Pular para o conteúdo principal

Prefeitura orienta população sobre uso dos serviços de saúde durante o Carnaval
Foto: Divulgação/PBH

Prefeitura orienta população sobre uso dos serviços de saúde durante o Carnaval

04/03/2019 | 18:07 | atualizado em 24/05/2019 | 15:24

SAMU, UPA ou Posto Médico Avançado? O Carnaval de Belo Horizonte conta com estrutura de saúde reforçada mas, para que o atendimento seja eficaz, é importante que a população saiba quando e qual serviço procurar.
 
Os três Postos Médicos Avançados que foram montados especialmente para o Carnaval devem ser procurados por pessoas que estejam nos blocos e apresentarem desidratação, intoxicação, crises convulsivas e pequenos traumas. Essas unidades contam com apoio do SAMU e, caso seja necessário, o paciente é transferido para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou hospitais. São três Postos Médicos Avançados:

Nesta terça-feira, dia 5, os dois PMA Itinerantes vão funcionar das 7 às 23 horas. Um na avenida Brasil, 1462; e o outro na localização Getúlio Vargas 1649.
 
Há ainda o Posto Médico Avançado Fixo que continua instalado no Centro de Referência da Juventude, (Praça Rui Barbosa, 50, Centro). O funcionamento será 24 horas, até às 7h do dia 6/03.
 
Já o SAMU atende às ocorrências que envolvem problemas cardiorrespiratórios, crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento repentino, queimaduras graves, acidentes envolvendo vítimas com traumas, choque elétrico, urgências obstétricas, suspeita de infarto ou AVC, agressão por arma de fogo ou arma branca.
 
Durante o Carnaval, Belo Horizonte contará com 33 ambulâncias, cinco a mais do que o efetivo usual. Para incrementar a frota, também foi contratado serviço terceirizado pela Belotur de 10 ambulâncias durante todo o Carnaval. Os veículos contratados também serão regulados pelo SAMU. O contingente garantirá o atendimento às ocorrências do Carnaval e da rotina da capital.
 
Nos blocos com grande número de participantes, que desfilarão em regiões não cobertas pelos Postos Médicos Avançados, ambulâncias acompanharão os foliões. Esses veículos farão o transporte do paciente, caso seja necessário, para UPA ou hospital. Os veículos contratados serão regulados pelo SAMU.

As UPAs atendem grande parte das urgências e emergências e funcionarão todos os dias do Carnaval, 24 horas. Essas unidades devem ser procuradas quando a pessoa apresentar febre alta, acima de 39º, fraturas e cortes com pouco sangramento, infarto e derrame, queda com torsão e dor intensa ou suspeita de fratura, falta de ar intensa, cólicas renais, vômito constante e fortes dores no peito. As UPAs também recebem pacientes transportados pelo SAMU.
 
Os Centros de Saúde, que no período do Carnaval funcionaram nesta segunda-feira, dia 4, ficarão fechados na terça-feira, dia 5, e reabrirão na quarta-feira, dia 6, a partir das 13 horas, devem ser procurados em casos de diarreia, dor de cabeça, resfriado ou gripe, escoriações por queda, vacinas, medicamentos, realização de curativos, além das consultas agendadas.

 

Confira o balanço dos atendimentos:

 

image.png