Pular para o conteúdo principal

Cidadã conversa com guardas
Foto: Divulgação PBH

PBH promove palestra sobre prevenção como política efetiva de segurança

17/05/2019 | 21:11 | atualizado em 22/05/2019 | 18:13

A Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção por meio da Diretoria de Prevenção a Criminalidade realizou na tarde de terça-feira, dia 15 de maio, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte, uma palestra do Projeto Prevenção em Debate.

 

O evento contou com a participação do sociólogo, professor e pesquisador de Segurança Pública, Luís Flávio Sapori, que falou das perspectivas e desafios das políticas municipais de segurança e prevenção.

 

A atuação das Guardas Municipais no contexto da segurança pública foi um dos temas do encontro. “A lei 13.022/2014 dá uma gama de atribuições para as guardas, como as ações de patrulhamento preventivo, a proteção sistêmica da população e o mais importante, no meu ponto de vista, o desenvolvimento de ações de prevenção primária à violência e a interação com a população. Essas atribuições, se seguidas à risca, ofertam para a população uma instituição comunitária que será respeitada por esse trabalho” disse.

 

Sapori ainda apontou ainda que as políticas de prevenção devem ser o norte de atuação das guardas. Para o pesquisador elas não devem optar por políticas de segurança ultrapassadas. “Repetir práticas que não dão resultado, como a repressão, sem uma política robusta de prevenção, é um péssimo caminho a ser seguido”, afirmou.  

 

O evento contou com a participação do secretário municipal adjunto de Segurança e Prevenção, Rodrigo Melo Teixeira, o comando da Guarda Civil Municipal, a equipe da Corregedoria, Ouvidoria e cerca de 60 guardas municipais.

 

O projeto Prevenção em Debate é uma iniciativa da Diretoria de Prevenção à Criminalidade, em que especialistas da área da segurança pública são convidados para apresentar estudos e debater ações que possam contribuir para a política de segurança do Município.