Pular para o conteúdo principal

Dois guardas municipais no Parque as Mangabeiras, um deles está soltando pipa; mais de seis pessoas soltam pipa também, durante o dia.
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

Prefeitura promove festival de pipas no Parque das Mangabeiras

11/07/2019 | 19:54 | atualizado em 15/07/2019 | 08:58
A campanha Cerol Mata!, promovida pela Prefeitura de Belo Horizonte para combater o uso de linhas cortantes ao empinar papagaios, promove um Festival de Pipas, no Parque das Mangabeiras, nesta sexta-feira, dia 12, para conscientizar sobre a forma correta de brincar com os papagaios. Agentes da Patrulha Escolar da Guarda Municipal estarão no local, a partir das 9h, para receber cerca de 60 alunos da Rede Municipal de Educação.
 

No festival, os jovens irão empinar pipas confeccionadas com papel de seda, que não poluem o meio ambiente, e linhas brancas não cortantes. As atividades serão longe da rede elétrica, para mostrar que a brincadeira feita da forma correta é muito mais divertida.

 

Durante a primeira quinzena de julho, a Patrulha Escolar levou atividades educativas a escolas da rede municipal de Belo Horizonte, aproveitando o período que antecede o início das férias para reforçar o alerta sobre os riscos que o cerol e a linha chilena representam para motociclistas e também para quem as utiliza ao empinar pipas. Esta primeira fase foi marcada pela realização de exposições de rolos de linhas cortantes apreendidas pela Guarda Municipal nas ruas, sendo feita a demonstração do poder de corte em simulações feitas com legumes e garrafas pet.

 

A partir de agora, serão realizadas blitzen educativas em vias com maior incidência de apreensões de linhas chilenas e com cerol, entregas de antenas de proteção aos motociclistas e a distribuição de folhetos preventivos com a punição prevista para os responsáveis. 

 

 

Reforço metropolitano

A edição deste ano da campanha está ganhando ainda mais força. A Patrulha Escolar da Guarda Municipal terá suas ações preventivas, que conscientizam a população sobre os riscos que o cerol e linha chilena representam para motociclistas e ciclistas, reforçadas com a adesão de agentes das guardas municipais de Ribeirão das Neves, Sabará, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Contagem, Santa Luzia e Betim.

 

O convite foi feito oficialmente na última quarta-feira, dia 10, pelo secretário municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino, e pelo comandante da Guarda de Belo Horizonte, Rodrigo Prates, aos representantes das guardas das sete cidades, durante reunião no Centro de Operações de Belo Horizonte (COP-BH). Eles aceitaram se unir à campanha e já planejam ações conjuntas para o decorrer da próxima semana. Uma delas será a incineração de linhas cortantes apreendidas por todas as guardas parceiras. “Essa união fortalecerá o combate à brincadeira criminosa, salvando ainda mais vidas. Toda a sociedade será beneficiada”, destacou o secretário Genilson Zeferino. 


Últimas Notícias

Setembro verde: mês da pessoa com deficiência. Rumo a uma cidade inclusiva e sustentável. Torcedores com deficiência entram em campo na luta pela inclusão

Torcedores com deficiência entrarão em campo com atletas do Cruzeiro e do Flamengo neste sábado, dia 21/9, no Mineirão.

20/09/2019 | 23:18
Casal passeia com criança em cadeira de rodinhas e outroas pessoas caminham na Savassi, no domingo, durante o dia. BH é da Gente oferece ioga, encontro de carros e orientação nutricional

Show de talentos, ioga, encontro de carros e orientação nutricional são atrações do BH é da Gente no domingo, dia 22/9.

19/09/2019 | 20:26