Pular para o conteúdo principal

II Slow Week Mumo BH: moda ética e sustentabilidade. De 17 a 27 de agosto de 2017. Palestras, exposições, ações sociais, mesas redondas e oficinas.
Arte: FMC/PBH

2ª Slow Week debate moda e sustentabilidade no Museu da Moda

16/08/2017 | 12:19 | atualizado em 21/08/2017 | 13:39

A Fundação Municipal de Cultura promove de 17 a 27 de agosto, no Museu da Moda de Belo Horizonte (Mumo), a segunda edição da “Slow Week - Moda, Ética e Sustentabilidade”. O evento contará com uma extensa programação com o objetivo de impulsionar propostas sustentáveis que usam a criatividade para solucionar e transformar nosso atual cenário sócio-econômico-cultural, trazendo bem estar pessoal e também para o meio ambiente.

 

Palestras, exposições, ações sociais, mesas redondas e oficinas serão apresentadas, discutindo assuntos relevantes como consumo consciente, mão de obra escrava, reciclagem e reuso de materiais, projetos socioculturais sustentáveis, inclusão social, customização de roupas, escambo, slow fashion, resíduos têxteis e uso de bicicletas no ambiente urbano. A programação completa pode ser consultada no site BH faz Cultura.

 

Entre os destaques da 2ª Slow Week estão as exposições. Serão lançadas quatro mostras. Em uma delas, o consagrado cartunista mineiro Mário Vale apresenta, de forma inédita, 10 painéis de cartoons que ilustram com a genialidade característica do artista em seu traço minimalista, sobre a importância da sustentabilidade e o meio ambiente, que há 20 anos têm grande ênfase em seu trabalho. Outra mostra apresenta o trabalho fotográfico do jornalista e Gil Sotero em parceria com Bruna Caldeira. Eles trazem uma série de fotografias de bicicletas vintage pela cidade de Belo Horizonte, resgatando lugares e cenários da cidade possíveis de se observar na bicicleta e com a bicicleta.

 

Também estão programadas palestras sobre temas diversos, entre eles a moda e o consumo consciente, o uso da bicicleta como promotora da slow life, o futuro da moda no país, e o design social. A 2ª Slow Week terá ainda duas sessões com as exibições do filme The True Cost, direção de Andrew Morgam, e do documentário China Blue, dirigido por Micha X. Peled. Ambas produções trazem um relato da exploração do trabalho em confecções.

 

Movimento Slow

O Movimento Slow surgiu em 1986, com a criação do slow food, trazendo uma reflexão contestatória em oposição ao fast food e a americanização da Europa, ou seja, a favor da desaceleração diária e contra ao costume de fazermos mil coisas ao mesmo tempo, com pressa e as vezes inconscientemente. O Movimento Slow ampliou seu conceito para as demais áreas, como o slow fashion, slow cities, slow travel, slow art. Com a intenção de combater o consumo excessivo e a ansiedade de descartar coisas apenas por pressa de substituí-las por outras (bens materiais, atividades, relacionamentos), a falta de tempo para pensar, refletir e sentir, o Slow propõe uma reflexão coletiva e global em relação às consequências do consumo, soluções sustentáveis e meio ambiente. Uma forma de repensar nosso cotidiano e ações, para nos proporcionar maior bem estar e um futuro melhor para as próximas gerações.

 

2ª Slow Week – Moda, ética e sustentabilidade

De 17 a 27 de agosto

Museu da Moda de Belo Horizonte (Rua da Bahia, 1.149, Centro).

Informações para o público: (31) 3277-4384

 

EXPOSIÇÕES

 

Desenhos de Mario Vale - 2º andar (Salão Nobre)

O consagrado cartunista mineiro Mário Vale traz ao Museu da Moda uma exposição inédita de 10 painéis de cartoons que ilustram com a genialidade característica do artista em seu traço minimalista, sobre a importância da sustentabilidade e o meio ambiente, que há 20 anos têm grande ênfase em seu trabalho.

Currículo do artista: Mario Vale nasceu e mora em Belo Horizonte. Formou-se em Direito pela Universidade Católica de Minas Gerais e estudou Desenho Industrial na FUMA. É artista plástico, cartunista, programador visual e autor de livros infantis e juvenis. 
 

