Pular para o conteúdo principal

Foto: Antônio Rodrigues

Sudecap realiza ações de prevenção a acidentes no trabalho

20/10/2017 | 10:48 | atualizado em 11/12/2018 | 19:43

Os empregados públicos da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) participaram nos dias 17, 18 e 19 de outubro da Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat). A Sipat é uma semana totalmente voltada para a prevenção de doenças ocupacionais e de acidentes de trabalho. O evento, organizado pela CIPA com o apoio do Departamento de Gestão de Pessoas da autarquia, teve três dias de palestras e atividades relacionadas à saúde, às mudanças de comportamento e de hábitos de vida e a busca de mais qualidade de vida no trabalho.
 

A abertura do evento contou com a apresentação da banda do Corpo de Bombeiros e com uma fala oficial da nova Superintendente Beatriz Ribeiro, funcionária de carreira da autarquia e a primeira mulher a assumir o cargo.  “Essa gestão não está preocupada somente com a principal missão da autarquia que é fazer obras e trazer o desenvolvimento para nossa cidade, mas também de cuidar das pessoas que aqui trabalham dando muita ênfase na gestão de pessoas. A gente deve rever o conceito de segurança, pois podemos ter um ambiente de trabalho muito seguro, mas com um comportamento não seguro. E assim pode acontecer na vida, no trânsito e em outros lugares”, disse Beatriz.
 

O principal objetivo da SIPAT é conscientizar e orientar os funcionários de uma organização sobre a promoção da saúde e prevenção de acidentes no ambiente de trabalho. Neste ano, a SIPAT 2017 da Sudecap destacou temas como saúde emocional e mental, ressignificar a relação com o trabalho, treinamento funcional e palestra sobre prevenção ao tabagismo, alcoolismo e hipertensão.
 

Para a Presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), Juliana Mara de Campos Parma, o evento desse ano foi bastante positivo e cerca de 90 funcionários participaram de alguma das atividades. “Achei o balanço positivo principalmente pelo retorno que tivemos dos colegas de trabalho. Aos poucos fomos conseguindo convencer as pessoas a participarem do evento. E também achei que os palestrantes conseguirem levar ao público a mensagem proposta”, afirma Juliana.