Pular para o conteúdo principal

Educadora, de costas e com uma camiseta escrito "educador", se dirige a mais de doze idosos, sentados em uma sala.

Prefeitura e CCBB renovam parceria para promoção de acesso à arte e cultura

27/12/2019 | 12:02 | atualizado em 27/12/2019 | 12:02

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, participou, em dezembro, de encontro avaliativo com a equipe do Programa CCBB Educativo: Arte e Educação do Centro Cultural do Banco do Brasil. O encontro aconteceu no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) e foi um importante momento para avaliação e fortalecimento da parceria desenvolvida ao longo deste ano, que permitiu o acesso de quase mil pessoas atendidas pela Secretaria às exposições e atividades do CCBB.

 

Coordenadores e equipe técnica do Programa apresentaram a metodologia desenvolvida e os resultados alcançados. Além disso, foram exibidos relatos dos visitantes, destacando a importância da visita para cada grupo atendido e realizada uma roda de conversa entre os participantes, com foco no aperfeiçoamento das ações para o próximo ano.

 

Pompea Tavares, coordenadora Pedagógica, enfatizou a riqueza dos grupos que, de forma espontânea, visitaram o espaço. “Como a presença desses grupos nos impacta pessoalmente. É muito crescimento e nos esforçamos para promover um encontro em que as pessoas se sintam acolhidas. Experimentamos juntos os processos, as brincadeiras, as oficinas e tentamos garantir esse espaço para construção de algo, pois é um momento em que as pessoas contam suas histórias de vida e seus ofícios. São ótimas oportunidades de interação e sentimos, de fato, que elas estão contentes de estarem aqui”, comenta.

 

O Programa CCBB Educativo: Arte e Educação desenvolve ações que estimulam a experiência, a criação, a investigação e a reflexão. Tem como valor a transversalidade dos processos pedagógicos, curatoriais e artísticos, por meio das partilhas e das trocas culturais e da garantia ao acesso amplo e inclusivo ao patrimônio e sua diversidade.

 

A gerente do BH Cidadania, Katia Zacché, destacou a importância da parceria institucional. “Essa parceria é uma iniciativa que permite que as famílias e grupos acompanhados pelo Centro de Referência de Assistência Social e outros grupos atendidos pela Subsecretaria de Direito e Cidadania tenham acesso aos espaços culturais que a cidade oferece, possibilitando a ampliação das vivências individuais e coletivas e o fortalecimento do sentimento de pertencimento à cidade”, disse.

 

 

Parceria Institucional

A parceria firmada entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Centro Cultural Banco do Brasil consiste em proporcionar vivências culturais aos usuários de serviços, programas e benefícios atendidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania.

 

As turmas têm acesso gratuito às visitas personalizadas e mediadas, e atividades relacionadas às exposições e à história do edifício. A parceria contempla a participação dos grupos acompanhados pelos Centros de Referência de Assistência Social, idosos frequentadores do Centro de Referência da Pessoa Idosa, jovens do Centro de Referência da Juventude e público atendido pela Diretoria de Políticas para pessoas com Deficiência. As visitas acontecem uma vez por semana com duração média de 1h30, mediada por educadores do Centro Cultural.


Últimas Notícias

Obras sendo feitas nos córregos Olaria e Jatobá, na região do Barreiro Prefeitura inicia mais obras contra enchentes nos córregos Olaria e Jatobá

Serão investidos aproximadamente R$ 18 milhões neste empreendimento, com previsão de término no segundo semestre de 2021.

 

09/07/2020 | 16:48
Informações da Prefeitura sobre o Covid-19 Cidadão pode recorrer contra notificações da Fiscalização de forma digital

O procedimento virtual será adotado enquanto durarem as medidas temporárias de prevenção ao contágio e de enfrentamento ao Covid-19

09/07/2020 | 16:33