 

Fashion Revolution - Who made my clothes?  - 1º andar (Sala da Recepção)

“Fashion Revolution” é um movimento criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável que se uniram depois do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013 que deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos. A campanha surgiu com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo, mostrando ao mundo que a mudança é possível através da celebração dos envolvidos na criação de um futuro mais sustentável e criar conexões exigindo transparência. 

Equipe Fashion Revolution BH e convidadas(os): Raíssa Leão, Ana Sudano, Rafael Morais. 

A pergunta é simples: “Quem fez minhas roupas?”. Para participar e ajudar a divulgar, é só vestir uma peça de roupa do lado avesso, fotografar e compartilhar com a hashtag #whomademyclothes. 

Por uma indústria que valoriza as pessoas, o meio ambiente, a criatividade e o lucro em igual medida – a moda como uma força para o bem. Participe do Fashion Revolution Brasil e ajude a fortalecer a campanha aqui em nosso país! 

Mais infos neste site e no twitter e instagram @Fash_Rev_BRASIL 

 

Bicicleta no Horizonte – Gil Sotero e Bruna Caldeira – 1º andar

Belo Horizonte é uma cidade moderna cuja vida centrada no automóvel não dá espaço para a cultura da bicicleta. Este trabalho pretente resgatar lugares e cenários da cidade possíveis de se observar na bicicleta e com a bicicleta, promovendo o slow life e resgatando a paixão pela arquitetura histórica e bicicletas antigas que circularam pela cidade.  

A exposição Bicicletas no Horizonte é um trabalho fotográfico autoral e as bicicletas usadas são da única agência especializada em bicicletas vintage para produções audiovisuais. A agência tem como sede a capital mineira. (www.biciecleticas.wordpress.com) 

Sobre autor: Gil Sotero é ativista bicicleteiro, jornalista e fotografo. Participou com a exposição BH

Cycle Chic - Centro de Referência de Moda que integrada a Slow Week, evento da 1ª Semana de Moda, Ética e Sustentabilidade em 2015. Também realizou exposição As Bicicletas de Cuba durante o Bicicultura 2016 em BH.  

 

Design sustentável  – 1ºandar (sala3)

Marcas participantes:  Grama, Trapiche Vintage, Doisélles, Raquell Guimarães, Juli Buli e Cria Criativa.

Grama – Roupas brasileiras e casuais com conforto, qualidade e mínimo de impacto ambiental. Inovação e design estimulando o comércio justo e sustentável.

Trapiche Vintage – Móveis com design vintage, reformados e customizados de maneira a tornar cada peça um produto único. 

Doisélles - Raquell Guimarães é mineira, designer e artesã. Fundadora da Doisélles, desenvolveu o projeto Flor de Lótus e a marca Doisélles a fim de ressocializar sentenciados em penitenciárias de segurança máxima, através da produção dos tricôs e crochês da marca.

Juli Buli - Filha de luthier, a artista Juliana Buli transforma os retalhos da fabricação de violões e violinos em joias de madeira, com linguagem minimalista, explorando a textura da madeira em faces e arestas, respeitando os conceitos de slow fashion. 

Cria Criativa - A Cria Criativa surgiu do desejo de criar peças para decoração com temas diferentes do convencional apresentado no universo infantil, e o desejo de unir a história de quem usa na de quem faz, fez todo sentido nessa construção da marca.  

 

PROGRAMAÇÃO

 

17 de AGOSTO, QUINTA-FEIRA

 

Horário: das 14h às 18h
 

Workshop “Guarda-Roupa Slow”, Com Luiza Oliveira

Dias 17 e 18 de agosto de 2017 – quinta e sexta-feira.

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Investimento: 100,00 por participante 

Vagas: 20

Inscrições: culturamoda.comunicacao@gmail.com   

Resumo: Aprenda a montar um guarda roupa de acordo com o seu estilo pessoal e sem desperdícios! Menos consumo e mais consciência: a moda slow reivindica um guarda-roupa conciso e funcional, com peças duráveis que podem ser customizadas e compartilhadas. Nele cabem marcas sustentáveis, roupas e adornos cheios de histórias para contar! Se você quer vivenciar esta proposta de estilo de vida, abrir mão do consumismo e exercitar a criatividade no vestir, não perca esta oficina!

