Pular para o conteúdo principal

foto tira de cima provavelmente de um helicóptero ou algo do tipo, da praça principal da Savassi.
Foto: Breno Pataro

“A Savassi é da Gente”: arte, lazer e esporte

25/05/2017 | 18:40 | atualizado em 30/05/2017 | 13:03

Neste domingo, dia 28, das 9h às 14h, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), promove a décima primeira edição do projeto “A Savassi é da Gente”. Em trechos das avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas (cruzamento da área conhecida como Praça da Savassi e adjacências), serão realizadas atividades de iniciativa da população e da Prefeitura.

 

O projeto é realizado aos domingos, desde março, com o objetivo de resgatar a vitalidade dessa tradicional região da cidade, estimular a livre convivência e a cidadania. As atividades da Prefeitura contemplam a promoção de brincadeiras para crianças e oficinas de práticas esportivas.

 

Na realização do projeto, a Secretaria Municipal de Esporte, tem o apoio da BHTrans, da SLU, da Guarda Municipal e da Secretaria de Fiscalização.

 

Programação do dia 28 de maio:

 

  • 9h30 às 13h – brincadeiras infantis: amarelinha, bambolê e corda.
  • 10h30 às 11h30 – Oficina de Crossfit
  •  

Crossfit: atividades físicas com prática de movimentos funcionais de alta intensidade nas modalidades de levantamento de peso, ginástica e resistência aeróbica. O participante dessa oficina deverá estar com roupas adequadas e em condições físicas e de saúde condizentes com a prática dessa atividade.

 

  • 10 h às 12 h – Oficina: Tiro com Arco   
  •  

Tiro com Arco: a arquearia é uma arte antiga que perdeu espaço como arma de caça e guerra e conquistou a área esportiva, cuja prática requer concentração e estabilidade. O público dessa oficina contempla todas as faixas etárias.

 

Trânsito

 

Para o funcionamento do projeto “A Savassi é da Gente”, trechos das avenidas Cristovão Colombo e Getúlio Vargas são temporariamente interditados ao trânsito de veículos. O fechamento ocorre aos domingos, das 6h às 15h. Já o acesso às garagens de moradores e comerciantes, localizadas nos trechos interditados, é garantido pela BHTrans.