Pular para o conteúdo principal

Arraial de Belo Horizonte vive maior edição de sua história

29/06/2017 | 17:03 | atualizado em 03/07/2017 | 15:08

A 39ª edição do Arraial de Belo Horizonte já está marcada na história. Isso porque ele cresceu, se espalhou por toda a cidade, ganhou mais visibilidade e comunicação. Desde o dia 9 de junho, a cidade entrou de vez no clima dos festejos juninos, curtindo os 242 eventos cadastrados pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, que se estenderão até o dia 9 de julho. Além de toda a programação associada, belo-horizontinos e turistas têm pela frente o tradicional Concurso de Quadrilhas que será realizado na Praça da Estação nos fins de semana de 30/6 a 2/7 (Grupo de Acesso) e 8 e 9/7 (Grupo Especial). A programação completa se encontra no site.
 

Um detalhe que merece destaque é a descentralização do Arraial de Belo Horizonte. Diferente do que ainda acontece com o Carnaval, maior evento turístico da capital mineira, que tem, em sua maioria, programação concentrada nas regionais Leste e Centro-Sul, as festas juninas estão espalhadas por todos os cantos da cidade.
 

“Isso mostra que estamos no caminho certo, agregando e valorizando todas as festas juninas da cidade em prol do desenvolvimento do turismo, gerando emprego e renda da cadeia produtiva, além de divulgar e promover a capital mineira. Ao lado do reavivamento das tradições regionais, busca-se a real inserção do evento no calendário artístico e turístico brasileiro, como um atrativo típico de Minas e de Belo Horizonte, com aspectos e ações singulares que o diferenciam de outras festas juninas existentes no Brasil. Com o nosso Arraial, conseguimos unir elementos fundamentais de um excelente destino turístico, tais como a gastronomia, a dança, as tradições e a cultura junina da capital mineira”, explica Aluizer Malab, presidente da Belotur.
 

O gráfico abaixo mostra o a porcentagem de eventos por regionais:

 

Grafico

 

 

Arraial coloca Belo Horizonte entre os cinco melhores destinos da época

O Arraial de Belo Horizonte ganha ainda mais importância após ter sido contemplado, com projeto da Prefeitura de Belo Horizonte, no Edital de Festejos Juninos lançado pelo Ministério do Turismo (MTur) e pela Embratur. Com isso, a capital mineira está hoje entre os cinco maiores destinos turísticos do período, ao lado das cidades de Bragança (PA), Campina Grande (PB), Corumbá (MS) e São Luís (MA). 
 

Na prática, com essa conquista, o destino Belo Horizonte ganha em ações de promoção, divulgação e apoio à comercialização por meio do edital, realização de um press trip durante o evento (visita de jornalistas de todo o Brasil), divulgação nas redes sociais do Ministério do Turismo e da Embratur, com transmissão ao vivo nas mídias sociais, matérias jornalísticas, inserção no calendário de eventos juninos do MTur, encontro de negócios com a cadeia produtiva e divulgação em feiras e exposições de Turismo. É o Arraial de Belo Horizonte se tornando de vez um produto turístico, promovendo e projetando a cidade para todo o mundo, assim como o Carnaval.

 

Aplicativo do Arraial de Belo Horizonte já está disponível para download


Pela primeira vez desde a sua fundação, o Arraial de Belo Horizonte possui um aplicativo com todos os detalhes do maior festejo junino da história da capital. A programação completa pode ser acessada pelo aplicativo ‘Arraial de Belo Horizonte’, já disponível gratuitamente para Android, na Play Store, e para IOS, na Apple Store.

 

Desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com a Belotur e a Prodabel, o appinforma data, horário e localização (georreferenciada) dos eventos. A aposta é que ele alcance o mesmo sucesso do serviço utilizado no Carnaval, quando mais de 80 mil pessoas fizeram o download.
 

“A proposta da Prefeitura é fazer uma festa descentralizada, com atividades em todas as regionais. Por isso, o aplicativo terá um papel fundamental. Ele casa com esta ideia de expansão”, afirma a superintendente de Geoprocessamento da Prodabel, Karla Albuquerque.
 

Limpeza urbana

Além de orientar as pessoas sobre os eventos do Arraial de Belo Horizonte, o aplicativo possui outro papel importante: é referência para que a cidade permaneça limpa. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) usa a base de dados disponível para traçar rotas e definir locais que vão receber o trabalho de limpeza e coleta. Assim, como foi no Carnaval, o trabalho pode ser executado com mais eficiência e menos desconforto para a população.

 

Além disso, o sistema permite monitorar todos os eventos, incluindo o público estimado e as áreas de impacto ao redor. De acordo com a diretora Operacional da SLU, Andréa Fróes, o aplicativo é muito preciso e fornece dados relevantes que apoiam a execução dos serviços, desde o planejamento até a prestação de contas.