O workshop inclui:

- Análise do seu estilo de vida;

- Aplicação de teste de estilo;

- Análise de silhuetas;

- Orientações de uso de cores, estampas, shapes, acessórios e decotes de acordo com o estilo e a silhueta;

- Closet clearing orientado para uma construção slow de itens de composição;

- Troca de roupas entre os participantes;

- Doação das peças restantes para The Street Store;

- Indicações de marcas, brechós e ateliês de costura para manutenção de um guarda-roupa slow.

Luiza Oliveira - Bacharel e Mestra em Comunicação Social (PUCMG), Luiza Oliveira oferta cursos na área da moda em Belo Horizonte, aonde atua também como consultora de imagem (formada pela Ecole Supérieure de Relooking-Paris/ Brasil, aonde também cursou Psicologia da Autoimagem).  

 

Horário: das 18h às 19h
 

Palestra: “um olhar para a Madeira”, com Juli Buli

Loca: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes (capacidade: 77 pessoas)

Resumo:  A artista Juliana Buli transforma retalhos de instrumentos em joias. Filha de luthier, a artista Juliana Buli transforma os retalhos da fabricação de violões e violinos em joias de madeira, com linguagem minimalista, explorando a textura da madeira em faces e arestas, respeitando os conceitos de slow fashion. Depois de um período afastada do trabalho para se dedicar à maternidade, Juli acaba de lançar uma nova coleção, chamada "Anuá", ou recomeço.

Juliana Buli - Artista plástica formada pela Escola Guiganrd - UEMG - 2007. “Carrego uma força curiosa, artífice, que busca conhecer materiais e fazeres. Meu grande objetivo é a poesia da forma, que traduzo em pinturas, joias e objetos de design”.

 

19h – Vernissages das exposições

 

Horário: das 19h às 21h
 

Ação: Troca de roupas – Projeto “Meu Seu”

Loca: área externa – Café do Mumo

Responsável – Joubert Garcia

Resumo: Mais que trocas de roupas entre pessoas interessadas e condizentes com esta proposta, o objetivo deste Projeto é unir meninos e meninas com desejos semelhantes em um momento de descontração, alegria, amizade, risos e trocas de figurinhas, afinal, a moda não só pode, como deve ser criativa, colaborativa, divertida, interessante e inteligente. Melhor que uma peça de roupa nova, é uma peça de roupa nova e uma nova amizade.

Mais informações neste site.


 

Horário: das 20h30 às 22h
 

Palestra “Doisélles”, com Raquell Guimarães

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: O trabalho social de capacitação da mão-de-obra carcerária da estilista Raquell Guimarães, da marca Doisélles, ganhou destaque na imprensa internacional, como o site do jornal inglês The Guardian e portal chinês Baidu. A designer brasileira contou à publicação inglesa que teve muita dificuldade para encontrar costureiras especializadas em tricô e, a partir daí, surgiu a ideia de ensinar o ofício de costurar e desenhar aos detentos (todos homens) de um presídio localizado em Juiz de Fora, Minas Gerais. Na época, Raquel treinou 18 presos condenados por crimes que vão de assalto à mão armada a assassinato, porém ao tricotar esses detentos entram no sistema de redução de pena em troca do trabalho. 

Raquell Guimarães - Mini Currículo: Raquell Guimarães é mineira, designer e artesã. Fundadora da Doisélles, desenvolveu o projeto Flor de Lótus e a marca Doisélles a fim de ressocializar sentenciados em penitenciárias de segurança máxima, através da produção dos tricôs e crochês da marca.

 

 

18 de AGOSTO, SEXTA-FEIRA

 

Horário:  das 18h às 19h

 

Palestra “Fashion Law”, com Bárbara Vanoni

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: Fashion Law é a área do Direito a envolver de modo amplo o Design e a criação dos estilistas, incluindo todas as questões referentes a vestuário e objetos relacionados, as quais compõem o universo da moda. A moda é o segundo maior ramo no Brasil que movimenta a economia e gera milhares de empregos, por isso torna-se cada vez mais importante a atenção a vários pontos para que seu negócio esteja protegido e de acordo com a Lei. 

