meio de aplicativo

12/05/2020 | 16:48 | atualizado em 19/05/2020 | 09:22

Em conformidade com as medidas de distanciamento social tomadas pela Prefeitura de Belo Horizonte para conter o avanço da pandemia da Covid-19, os treinamentos coletivos virtuais foram adotados para os atletas do Sada/AM Paradesporto – PBH, equipe apoiada pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, com o projeto Vôlei Sem Limites.

De 25 de março a 27 de abril, os atletas passaram por um programa individualizado de atividades elaborado pela comissão técnica do projeto. Já os treinamentos coletivos pela internet tiveram início em 28 de abril e são realizados duas vezes por semana, às terças-feiras e quintas-feiras, por meio de um aplicativo de videoconferência que reúne virtualmente atletas e comissão técnica.

Durante essas atividades, os atletas fazem exercícios de prevenção de lesão sob a orientação da fisioterapeuta Larissa de Oliveira e também de preparação física e técnica sob o comando do treinador Thiago Rodrigues e da assistente estagiária Elaine Priscilla. Coordenadora do Vôlei Sem Limites, Carla Dantes acompanha as sessões on-line.

“Para a equipe não ficar sem atividades nesse período de quarentena, fizemos essa programação com o objetivo de garantir a integridade e a segurança de nossos atletas e profissionais”, explica Carla Dantês.

Um dos 12 atletas da equipe, Murilo Barbosa Souza, de 37 anos, elogia o programa de atividades via internet elaborado e realizado pela comissão técnica do Vôlei Sem Limites. “Tenho feito exercícios de prevenção de lesão, de fortalecimento e com bola, adaptando o dia a dia da quadra em casa. Essas ações feitas pela comissão têm sido de um ganho tremendo, pois com o isolamento social os treinos presenciais estão parados e essas ações têm nos beneficiado a manter a forma física.”

 

Superar

Mantido pela Associação Mineira de Paradesporto e Filiado à Federação Mineira de Voleibol, o Sada/AM Paradesporto – PBH é o único time mineiro de voleibol sentado. Desde 2019, a Prefeitura de Belo Horizonte investe na profissionalização da equipe, com recursos financeiros procedentes da aprovação do projeto Vôlei Sem Limites junto à Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

O Vôlei Sem Limites faz parte do Superar, programa da Prefeitura que desenvolve atividades físicas e recreativas para 900 pessoas com deficiência. “Esse patrocínio assegura condições propícias para a evolução física, técnica e psicológica dos atletas”, afirma Elberto Furtado, secretário municipal de Esportes e Lazer da Prefeitura de Belo Horizonte.

 

Sobre a modalidade  

No vôlei sentado, podem competir homens e mulheres com alguma deficiência física ou relacionada à locomoção. São seis jogadores em cada time, divididos por uma rede de altura reduzida e em uma quadra menor que a versão olímpica. No Brasil, a modalidade é administrada pela Confederação Brasileira de Voleibol para Deficientes.


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48