Pular para o conteúdo principal

Mulher com megafone e colar colorido de Carnaval mostra leque com os dizeres: "Trabalho infantil nem de brincadeira!"
Foto: Divulgação PBH

PBH promove campanha pelo Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil

11/06/2019 | 20:36 | atualizado em 12/06/2019 | 16:06
Na quarta-feira, dia 12 de junho, é celebrado o Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil. Para marcar a data, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, realiza, até o fim deste mês, uma campanha, em todas as regionais, com diversas atividades de enfrentamento ao trabalho de crianças e adolescentes. A programação completa está disponível neste link.       
 

Nos 34 Centros de Referência de Assistência Social da Prefeitura é oferecido, diariamente, o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, com a finalidade de fortalecer a função protetiva da família, prevenir a ruptura dos vínculos, promover o acesso aos direitos e contribuir na melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes. 

 

No mês de junho, esse trabalho será reforçado pela campanha de enfrentamento ao trabalho infantil. A programação inclui palestras, oficinas, campanhas, reuniões e grupos de reflexão. O objetivo, além de assegurar apoio às famílias, é mudar a visão de que o trabalho infantil é natural, como explica a coordenadora das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Ana Paula Dias Guimarães. 

 

“As campanhas de Combate ao Trabalho Infantil são importantes para valorizar a infância e a adolescência e desconstruir os mitos sobre o trabalho infantil. Lugar de criança é na escola, na comunidade e convivendo com a sua família. Os equipamentos da Assistência Social trabalham para garantir esta proteção às famílias. É necessário perceber o trabalho infantil de uma nova maneira e dar um novo significado àquilo que já está introjetado nas nossas crenças e valores”, considera.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Três garotos jogam futebol em quadra, durante o dia. Escolinhas de Esportes atendem 1.200 crianças e adolescentes

Mais de mil crianças e adolescentes de áreas de vulnerabilidade social frequentam programa da Prefeitura de Belo Horizonte.

14/06/2019 | 19:20
Homem palestra de pé para cerca e trinta pessoas, no auditório JK. Prefeitura e organizações da sociedade civil discutem políticas públicas em BH

Os avanços alcançados e os desafios a serem enfrentados na construção da cultura de parcerias em BH foram discutidos.

14/06/2019 | 17:00