Pular para o conteúdo principal

Quatro crianças jogam pebolim assistidas por dois adultos em evento BH é da Gente.
Foto: Vilma Tomaz/PBH

Programa estimula a população a ocupar o espaço urbano com atividades lúdicas

03/12/2018 | 16:23 | atualizado em 03/12/2018 | 16:26
Moradora do bairro Copacabana, localizado nas regionais da Pampulha e de Venda Nova, Juliana Joaquina de Jesus, de 30 anos, aproveita o fim de semana para passear com os filhos. “Agora, aos domingos, eu posso tirar os meus filhos de frente da televisão para trazê-los para brincar aqui, sem pagar nada”, conta a funcionária de telemarketing. Ela se refere à nova unidade do BH é da Gente, na avenida Guarapari, entre a avenida Portugal e a rua Deputado Salim Nacur, no bairro Santa Amélia, na Pampulha.


Realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, o BH é da Gente é um programa recreativo em espaço urbano realizado, em três endereços, aos domingos, das 7 às 14 horas. Implantado na Savassi em 19 de março de 2017, o programa foi ampliado para a avenida Silva Lobo, na região Oeste, em 8 de abril deste ano. Já a estreia da unidade Pampulha, na avenida Guarapari, ocorreu dia 25 de novembro.


Michele Patrícia de Araújo Silva, de 25 anos, também marcou presença na programação do novo espaço com o marido e o filho Brayan. “Achei muito interessante. Meu filho pode brincar de graça em um ambiente familiar e agradável”, comentou ela.


Morador do bairro São João Batista, o autônomo Silvério de Azevedo Filho, de 59 anos, foi com a filha e quatro netos. “Minha filha pediu para pararmos aqui para os meninos brincarem. Agora, cada um escolheu uma brincadeira diferente. Um está na oficina de pintura facial, outro no pula-pula, e outro, no jogo de totó”, relatava ele, contemplando a diversão dos meninos. “O nosso almoço de domingo ocorrerá mais tarde, mas por um bom motivo. Afinal, os meus netos estão brincando em um ambiente agradável”, ressaltou.



Cidade mais humanizada

Só na Savassi, o programa registra uma média de mil frequentadores por edição. As edições que tiveram como atrações o Festival de Jazz e o Encontro Literário, realizados em parceria, conseguiram conquistar um público de aproximadamente duas mil pessoas. 


Na Silva Lobo, cerca de 500 pessoas frequentam o local a cada domingo. Agora, com a implantação do BH é da Gente – Pampulha já efetivada, a Prefeitura desenvolve estudos técnicos e de viabilidade para uma quarta unidade em 2019. 


 “O BH é da Gente é um programa que estimula a ocupação do espaço público com qualidade, ofertando atividades físicas, esportivas, culturais e de lazer à população. Nosso intuito é deixar a cidade cada vez mais humanizada e fervilhante, no sentido da sociabilidade. Estamos falando de uma política pública que é praticada em importantes metrópoles do mundo, como Paris, São Francisco e Bogotá”, afirma o secretário de Esportes e Lazer, Elberto Furtado.

 


03/12/2018. Programas estimulam a ocupação do espaço urbano por pedestres em Belo Horizonte. Fotos: Vilma Tomaz/PBH