Pular para o conteúdo principal

Astronomia é tema de programação no Centro Cultural Vila Marçola
Foto: Violeta Penna

Astronomia é tema de programação no Centro Cultural Vila Marçola

criado em 12/05/2022 - atualizado em 12/05/2022 | 14:05

Nesta sexta-feira e sábado, dias 13 e 14, o Espaço do Conhecimento UFMG realiza, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, a programação especial “Cultura e Astronomia”, no Centro Cultural Vila Marçola (Rua Mangabeira da Serra, 320, Vila Marçola). A programação, que conta com oficinas, exposições de materiais, contações de histórias entre outras atividades, convida o público a conhecer mais sobre os eventos celestes de forma lúdica e divertida. Todas as atividades são gratuitas e mais informações podem ser consultadas no Portal Belo Horizonte.

Abrindo a programação, na sexta-feira, às 14h, a oficina “Faça Você Mesmo: Brincando de Foguetes no Ar” propõe a construção criativa de foguetes a partir de materiais reciclados.

No sábado, às 16h30, a atividade “O que é que tem no céu?” revela questões como o quão extenso é o universo e qual o tamanho dos planetas em relação à Terra. Essas e outras curiosidades sobre as escalas de tamanho e distância no Sistema Solar serão apresentadas de forma recreativa através de um material expositivo.

Às 17h, a atividade “Desvendando as constelações” apresenta uma contação de histórias sobre as constelações oficiais, baseadas na cultura greco-romana, e as dos povos Guarani. Na atividade serão abordados os nomes, o significado dessas representações e o hábito dos antigos de olhar para o céu e ali ver retratadas as histórias de seu povo.

Às 17h45, serão realizadas outras duas atividades simultaneamente, o “Planisfério” e o “Tapete Astronômico”, nas quais os participantes poderão explorar o universo a partir de dois diferentes suportes. O “Planisfério” é uma representação celeste que permite indicar, em qualquer dia e horário, quais constelações podemos ver no céu noturno. Para a atividade, será utilizado um planisfério produzido como parte integrante da Sertão Mundo, exposição temporária do Espaço do Conhecimento UFMG, que tem como referência o sertão, lugar tão característico e presente na obra do escritor João Guimarães Rosa. Já o “Tapete Astronômico” trará uma grande representação das órbitas dos planetas que podemos ver a olho nu no céu noturno, permitindo que os participantes simulem, com o próprio corpo, os movimentos e as posições dos planetas no Sistema Solar.

Finalizando a programação, a atividade “Observando o Céu”, às 18h30, convida o público a colocar em prática seus conhecimentos astronômicos, aprendendo de forma simples a olhar para o céu e a desvendar os mistérios das estrelas.