 

“Com a análise dos dados”, diz, “conseguimos programar a execução dos serviços de forma mais eficiente e, inclusive, fazer um levantamento de custos“. Quando fornece dados como local de realização do evento e impacto nos arredores, público estimado e área de ocorrência, o sistema permite à SLU uma atuação eficaz e um monitoramento rigoroso que diminui os riscos de erros. “Todos saem ganhando. Nós, que conseguimos executar melhor a limpeza na cidade, os organizadores, que têm a garantia de um evento mais estruturado, e os moradores, que recebem uma cidade mais limpa”, finaliza a diretora.

 

Arraial de Belo Horizonte terá correio elegante moderninho

Para quem ainda não conhece, crush é uma gíria da língua inglesa que significa alguém por quem você tem uma ‘queda’, alguém por quem você esteja ‘afim’, apaixonado. E foi a partir desse conceito que a Belotur criou um correio elegante moderninho para o Arraial de Belo Horizonte. Quem estiver curtindo a programação na Praça da Estação nos fins de semana de 30/6 a 2/7 e 8 e 9/7 poderá, por meio do Twitter, mandar um recado, um elogio ou uma ‘cantada’ para seu... crush!
 

Para isso, basta usar na rede social a hashtag #meucrushnoarraial que seu recado será exibido no telão do palco principal. A sorte está lançada!
 

Metrô opera com horário ampliado para o Arraial de Belo Horizonte

 

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) reforçará a operação do metrô para atende o público que pretende curtir a programação do Arraial de Belo Horizonte. Confira abaixo como ficam os horários para os fins de semana de programação na Praça da Estação:

 

 

Data

Operação especial - 

Arraial de Belo Horizonte

Intervalos

30/6 e 1/7

(sexta e sábado)

Horário especial de embarque na Estação Central, que fica aberta até 23h30. As demais estações operam só para o desembarque, após às 23h.

Na sexta: intervalos variando de 4 a7 minutos no pico e de 10 a 13 minutos nos demais horários.

Sábado: Intervalos de 8 a 13 minutos.

2/7

(domingo)

Horário especial de embarque na Estação Central, que fica aberta até 1h da madrugada de segunda. Demais estações operam só para o desembarque, após às 23h.Intervalos de 13 minutos o dia inteiro.

8/7

(sábado)

Horário especial de embarque Estação Central, aberta até 23h30. Demais estações operam só para o desembarque, após às 23h.Intervalos de 8 a 13 minutos.

9/7

(domingo)

Horário especial de embarque na Estação Central, que fica aberta até 1h da madrugada de segunda. Demais estações operam só para o desembarque, após às 23h.Intervalos de 13 minutos o dia inteiro.

 

 

PROGRAMAÇÃO


Além das 242 festas cadastradas, sendo 199 gratuitas, o Arraial de Belo Horizonte ainda conta com o Concurso de Quadrilhas que acontece na Praça da Estação nos fins de semana de 30/6 a 2/7 e 8 e 9/7. No dia 30 de junho, a banda Chaparrall abre a festança na Praça, a partir das 23h30. No dia seguinte, a dupla sertaneja Don e Juan fazem o show principal, que começa às 23h. Gino e Geno sobem ao palco no dia 2 de julho, a partir das 21h. Nas 23h do dia 8 de julho, o destaque fica por conta da dupla Rick e Ricardo. E, para fechar com chave de ouro a programação do Arraial de Belo Horizonte na Praça da Estação, no dia 9 de julho, a partir de 21h, está confirmado o show deMichel Teló. Todas as noites também serão animadas pelo som do DJ Junio Assisi.

 

Arraial de Belo Horizonte no Barreiro: edição especial Minas ao Luar

A Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com o Sesc (integrado ao Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac), vai realizar uma edição especial do Minas ao Luar no Arraial de Belo Horizonte. Será no dia 2 de julho, às 18h, na Via Verde Barreiro (avenida Deputado Álvaro Antônio, s/nº, esquina com a avenida Olinto Meireles).
 

A ocasião reunirá grandes atrações da música brasileira. Entre elas o Trio Parada Dura e o músico Gabriel Sater. Haverá ainda participação de Renato Teixeira. A entrada é gratuita.
 

O Trio Parada Dura faz parte da cena sertaneja brasileira desde 1973. Recebeu ao longo da carreira 11 discos de ouro e três de platina. O Trio construiu sua personalidade sobre uma base que conta com letras irreverentes e músicas de sucesso. Mesmo com tantos anos na estrada, o grupo continua compondo novas canções e fazendo shows em todo o país.
 

