Pular para o conteúdo principal

Duas mulheres e um homem fazem exposição, sentados, em Hamburgo.
Foto: Fundação Semear

PBH apresenta experiência da implementação do Marco Regulatório em Novo Hamburgo

17/05/2019 | 10:31 | atualizado em 17/05/2019 | 10:31

Durante encontro de capacitação sobre o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC), realizado no final de abril pela Fundação Semear para o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, a Prefeitura, por meio da Procurdoria Geral do Município, apresentou a experiência da implementação da Lei nº 13.019/2014 em Belo Horizonte.

 

A apresentação foi feita pela assessora jurídica da Procuradoria, Bianca Monteiro. De acordo com a assessora, o processo de implementação do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil em Belo Horizonte, liderado pela Procuradoria, incluiu o estabelecimento de um amplo diálogo intersetorial envolvendo os diversos órgãos da administração municipal e organizações da sociedade civil.

 

Além disso, segundo ela, foram criadas ferramentas de governança, como a Gerência de Apoio às Parcerias (Gapop) e o Conselho de Fomento e Colaboração (Confoco-BH), mecanismos de transparência, como o Portal das Parcerias, realizados cursos de capacitação e seminários, elaborado e publicado o Decreto nº 16.746/2017, que regulamentou a lei federal no Município.

 

“É com satisfação que levamos a experiência de Belo Horizonte como contribuição à implementação da Lei nº 13.019/2014 em outros municípios. Essa é uma das atribuições da equipe da Gerência de Apoio às Parcerias, no sentido de fortalecer as parcerias entre o Poder Público e as organizações da sociedade civil, em consonância com a nova legislação”, assinalou.


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48