Pular para o conteúdo principal

Grupo cm seis músicos com adereços alegóricos nas cores vermelha e azul.
Foto: Divulgação PBH

Teatro Raul Belém Machado recebe show “Não devo nada pra ninguém”

18/09/2019 | 20:58 | atualizado em 23/09/2019 | 09:16

O Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/ Teatro Raul Belém Machado (rua Leonil Prata, s/nº,em frente a Praça Paulo VI), da Prefeitura de Belo Horizonte, recebe nesta quinta-feira, dia 19/9, às 20h30, o artista Di Souza, com a apresentação do show “Não Devo Nada pra Ninguém”, que leva o nome do primeiro disco autoral do artista. O projeto leva sempre apresentações musicais, selecionadas por meio do edital Cena Plural, ao espaço nas quintas-feiras. Di Souza tem como principais referências os baianos Tom Zé e Raul Seixas, extrapolando os padrões estéticos mineiros. A entrada é gratuita.

 

Di Souza traz na bagagem a experiência de vida de quem nasceu na roça e criou-se na favela. Ao multiartista fazedor de coisas lúdicas cabe o título de “Artivista Cultural”. Como compositor, lançou em 2015 o seu primeiro disco: “Não devo nada pra Ninguém”. Di Souza é arranjador, multi-instrumentista, diretor musical, produtor cultural, maestro carnavalesco e educador social e se prepara para lançar, ainda em 2019, seu segundo álbum.

 

Figura singular no ressurgimento do Carnaval de rua em Belo Horizonte, Di Souza é maestro e coordenador do Bloco Então Brilha. Também fundou outros cinco blocos e influenciou diretamente carnavais intermunicipais, através de oficinas e cursos de formação pelo estado. Na Rádio Inconfidência já apresentou o programa Coletivo Casa Azul que se dedicava ao cenário musical independente da cidade.

 

Como percussionista participou da gravação de mais de 20 discos e já integrou 15 bandas da cena local. Como diretor musical, assina três discos e como educador social, possui 10 anos de bagagem em diversos espaços e projeto em Minas Gerais. Em 2013 fundou sua própria metodologia de educação musical; o movimento alternativo de percussão popular ganhou nome de Percussão Circular, que hoje conta com sede própria e 200 integrantes matriculados. Informações para o público pelo telefone (31) 3277-6437.


Últimas Notícias

Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Baixa de construção pode ser obtida utilizando drone e por meio digital

A Prefeitura construiu um procedimento para que a baixa de construção possa ser feita por fotos e vídeos obtidos por drone.

29/05/2020 | 17:37
Prestação de contas na Câmara Municipal de Belo Horizonte PBH intensifica ações na Saúde e Políticas Sociais, mesmo com queda nas receitas

Dados demonstram que o Município arrecadou R$ 4,7 bilhões de janeiro a abril, cerca de 34% do total previsto para o ano – R$ 13,7 bilhões.

29/05/2020 | 12:05