Pular para o conteúdo principal

Presépio de Natal feito de bonecos

Presépio sustentável completa 13 anos e é aberto no Parque Municipal

12/12/2019 | 17:56 | atualizado em 02/01/2020 | 09:52

Em meio às comemorações pelo aniversário de 122 anos de Belo Horizonte, a população ganha mais um presente no mês das festividades natalinas: a reabertura do tradicional presépio do Parque Américo Renné Giannetti (avenida Afonso Pena, 1.377 – Centro). O presépio, que ganha vida pelas mãos da funcionária Joana Aparecida Teixeira, já se tornou parte do cenário de um dos principais cartões postais da cidade.

 

Já são 13 anos de dedicação para que os personagens estejam devidamente organizados para a cena do nascimento de Jesus. As imagens são feitas de materiais variados, como folhas de palmeiras, de bananeiras, sementes, flores e frutos secos, serragem, palha, cola, purpurina, papel Kraft e outros materiais em peças e artefatos vistosos.

 

O presépio costuma atrair a atenção dos passantes que ficam diante da grade do Parque para admirar o zelo de Joana e de outros funcionários da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica no momento de arrumar “o palco” para a cena natalina.

 

Para suas criações, a funcionária sempre procura lançar mão de materiais alternativos que possam ser recolhidos dentro do próprio Parque. Neste sentido, ela valoriza uma das metas da Fundação, que é a sustentabilidade.

 

 

Mudanças a cada ano

 

Ao todo, o presépio do Parque possui oito personagens (José, Maria, menino Jesus, os três Reis Magos, um pastor e um anjo), uma estrela guia, três ovelhas (sendo duas filhotes), uma vaca, um burro e um galo, além de guirlandas e enfeites diversos. Esses elementos ficam abrigados em uma cabana construída com palha, bambu e madeira.

 

Mesmo que a estrutura das figuras (feita com arame, cabaça e cabos de vassoura) seja a mesma de anos anteriores, a cada ano os personagens bíblicos ganham nova vida com roupas exuberantes e também com toques artísticos que variam conforme a criatividade de sua idealizadora.

 

Normalmente, a temática do presépio segue o tema oficial da Campanha da Fraternidade. Em 2020 o tema será “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34). Adaptando isso para a composição do presépio, Joana utilizou grãos como os de milho, arroz, feijão e café para destacar a base da alimentação humana e representar simbolicamente o cuidado que devemos ter com o próximo.

 

O presépio poderá ser visitado nos dias de funcionamento normal do Parque, até 6 de janeiro de 2020, de terça-feira a domingo, das 6h às 18h. A entrada é gratuita.


Últimas Notícias

Informações da Prefeitura sobre o Covid-19 Prefeitura começa a aplicar multa de R$ 100 para quem não usar máscara

A aplicação da multa será feita pela equipe de fiscalização da Prefeitura ou pela Guarda Municipal.

13/07/2020 | 19:19
Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Filme sobre o IAPI e poesia das regionais são temas do Circuito em Casa

A versão on-line do Circuito Municipal de Cultura chega à sua oitava semana em Belo Horizonte com ampla programação.

13/07/2020 | 13:48