Gabriel Sater é músico e ator. Filho primogênito do violeiro Almir Sater, ganhou destaque participando de festivais estudantis de música e, posteriormente, desenvolvendo papeis na televisão. Gravou CD’s, despontando no cenário artístico brasileiro como um talento promissor. Divide o tempo entre os palcos e trabalhos na televisão.
 

A participação especial do show é um dos grandes nomes da música brasileira de raiz. Renato Teixeira é autor de canções clássicas como ‘Romaria’ - grande sucesso na voz de Elis Regina - e ‘Tocando em frente’, em parceria com Almir Sater, gravada também por Maria Bethânia. Recentemente, Renato compôs a música Rapaz caipira, como crítica à atual música sertaneja de consumo, fortalecendo a expressão ‘música caipira’, gênero que historicamente defende.
 

Blitz Junina

Uma jardineira está rodando a cidade realizando Blitzen Juninas. A ação, que é realizada em parceria com a União Junina Mineira, promove e divulga o Arraial de Belo Horizonte levando quadrilhas para apresentações em pontos turísticos da cidade.

 

ARRAIAL DE BELO HORIZONTE 2017

CONCURSO MUNICIPAL DE QUADRILHAS JUNINAS – PRAÇA DA ESTAÇÃO

Dia 30 de junho

19h30 - Abertura do evento 
20h30 - Pega fogo
21h - Casa do Chapéu 
21h30 - Brejo Grande 
22h - Trem D'minas 
22h30 - Coração Junino 
23h - São Domingos
 

Dia 1º de julho

17h - Abertura do evento 
18h - Fogo na Perna
18h30 - Cangaço Mineiro      
19h - Milho Verde      
19h30 - Pé Vermelho 
20h - Jiló com Mel     
20h30 - Kossaco         
21h - Águia Caipira    
21h30 - Paixão Junina            
22h - Pindura Saia
 

Dia 2 de julho

16h - Abertura do evento
17h - Me larga Cumade
17h30 - Brega e Chic
18h - Formigueiro Quente
18h30 - Cata Latas 
19h - Pipoca Doce
19h30 - Luar do Sertão
20h - Pega Frango 
20h30 - Sarapião
 

Dia 8 de julho

19h - Balance Mineiro 
19h30 - Pé Rachado 
20h - Feijão Queimado
20h30 - Fogo de Palha 
21h - São Mateus 
21h30 - Pé de Serra 
22h - Sangê de Minas
 

Dia 9 de julho

17h30 - Fulô de Laranjeira
18h - Sol Nascente 
18h30 - Arriba Saia 
19h - Forró de Minas 
19h30 - Sem Nome 
20h - São Gererê

 

CONCURSO ESTADUAL DE QUADRILHAS JUNINAS – PRAÇA DA ESTAÇÃO

 

Dia 8 de julho, das 14h30 às 18h30
Dia 9 de julho, das 13h às 16h30

 

SHOWS - PRAÇA DA ESTAÇÃO

Banda Chaparrall: 30 de junho, a partir das 23h30
Don e Juan: 1º de julho, a partir das 23h
Gino e Geno: dia 2 de julho, a partir das 21h
Rick e Ricardo: 8 de julho, a partir das 23h
Michel Teló: dia 9 de julho, domingo, a partir das 21h

 

SHOWS DA EDIÇÃO ESPECIAL MINAS AO LUAR – BARREIRO

Local: avenida Deputado Álvaro Antônio, s/nº, esquina com a avenida Olinto Meireles (Via Verde), Barreiro, Trio Parada Dura e o músico Gabriel Sater. Participação de Renato Teixeira
Data: 2/7, domingo
Horário: 18h

*Todas as atrações têm entrada gratuita

 

Confira a programação completa do Arraial de Belo Horizonte no site.
 

Confira o que já rolou

O Arraial de Belo Horizonte já começou em clima de festa. A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, realizou o Esquentão, festejo junino que transformou a Rua Goiás (entre Av. Augusto de Lima e Rua da Bahia) em um verdadeiro ‘caminho da roça’: os compadres e comadres se divertiram com a apresentação da Quadrilha São Gererê, show da dupla Alan e Alex, muito forró, bandeirolas e barraquinhas regadas a quentão, canjica, milho verde e doces variados. A festança aconteceu no dia 9 de junho, e teve entrada gratuita.
 

No dia seguinte, sábado (10/6), um Cortejo Junino, com dezenas de carroças enfeitadas tomou conta da Avenida Afonso Pena. Ele seguiu em direção ao Viaduto de Santa Tereza e foi recebido por dois blocos de rua de forró: O Pisa na Fulô e o Baião de Rua, que fizeram um grande show em um caminhão-palco.