Bárbara Vanoni –advogada, graduada pela Universidade FUMEC, especialista em direito da moda, membro da Comissão do Direito do Audiovisual, da Moda e da Arte da OAB-MG, cursando pós- graduação em comunicação digital pela PUC Minas e também designer e produtora de moda pela Escola de Moda Denise Aguiar. 

 

Horário: das 19h às 20h30

 

Palestra “Moda e consumo Consciente: os dois lados de uma mesma moeda”, com Jane Leroy e Cláudia Ligório

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: A palestra pretende discutir o papel das marcas de moda na atualidade e como elas lidam com a realidade de urgência de uma nova postura em relação ao impacto de sua produção no meio ambiente e ao consumidor cada vez mais consciente e mais informado. Ao mesmo tempo também tratará de levar informação aos indivíduos sobre como usar e comprar moda de forma consciente.

Jane Leroy - mestre em Administração de Marketing, possui grande vivência de mercado em elaboração e acompanhamento de planos de marketing no segmento de moda (além de outros), envolvendo desde desenvolvimento de novos produtos ou serviços, decisões de ponto de venda até aplicação dos melhores enfoques promocionais. Sólida experiência acadêmica no ensino e orientação de disciplinas nas grandes áreas de marketing e administração, lecionando nos cursos de moda e comunicação do Centro Universitário UNA. Como fundadora da Desvelocitá, atua como pesquisadora e consultora para empresas em conexão com um mundo mais equilibrado. 

Cláudia Ligório - Mini currículo: Formada em Administração pela UFMG, especialista em projetos editoriais multimídia pela UNA, tendo lecionado na graduação do UNIBH, na pós-graduação do BI Internacional e PUC Minas nas áreas de e-business, marketing, mídias sociais e netnografia. Consultora em planejamento e gestão estratégica de marketing para negócios digitais trabalhando com inúmeras empresas, personalidades e mercados. Pesquisadora do movimento slow, com destaque para o slow food e slow fashion. Co-Fundadora do projeto Desvelocità. 

 

Horário: das 20h30 às 22h

 

Palestra “A bicicleta como promotora da Slow Life em BH”, com Gil Sotero.

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Belo Horizonte é uma cidade moderna cuja vida centrada no automóvel não dá espaço para a cultura da bicicleta. Este trabalho pretente resgatar lugares e cenários da cidade possíveis de se observar na bicicleta e com a bicicleta, promovendo o slow life e resgatando a paixão pela arquitetura histórica e bicicletas antigas que circularam pela cidade.  

A exposição Bicicletas no Horizonte é um trabalho fotográfico autoral e as bicicletas usadas são da única agência especializada em bicicletas vintage para produções audiovisuais. A agência tem como sede a capital mineira. (www.biciecleticas.wordpress.com) 

Sobre autor: Gil Sotero é ativista bicicleteiro, jornalista e fotografo. Participou com a exposição BH

Cycle Chic - Centro de Referência de Moda que integrada a Slow Week, evento da 1ª Semana de Moda, Ética e Sustentabilidade em 2015. Também realizou exposição As Bicicletas de Cuba durante o Bicicultura 2016 em BH.  

 

19 de AGOSTO, SÁBADO

 

Horário: 17h
 

Cinema – fashion revolution

Filme: “The true cost”. Direção Andrew Morgan

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: O filme retrata a ligação entre a pressão dos consumidores por alta-costura de baixo custo e a exploração de trabalhadores nas fábricas. 

 

 

20 de AGOSTO, DOMINGO

 

Horário: 17h
 

Cinema – fashion revolution

Filme: “China Blue”. Direção: Micha X. Peled

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: Documentário sobre relações de trabalho na China pós-globalização fala nas condições subumanas de trabalho e nos desrespeitos sofridos pelos adolescentes trabalhadores para atenderem às demandas de multinacionais do ocidente.

