Pular para o conteúdo principal

Educadora física em videoaula
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura produz videoaulas de atividades físicas para pessoas acima de 50 anos

18/01/2021 | 16:46 | atualizado em 18/01/2021 | 18:57

Com o objetivo de estimular a prática de exercícios físicos entre pessoas com mais de 50 anos em casa, em função da pandemia, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, disponibilizou em seu canal no YouTube mais uma série de videoaulas feitas por profissionais da área.


A equipe de educadores físicos do Programa Vida Ativa desenvolveu atividades voltadas para esse público como forma de promoção da saúde mental e física, cujo perfil, predominantemente, está associado ao grupo de risco de agravamento da Covid-19.  


O secretário municipal de Esportes e Lazer, Elberto Furtado, alertou para a importância da prática de exercícios em benefício da saúde física e mental, principalmente em tempos de distanciamento social e confinamento.  “O educador físico ensina atividades leves que podem ser realizadas dentro de casa e com acessórios domésticos, como cabos de vassouras, garrafas de plástico, cadeiras e bolinha de meia”, ressaltou.


Desde maio do ano passado, a plataforma digital permitiu que 3 mil participantes do Vida Ativa dessem prosseguimento à prática de exercícios físicos realizados, antes da pandemia, de forma presencial em vários núcleos de atendimentos e instituições de longa permanência (ILPIs) localizados em todas regionais da capital. Segundo explicou a coordenadora do programa, Cintia Santos, estão disponíveis 17 aulas de 15 minutos cada uma no canal do YouTube.


Além do Vida Ativa, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer disponibilizou também conteúdos dos programas Superar, voltado a pessoas com deficiência, e do Esporte Esperança, dirigido a crianças e adolescentes   entre 3 e 17 anos.