Pular para o conteúdo principal

Homem e mulher dançam ao ar livre.
Foto: Marcio José

PBH promove 13ª edição da Semana da Dança no Centro Cultural Vila Santa Rita

24/06/2019 | 18:28 | atualizado em 25/06/2019 | 14:16

A Fundação Municipal de Cultura promove, até sexta-feira, dia 28 de junho, a 13ª Semana da Dança, no Centro Cultural Vila Santa Rita (rua Ana Rafael dos Santos, 149, Vila Santa Rita, Barreiro). O evento tem como proposta contribuir para a formação de público e artistas em geral, além de fomentar a dança, principalmente nas periferias. A programação conta com oficina, workshop e apresentações de espetáculos. Todas as atividades são gratuitas.

 

Nesta edição, o tema do evento será "Trânsito: estamos vivos porque estamos em movimento". O objetivo é unir grupos e artistas de Belo Horizonte e região metropolitana para refletir sobre dança, arte, identidade e periferias. Entre as atividades estão oficinas de dança contemporânea, dança urbana e Kizomba. Não são necessárias inscrições prévias. Mais informações para o público pelo telefone (31) 3277- 1519.

 

 

Programação

Dia 25/6

19h – Oficina Dança Urbana, com Márcio José

Proposta de uma oficina de danças urbanas, baseada nas danças sociais americanas. Partindo de breve conhecimento das danças sociais, incluindo sempre o conteúdo da cultura hip hop, a oficina vai trabalhar as músicas brasileiras que estão dentro do contexto. Coordenação motora, swing, passos variados e muito ritmo são pilares dessa oficina. São de 12 a 15 vagas, limitadas a capacidade do espaço físico, com carga horária de 90 minutos, passando por aquecimento, alongamento e prática da coreografia proposta.

 

Dia 26/6

19h - Oficina Dança Contemporânea, com Evelyn Soares

A oficina tem como objetivo principal trazer uma nova forma de se movimentar, dançar e se expressar. A ideia é trazer para dança contemporânea novas descobertas do próprio corpo, limites de espaços, e amplitude de movimentação.

 

Dia 27/6

15h - Oficina Kizomba, com Márcio José

Produtor artístico, DJ, professor de dança, coreógrafo e dançarino, Márcio José especializou-se em forró universitário, pé de serra e Kizomba. Há 18 anos, iniciou na área cultural em 1991 com o grupo de dança de rua, Cross Line Dance onde permaneceu durante sete anos, realizando diversas apresentações pelo grupo.

 

Dia 27/6 - 19h

 The Brothers

O grupo The Brothers foi criado por antigos amigos que se uniram por sentirem falta da arte e da dança na região. Ele apresenta seu primeiro trabalho, “O Tempo”, que traz uma reflexão sobre a forma em que levamos nossas vidas, dando cada vez menos importância às coisas que deveríamos valorizar.

 

Agnes

A coreografia "Movimento" foi criada a partir de aulas e ensaios da Cia Agnes. A companhia traz em sua perspectiva movimentos de passagens, encontros e desencontros, trazendo ao público a imagem e realidade de estarmos em constante movimento.

 

Enigma Dance

O grupo Enigma Dance de Belo Horizonte é composto por 16 integrantes e 3 DJs, trazem em suas apresentações estilos de dança de rua, jazz, funk melody e Miami.

 

Projeto Sociocultural Agnes Cidadania

O projeto Agnes Cidadania é desenvolvido em parceria com o Centro Cultural Vila Santa Rita desde 2012. Com sua ampliação, surgiu a necessidade de expansão e criação do espaço cultural onde os alunos continuam com as aulas. O projeto desenvolve espetáculos, mostras com os alunos, a fim de instigá-los a se envolver ainda mais com a arte que os é apresentada.

 

Grupo Kerigma

O Ministério Kerigma foi fundado em janeiro de 2001 com a missão de anunciar o evangelho de Cristo ao mundo. E desde então buscam ser profetas da dança.

 

28/6

19h – Circulação do Espetáculo "Nada Mais É" da Laia Cia. de Danças Urbanas

A Laia Cia. de Danças Urbanas é fruto da criação de um grupo de estudos formado em 2013, com alunos do professor e coreógrafo Victor Alves, no curso de danças urbanas do Centro de Cultura Nansen Araujo – Teatro Sesiminas. O grupo foi formado com o intuito de aprofundar as pesquisas, trocas de informações e conhecimentos acerca de diversas expressões corporais, tendo como foco as danças urbanas.