 

22 de AGOSTO, TERÇA-FEIRA

 

Horário: das 16h às 18h

 

Palestra “O futuro da moda”, com Carlos Teixeira

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: A palestra "O Futuro da Moda" propõe a realização de uma viagem às oportunidades e ameaças do futuro para a cadeia produtiva do setor. A apresentação tem o objetivo de antecipar alguns dos principais desafios que serão enfrentados por profissionais e empresários. Tem, como contexto, a análise dos impactos da aceleração das transformações sociais, econômicas, políticas e tecnológicas. 

Carlos Teixeira  - Estudioso de tendências, futurólogo, CarlosTeixeira, é criador e produtor do site Radar do Futuro, especializado na publicação de análises sobre o impacto das tecnologias na sociedade, em atividades profissionais e setores produtivos. Como jornalista, com especialização em inteligência competitiva e gestão da informação, atua, há mais de 30 anos, em jornalismo impresso e digital.  

 

Horário: das 18h às 20h30

 

Palestra “Inovação e criatividade – novos caminhos para o Design de Moda”, com Ana Sudano e Rafael Morais.

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: O encontro traz questões relacionadas ao design de moda sustentável, traçando um cenário de práticas empresariais e movimentos inovadores no mundo da moda. A partir dos exemplos, discutiremos o conceito de moda sustentável e o seu surgimento, novas possibilidades dos têxteis e tecnológicos, além dos processos criativos e de produção com menor impacto ambiental e parcerias sociais colaborativas.  

Ana Sudano – Diretora criativa, Consultora em Planejamento de Coleção; Estilista com ampla experiência no desenvolvimento e criação de produtos voltados para o vestuário feminino, além da concepção de desfiles (Fashion Rio, São Paulo Fashion Week e Minas Trend). Atuando a 15 anos no mercado de moda em marcas como Graça Ottoni, Gilda Midani e Animale  

Rafael Morais – Com formação em Relações Públicas e Pós- Graduação em Cinema pela PUC Minas, atuou uma década no mercado publicitário e de cinema em grandes agências de publicidade e produtoras de audiovisual brasileiras. Em 2013 deixou este mercado em busca de novos desafios, com interesse particular em sustentabilidade e meio ambiente é sócio-fundador da marca Grama, e atua como gestor de inovação em materiais e processos. 

 

Horário: das 20h30 às 22h

 

Palestra “O tecido da Floresta: como usar couro vegeral e encauchados amazônicos em produtos de moda”, com Luciana Duarte.

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: O tecido da floresta se trata de um material sustentável, local, artesanal e resultado de uma tecnologia social que empodera índios, seringueiros, quilombolas e ribeirinhos. Nesta palestra, serão apresentadas pesquisas de percepção do consumidor sobre os materiais e formas de aplicação do mesmo em produtos de moda, como calçados e bolsas. 

 

23 de AGOSTO, QUARTA-FEIRA

 

Horário: das 14h às 18h

 

Workshop “Criatividade e inovação – desenvolvendo visão estratégica e inovadora aplicada ao produto de moda”, com Ana Sudano e Rafael Morais

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Investimento: R$ 75,00 por participante

Vagas: 20

Inscrições:  contato@grama.eco.br - 11 97257-0619 - 31 98881-7061

Resumo: A proposta deste workshop é trazer técnicas do design thinking, onde se propõe despertar o pensamento criativo e crítico sobre diversas questões presentes na indústria da moda e no processo de desenvolvimento de produtos. Temáticas Abordadas: co-criação, visão empreendedora e design assertivo, observação, foco e criatividade, solução de problemas, comportamento de consumo na nova era, sustentabilidade na moda, design circular e universal, modelos de negócios disruptivos para novos mercados de moda. 

Objetivos: Alinhar o pensamento criativo com uma visão empreendedora onde o planejamento eficiente é ferramenta indispensável, filtrando ideias assertivas e desenvolvendo um olhar inovador para produtos de moda, observando o mercado, o indivíduo e suas necessidades.

