Pular para o conteúdo principal

PBH entrega Centro de Saúde Horto, fechado há 3 anos

12/12/2017 | 18:12 | atualizado em 11/12/2018 | 19:25

Na terça-feira, dia 12 de dezembro, aniversário de Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil e o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, entregaram a nova sede do Centro de Saúde Horto, que passou por uma reforma estrutural. A partir de agora, os moradores da região terão atendimento em duas unidades: o imóvel onde o Centro de Saúde funcionou durante a reforma continuará aberto e será um anexo do CS Horto.

 

“A própria Secretaria de Saúde fez funcionar mais um equipamento para atender um bairro muito importante, que tem um alto índice de idosos e muitas crianças. Não adianta ter muita gente em lugar apertado. São coisas simples e nós vamos melhorando a cidade”, afirmou o prefeito Alexandre Kalil.

 

As unidades atenderão a população dos bairros Horto, Santa Tereza, Colégio Batista e Sagrada Família na nova sede, que fica na rua Anhanguera, 224, Horto, e no Anexo, na rua Monte Alverne, 151, bairro Floresta.

 

O Centro de Saúde Horto ficou fechado por cerca de três anos devido às más condições estruturais do local e em maio de 2014 o atendimento foi transferido para o imóvel do bairro Floresta. Em 2017, as obras para a reestruturação do equipamento que estava fechado começaram e tiveram investimentos de R$ 54 mil. O imóvel recebeu nova pintura, troca de piso, intervenções na parte elétrica e hidráulica, telhado, ampliação e adequação de ambientes.

 

De acordo com o secretário de Saúde, foi possível melhorar o atendimento sem aumentar os custos para o Município. “Nós reformamos essa área, foi um investimento relativamente pequeno, próximo de 50 mil reais, que trouxe essa casa com muitos espaços para o atendimento. Foi feito um remanejamento dos profissionais, uma divisão de equipe com o Anexo Floresta, sem custo adicional para o Município e beneficiando  42 mil pessoas”, explicou.

 

Atualmente, atuam na unidade quatro equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), cada uma formada por médico generalista, enfermeira, auxiliares de enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde (ACS). O Centro de Saúde conta ainda com profissionais de apoio – cirurgiões-dentistas, pediatra, ginecologista, psicólogos, psiquiatra, equipes de zoonoses, clínicos, auxiliares de enfermagem e com um Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), constituído por farmacêutico, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, educador físico e fonoaudiólogo.

 

Com a mudança, na sede funcionarão os serviços de vacina, curativo, coleta de exames, realização de eletrocardiograma (ECG), os atendimentos de odontologia, pediatria, serviço social e três equipes do Programa Estratégia Saúde da Família (ESF). Já no anexo, funcionarão os atendimentos das especialidades de psicologia, psiquiatria, ginecologia, clínico geral e uma equipe ESF. A duas unidades contarão com farmácia para fornecimento de medicamentos.

 

A população da área de abrangência do Centro de Saúde Horto e anexo é de cerca de 42 mil pessoas. Por dia são realizados 300 atendimentos e a equipe total de trabalhadores é composta por 90 pessoas.