Pular para o conteúdo principal

Cidadãos vão ao BH Resolve solicitar serviços
Foto: Adão de Souza/PBH

Agendamento online agiliza atendimento para quem deseja a revisão do IPTU

03/01/2019 | 21:06 | atualizado em 03/01/2019 | 21:51
Nessa quarta-feira, dia 2, primeiro dia útil do ano de funcionamento do BH Resolve, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda, atendeu 363 contribuintes que desejam a revisão do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2019. As guias do IPTU estão disponíveis desde a segunda-feira, dia 31, no site da Prefeitura ou no aplicativo móvel PBH APP.

O serviço, disponível pela plataforma online, torna o atendimento mais ágil para a população. Diretor de Lançamentos e Desonerações Tributárias da secretaria, Érvio de Almeida explica que os contribuintes podem solicitar a revisão do IPTU até o dia 1º de fevereiro. “O atendimento a esses contribuintes é feito apenas de forma presencial, no BH Resolve. É importante lembrar que o contribuinte também pode agendar o atendimento no site da Prefeitura”, afirmou.
 
De acordo com Érvio de Almeida, os pedidos feitos com maior quantidade no primeiro dia de atendimento foram: alteração de titularidade (acerto no nome do contribuinte do IPTU); inclusão de Inscrição por Multiplicidade de Titulares (divisão do terreno, em função de possuir mais de um proprietário); e revisão da área construída do imóvel.


Guias impressas


A Prefeitura de Belo Horizonte começa a enviar as guias do IPTU 2019, pelos Correios, na segunda-feira, dia 7. Até o dia 14 deste mês, aproximadamente 732 mil imóveis receberão o documento.

Neste ano, o tributo foi reajustado em 3,86%, percentual calculado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E). O contribuinte que optar pela antecipação do pagamento do imposto, terá um desconto de 5%, que será aplicado até o dia 21 de janeiro, ao pagamento de, no mínimo, duas parcelas. O desconto incide sobre a soma da quantidade de parcelas escolhidas para pagamento.

Segundo dados do Cadastro Imobiliário da Prefeitura de Belo Horizonte, quase 80 mil endereços exclusivamente residenciais que têm valor venal inferior a R$ 64.095,84 mil são isentos do pagamento do imposto. 

Alguns imóveis não pagam o imposto por determinação constitucional, como igrejas, edifícios públicos, partidos políticos. Eles somam cerca de 10 mil unidades na capital.

O valor total lançado no IPTU 2019 é de R$ 1,84 bilhão. A Prefeitura estima arrecadar R$ 1,58 bilhão até o fim deste ano.


Revisão do IPTU 2019

Atendimento apenas presencial: BH Resolve – rua dos Caetés, 342, Centro.
Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Agendamento (opcional): www.pbh.gov.br/iptu ou pelo PBH APP.
Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

PBH realiza reconstrução da rede de drenagem na avenida dos Andradas

Reconstrução da rede de drenagem na avenida dos Andradas gera economia e mais segurança à população.

16/01/2019 | 19:44
Fachada do BH Resolve, durante o dia. Sala Mineira do Empreendedor, no BH Resolve, vai oferecer serviços da Fecomércio

Desde 15/1, a Fecomércio MG vai oferecer seus serviços na Sala Mineira do Empreendedor, no BH Resolve.

15/01/2019 | 19:50