Público-Alvo: estudantes de moda e design de produto, profissionais de moda e/ou outras áreas criativas com interesse em explorar processos de criação

Ana Sudano – Diretora criativa, Consultora em Planejamento de Coleção; Estilista com ampla experiência no desenvolvimento e criação de produtos voltados para o vestuário feminino, além da concepção de desfiles (Fashion Rio, São Paulo Fashion Week e Minas Trend). Atuando a 15 anos no mercado de moda em marcas como Graça Ottoni, Gilda Midani e Animale  

Rafael Morais – Com formação em Relações Públicas e Pós- Graduação em Cinema pela PUC Minas, atuou uma década no mercado publicitário e de cinema em grandes agências de publicidade e produtoras de audiovisual brasileiras. Em 2013 deixou este mercado em busca de novos desafios, com interesse particular em sustentabilidade e meio ambiente é sócio-fundador da marca Grama, e atua como gestor de inovação em materiais e processos.
 

Horário: das 19h às 21h

 

Aula aberta no Muno – “Sustentabilidade no Design de joias e acessórios”, com Andrea Salvan

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Instituição convidada: Escola de Design – Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg) .

Tema: Sustentabilidade no Design de joias e acessórios.

Professora: Andreia Salvan

Resumo: A palestra irá abordar as iniciativas do setor de moda e joias que visam à sustentabilidade e o consumo consciente, contextualizando os novos materiais utilizados na joalheria e nas bijuterias. Também explorar materiais e processos contemporâneos que substituem os materiais nobres utilizados na joalheria tradicional.

 

 

24 de AGOSTO, QUINTA-FEIRA

 

Horário: das 14h às 18h
 

Workshop “Slow para transformar”, com Bruna Miranda

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Investimento: R$120,00 por participante

Inscrições:  slowparatransformar@reviewslowliving.com.br 

Mais informações sobre o workshop neste link.

Apresentação do workshop: Um encontro para os interessados pelo slow living que querem iniciar ou se aprofundar no assunto, tendo como base nosso manifesto: Equilíbrio, Escolhas Conscientes, Evoluir. Interações inspiradoras, aprofundadas e voltadas também para enfoques práticos para aprender, vivenciar e incentivar através do seu trabalho e de suas ações cotidianas. Para que se busque utilizar seu potencial de forma útil e eficaz, com mais coerência e confiabilidade. Para uma vida e trabalho com mais significados e consciência, mais propósitos e transformações. 

Público alvo:  Estudantes e profissionais de qualquer área, especialmente as que são ligadas à comunicação e a um estilo de vida que busca repensar. Marcas que já se sintonizam com o estilo de vida consciente ou que querem fortalecer sua atuação. 

Bruna Miranda - Jornalista e escritora em uma constante busca por um viver mais consciente e significativo, pesquisa e vivencia o slow living desde 2012. É idealizadora da plataforma online Review Slow Living e da revista impressa Guia Slow Living, que têm como manifesto o Equilíbrio, as Escolhas Conscientes e o Evoluir. Percebe o tema como porta de entrada e fortalecimento de benefícios e transformações para nós mesmos e para o mundo, nos sintonizando internamente e ao meio como um todo. 

 

Horário: das 18h às 19h

 

Palestra “Slow Fashion: Perspectivas e Desafios à luz da economia criativa, com Sandra Maia

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: A convergência de valores entre slow fashion e a economia criativa apontam caminhos promissores para a consolidação deste movimento como um modelo de negócio para a indústria criativa da moda.  Quais seriam, então, as perspectivas e desafios para o slow fashion no contexto da economia criativa? A palestra apresenta os resultados de uma pesquisa que buscou compreender e aproximar os conceitos slow fashion e economia criativa com o objetivo de verificar o potencial dessa relação. 

Sandra maia - Graduada em Design pela Universidade do Estado e pós-graduada em Direção Criativa em Moda pelo Centro universitário UnA, Sandra Maia vem desenvolvendo seus estudos sobre moda, sustentabilidade e criatividade.  

 

Horário: das 19h às 20h

 

Palestra: “Resíduos Têxteis – práticas com os 12 rs”, com Gabriela Leite Marcondes Schott

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: A palestra abordará a importância da valorização do reuso dos resíduos têxteis, com a intenção de prolongar seu ciclo de vida, transformando-os em novos produtos, utilizando o resíduo têxtil como um recurso com diferentes possibilidades de geração de emprego e renda para as comunidades.  

