Pular para o conteúdo principal

Fachada da Prefeitura de Belo Horizonte iluminada de azul durante a noite.
Foto: Adão de Souza/PBH

PBH adere ao Novembro Azul e alerta sobre a saúde do homem

10/11/2017 | 20:23 | atualizado em 16/11/2017 | 14:07

Novembro é a vez de chamar a atenção para a importância dos homens cuidarem da saúde. A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) apoia essa conscientização e, durante todo o mês, quatro locais públicos – sedes da PBH e da Secretaria Municipal de Saúde, Pirulito da Praça Sete e Hospital Metropolitano Odilon Behrens – estarão iluminados de azul.

 

A ação faz parte do Novembro Azul, que tem por objetivo incentivar o público masculino a cuidar da saúde. O mês de novembro é marcado por duas importantes datas que alertam sobre os cuidados com saúde do homem: o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado no dia 17, e o Dia Internacional do Homem, celebrado no dia 19.

 

Ao longo de todo o mês de novembro, profissionais das unidades de saúde da Rede SUS da capital, durante o atendimento de rotina, farão abordagens junto aos homens para ressaltar a importância do cuidado integral com saúde. Serão enfatizadas as formas de prevenção e de reconhecimento de sintomas de doenças que mais afetam aos homens, como as cardiovasculares, do aparelho digestivo e urológico, incluindo o câncer de próstata.

 

Câncer de próstata

O câncer de próstata é o que causa mais mortes entre os homens. Em estágio inicial, geralmente não apresenta sintomas, por isso a necessidade de procurar os serviços de saúde com maior frequência. O principal fator de risco é a idade. Cerca de três quartos dos casos ocorrem a partir dos 65 anos. A atenção à doença deve ter início aos 50 anos para os homens em geral. Para populações de risco aumentado para câncer de próstata, como negros e pessoas que tiveram um parente próximo com câncer de próstata antes dos 65 anos de idade, os cuidados devem ser observados a partir dos 40 a 45 anos.

 

O primeiro atendimento ao homem é feito no centro de saúde. O médico generalista define os exames e faz os encaminhamentos necessários, como a realização do exame de Antígeno Prostático Específico (PSA). Este exame é colhido nos centros de saúde e, dependendo do resultado, o paciente é encaminhado para urologista – que atuam nas Unidades de Referência Secundária (URS), para exame de toque e/ou outros exames.

 

Em relação ao rastreamento do câncer de Próstata, a recomendação atual é de que os exames de PSA e/ou toque retal devem ser realizados apenas quando necessário. O rastreamento em homens assintomáticos é contraindicado, porque as melhores evidências científicas atuais apontam que essa iniciativa produz mais dano do que benefício.

Últimas Notícias

Cadastro de ambulantes para o Carnaval começa dia 27/11

Segunda-feira, dia 27 de novembro, é a data de início do cadastro de ambulantes para o Carnaval de Belo Horizonte 2018. 

23/11/2017 | 18:35

Feira da Afonso Pena ganha uma hora a mais de funcionamento

A Feira de Artes e Artesanato da avenida Afonso Pena vai funcionar até o fim do ano com horário estendido, das 8h até as 15h. 

21/11/2017 | 18:23