Pular para o conteúdo principal

"Circuito em Casa", cadastramento de propostas
Foto: Arte PBH

Artistas já podem cadastrar propostas para se apresentar no “Circuito em Casa”

28/05/2020 | 18:03 | atualizado em 04/06/2020 | 18:43

A Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura, em parceria com o Centro de Intercâmbio e Referência Cultural (CIRC), abrem o cadastramento de propostas artísticas para o “Circuito em Casa”, ação especial do Circuito Municipal de Cultura com o objetivo de promover e fomentar a produção cultural da capital e Região Metropolitana, disponibilizando à população mais uma opção de arte e formação, durante o necessário período de distanciamento social para a contenção do Coronavírus.

O “Circuito em Casa” foi lançado em 23 de maio e já está sendo realizado com uma programação que compreende transmissões on-line, ao vivo, além da exibição de vídeos, curtas e filmes, debates e atividades formativas, voltadas a diversos públicos. São atrações da música, artes cênicas, literatura, audiovisual, artes visuais e cultura popular, com foco na produção artística local. Esta primeira parte da programação foi montada a partir dos eventos que já estavam planejados para ocorrer e precisaram ser suspensos em razão da pandemia da Covid-19. Agora, com a abertura para o cadastramento de propostas em novos formatos, artistas, agentes culturais e trabalhadores da cadeia produtiva da cultura de Belo Horizonte e Região Metropolitana podem inscrever suas propostas, que serão selecionadas pela curadoria do Circuito Municipal de Cultura para compor a continuidade da programação do “Circuito em Casa”. O cadastramento pode ser realizado até 10 de junho, por pessoas físicas ou jurídicas, exclusivamente a partir de formulário disponível neste site.

O objetivo é fomentar, conforme possibilidades da atual pandemia, a produção cultural de Belo Horizonte e Região Metropolitana por meio do financiamento de iniciativas em diversas linguagens. Serão selecionadas 45 propostas, com previsão de cachê de R$1 mil para cada. As apresentações podem acontecer em diversos formatos, inéditas ou não.

Visando a cumprir as recomendações da Secretaria Municipal de Saúde, foram estipulados critérios para a realização das apresentações, entre os quais está a determinação de que tenham, no máximo, duas pessoas no mesmo espaço. Em projetos com mais de dois envolvidos, os participantes deverão estar em locais distintos, interagindo pelas plataformas de internet e respeitando o distanciamento. As possibilidades de ações são diversas, incluindo apresentações em varandas e projeções e mappings em edifícios, desde que ofereçam visibilidade para um grande número de pessoas e que sejam, preferencialmente, passíveis de registro. Todos os critérios que devem ser cumpridos pelos proponentes podem ser consultados em uma cartilha elaborada pela equipe do Circuito Municipal de Cultura, que pode ser acessada neste link.

A secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin, ressalta que o Circuito em Casa compõe uma série de ações da Prefeitura para fomentar o setor cultural. “O Circuito Municipal de Cultura é um projeto estratégico da Prefeitura de Belo Horizonte, integrante das nossas políticas públicas que já estão consolidadas na cidade. Neste cenário complexo de pandemia, fizemos um replanejamento das nossas ações para atender da forma mais ampla possível o setor cultural da cidade e oferecer uma programação diversificada para que a população fique em casa usufruindo de variados conteúdos culturais produzidos pelos artistas da capital mineira.”

 

 

Sobre o Circuito em Casa

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o conceito de saúde é mais do que a ausência de enfermidades e envolve “um estado de completo bem-estar físico, mental e social”. Nesse sentido, o “Circuito em Casa” busca fortalecer a presença dos bens culturais para a população das diferentes regiões da cidade, assim como manter o intercâmbio e a qualificação da cena artística de Belo Horizonte durante o distanciamento.

Segundo Juliana Sevaybricker, presidente do Centro de Intercâmbio e Referência Cultural (CIRC), o projeto foi desenvolvido de forma a compreender e valorizar as diferentes áreas da cultura em formato on-line, potencializando as suas particularidades. “Belo Horizonte é, marcadamente, uma cidade cultural, coletiva, conectada. Neste momento, o Circuito ajuda a preservar essa vocação da cidade, criando uma programação de qualidade e buscando novas estratégias para a sustentabilidade desse setor”.

Na primeira etapa do projeto, a programação do “Circuito em Casa” foi montada a partir das atividades que já estavam previstas para ocorrer e que foram suspensas em razão da pandemia da Covid-19. O cadastramento de propostas aberto a partir de agora permitirá a construção da segunda etapa da programação, com a seleção de apresentações em formato virtual de artistas de Belo Horizonte e da Região Metropolitana.

 

 

Sobre o Circuito Municipal de Cultura

O Circuito Municipal de Cultura foi lançado em dezembro de 2019, junto às comemorações do aniversário de Belo Horizonte. Desde então, movimentou a programação da cidade com apresentações como a de Jorge Ben Jor, na Praça da Estação, e Rincon Sapiência e Tamara Franklin, no Viaduto Santa Tereza, ambos na Zona Cultural Praça da Estação. Foram planejadas mais de 150 atrações artísticas e formativas, locais, estaduais e nacionais, durante 12 meses, contemplando diversas linguagens e o público de diferentes faixas etárias.


Últimas Notícias

Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Prefeitura define diretrizes para contratação de leitos em hospitais privados

O processo de adesão será por meio de chamada pública para seleção simplificada, destinada a hospitais que preencham os critérios definidos.

02/07/2020 | 19:12
Informações da Prefeitura sobre o Covid-19 Prefeitura garante serviços de limpeza durante a pandemia

Varrição, coleta de resíduos comuns e orgânicos, capina, lavação, combate a deposições clandestinas de lixo, são exemplos dessas atividades.

01/07/2020 | 16:49