Gabriela Leite Marcondes Schott - Estilista, Professora Universitária, Pesquisadora e Consultora em Gestão dos resíduos têxteis. Mestre em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local, no Centro Universitário Una, Belo Horizonte (2015). Graduada em Desenho de Moda pela Faculdade Santa Marcelina (FASM), São Paulo (1997). Estilista, Professora Universitária e Consultora em Gestão socioambiental dos resíduos têxteis.  

 

Horário: das 20h30 às 22h
 

Palestra “Slow Fashion Vintage: a moda sob viés políticio e filosófico”, com Valéria Said e Luciana Crivelari

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: A jornalista e professora Valéria Said Tótaro vai apresentar os resultados de sua recente dissertação de mestrado sobre a Estética Vintage e traçar a relação ética desta com o movimento Slow Fashion, tendo na Cultura de Brechó Vintage exemplo de um consumo consciente na Moda. Após a apresentação, haverá uma roda de conversa sobre o cenário vintage e os brechós em Belo Horizonte, com a participação da professora doutora Luciana Crivellari Dulci, socióloga que coorientou metodologicamente a pesquisa da dissertação de mestrado. 

Valéria Said -  jornalista (PUC-MG), articulista, professora de Ética e Teorias do Jornalismo. Pós-graduada em Novas Tecnologias e Hipermídia (UNI-BH) e Gestão Cultural (UNA-BH). Foi uma das organizadoras da segunda edição do Fashion Revolution Day BH, em parceria com o Fashion Revolution Brasil, e do I Fórum Regional de Brechós em Belo Horizonte, em parceria com a Casa do Jornalista e o atual Museu da Moda de Belo Horizonte.  

Luciana Crivelari - Doutora em Sociologia pela UFMG e professora na Universidade Federal de Ouro Preto, MG. Presidente do Comitê de Pesquisa das áreas de Ciências Humanas, Letras e Artes (PROPP/UFOP); Membro da diretoria de Extensão da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda (ABEPEM) e do Comitê Científico do Colóquio de Moda, principal evento científico de moda realizado no Brasil, evento internacional. Pesquisa nas áreas de sociologia da cultura, ciência, educação, moda e slowfashion.

 

25 de AGOSTO, SEXTA-FEIRA

 

Horário: das 16h às 18h

 

Palestra “Design Social: Trabalho e vida unidos em um propósito”, com Jaqueline Fagundes

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: A palestra abordará a trajetória da artista no Design Social, englobando temas como o poder do saber ancestral das mulheres, do contato com a arte e a moda, sua vida e trabalho na Amazônia, onde descobriu o quanto o olhar de artista e a sua força poderiam incentivar as mulheres e as comunidades locais a atualizar seus potenciais criativos e econômicos. Por fim sobre a criação da Coisas da Jac.

Coisas da Jac é uma plataforma de produtos e ideias empreendedoras e sustentáveis, que busca gerar conhecimentos para a invenção de novas relações sociais, incentivando as pessoas a atualizar seus potenciais criativos e econômicos para que juntos possam construir novos possíveis e novos mundos. 

Jaqueline Fagundes - Artista plástica, com pós-graduação em Gestão de Negócios pela FGV e em Gestão Social pela UFRJ/COPPE. Viveu e trabalhou durante 8 anos no interior do Pará, onde colaborou em diversos projetos de desenvolvimento, dentre eles o Projeto de Desenvolvimento Social e Econômico de Serra Pelada. É o nome atrás da marca Coisas da Jac. 
 

Horário: Das 19h às 20h30

 

Palestra “#euquefiz: o valor de estima da moda feita à mão”, com Elisa Sayuri

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: Na contramão da cultura fast fashion, a costura à mão vem resgatar o valor das etapas na confecção de uma peça. Saber criar, desenvolver e executar abre novos caminhos e possibilidades para o processo criativo, agregando valor de estima e histórias de afeto.

