Pular para o conteúdo principal

Uma criança de quatro anos posa para foto junto a cinco garis da SLU na frente do caminhão de coleta.
SLU / PBH

Admiração por garis vira tema de festa infantil

19/04/2018 | 16:22 | atualizado em 13/08/2018 | 15:06

Os garis da coleta domiciliar da capital fazem o maior sucesso com a garotada. Além de essenciais para a conservação da cidade, por serem importantes agentes de limpeza urbana, esses profissionais da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) despertam o carinho e o reconhecimento da população. 


Para o Thiago, filho de Rosilene Viana e Thales Gamarano, esses profissionais são verdadeiros heróis e merecem ser homenageados. Thiago vai completar 4 anos no próximo domingo, dia 22, e a festa de aniversário vai homenagear aqueles que vestem laranja e deixam nossa cidade limpa. 


A mãe conta que o menino sempre demonstrou carinho pelos garis. “Creio que nosso filho percebeu em nós mesmos essa admiração e respeito pelos profissionais da limpeza urbana. Ficávamos aguardando o caminhão e isso, provavelmente, foi chamando a atenção do Thiago”, lembra. “Mas o encantamento vem crescendo, motivado pelo carinho que os garis demonstram a cada encontro. E não é para menos, pois a alegria dos coletores é contagiante”, afirma.



A coleta domiciliar

A Prefeitura de Belo Horizonte conta com cerca de 600 garis trabalhando na coleta domiciliar. Esses trabalhadores percorrem, em média, uma distância de 25 km por dia, e podem alcançar uma velocidade de até 7 km por hora. 


Por dia, eles coletam 1.900 toneladas, o que corresponde a mais de 270 caminhões lotados de lixo. Para realização da tarefa são empregados 140 caminhões.  


Além dos profissionais da coleta domiciliar, a Prefeitura conta com cerca de 3 mil garis que atuam na varrição, na coleta seletiva, no recolhimento dos resíduos de saúde, na remoção de deposições clandestinas, na lavação das vias públicas, na desobstrução das bocas de lobo, na capina e na limpeza dos córregos. Já as equipes de varrição contam com cerca de 1.200 garis em Belo Horizonte. 


  
A festa

O carinho pelos garis e a paixão por caminhões de lixo estarão presentes em cada detalhe da comemoração, que promete surpreender os convidados.

 

E para deixar a festa de aniversário do filho ainda mais animada, Rosilene Viana encomendou para o aniversariante um uniforme parecido com o dos coletores. Ela também estará vestida a caráter, com um modelo da coleção do desfile Gari Fashion SLU, desenhada por uma especialista em moda.


A equipe de coleta que Thiago espera todos os dias na porta de casa foi convidada para participar da comemoração. “Thiago não é ligado a super-heróis de quadrinhos; os verdadeiros super-heróis para ele são os garis”, reafirma a mãe.

 

 

Admiração por garis vira tema de festa infantil