Elisa Sayuri - Designer de moda, idealizadora da marca de roupas que leva seu nome e professora de modelagem, corte e costura compartilha seus conhecimentos nos caminhos para se criar as próprias roupas.

 

Horário: das 20h às 22h

 

Palestra “Modelando e costurando Histórias de empreendedores”, com Carolina de Melo Franco – Corte Centesimal

Local: Teatro de Bolso do Mumo

Evento gratuito mediante retirada de senha 30 minutos antes. Capacidade: 77 pessoas.

Resumo: palestra pretende mostrar através de histórias a importância da modelagem de roupas e como o aprendizado das técnicas de modelagem ajuda a transformar e construir negócios e sonhos bem sucedidos. 

Carolina de Melo Franco –formada em Marketing, com especialização em "Gestão Estratégica com ênfase em Marketing", pela Fundação Dom Cabral, e em "Planejamento e Gestão Cultural", pela PUC Minas.  É a responsável por toda comunicação e marketing do Corte Centesimal e herdeira da empresa.
 

 

26 de AGOSTO, SÁBADO

 

Horário: das 10h às 14h

 

- Ação social Alimentos para a vida – “Food for Life”

Distribuição de refeições lacto-vegetarianas gratuitas pela ISKON BH

Local: Interior do Parque Municipal entrada pela Av. Afonso Penna 

Resumo: Fundada em 1974, Alimentos para a Vida (Food for Life) é a maior organização vegetariana de ajuda alimentar sem fins lucrativos do mundo. Seus esforços em todo o mundo estão presentes em mais de 60 países, fornecendo diariamente 2.000.000 de refeições gratuitas. As refeições são preparadas por voluntários com grãos, vegetais, feijão, cereais, frutas, saladas, sucos.  A ação filantrópica e apolítica de doação de alimentos ocorre em todos as sedes autossustentáveis da ISKCON no Brasil, como Goura Vrindavana (Paraty), Nova Gokula (Pindamonhangaba), Vrajabhumi (Teresópolis), Nova Vrajadhama (Campina Grande)  e Paraíso dos Pândavas (Chapada dos Veadeiros). O projeto já foi aclamado pelo The New York Times Vegetarian Times, bem como por personalidades como Paul McCartney e Nelson Mandela, entre outros, por seus esforços de ajuda em todo o mundo.  

 

- Ação Social “The street store”

Local: Praça Afonso Arinos 

Sinopse: De origem sul-africana e abrangência internacional, o projeto solidário The Street Store já teve sete edições realizadas em Belo Horizonte, desde 2015. Milhares de roupas e acessórios foram doados a mais de 1200 moradores de rua, por meio de uma rede de mais de 250 voluntários e 600 doadores cadastrados. O objetivo do projeto é dar visibilidade aos moradores de rua e permitir que eles escolham o que e quanto quiserem, gratuitamente, conforme seu gosto pessoal, tal em uma loja. 

Responsáveis: Luciana Duarte e Leonardo Máximo.

Luciana Duarte - Doutoranda em Engenharia de Produção (UFMG) e designer de produto (UEMG). Atua como docente, palestrante e consultora nas áreas de Engenharia, Sustentabilidade e Moda. Líder em projetos beneficentes de alto impacto social em Belo Horizonte (The Street Store BH, Pimp My Carroça). Coordenadora de atividades de meditação da ONG tailandesa Peace Revolution. Mais informações:  http://ethicalfashionbrazil.com/ 

Leonardo Máximo: Advogado especialista em Direito Desportivo. Mestre em Marketing for Global Business (LSBF/University of Wales). Coordenador da pós graduação em Negócios do Esporte e Direito Desportivo do CEDIN. Coordenador do Grupo de Estudos em Direito Desportivo da UFMG. Palestrante convidado da Harvard Extension School. Membro da Comissão de Direito Desportivo da OAB/ MG.

 

27 de AGOSTO, DOMINGO

 

Horário: das 10h às 14h

 

Fechamento do Slow week 2017

Peace Revolution: Workshop gratuito de meditação

Local: Museu de Arte da Pampulha (Map)

Resumo: Atividade teórica e prática, com o objetivo de promover técnicas de relaxamento, concentração, desenvolvimento pessoal e meditação.