Pular para o conteúdo principal

A cidadã Cida Martins declamou um poema em homenagem às mães.
Foto: Andréa Moreira

Pampulha realiza 14ª Conferência Distrital de Saúde

criado em 30/05/2017 - atualizado em 20/06/2017 | 12:42

O Conselho Distrital de Saúde Pampulha (CODISAP) com o apoio da Prefeitura de Belo Horizonte realizaram, nos dias 16 e 17 de maio, a 14ª Conferencia Distrital de Saúde da Regional Pampulha com o tema “SUS: Nenhum direito a menos”. O encontro aconteceu na Casa Pastoral Santo Antônio da Pampulha com a significativa participação de usuários, trabalhadores e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo 205 pessoas no dia 16 e 180 no dia 17 de maio.

 

A mesa de abertura foi composta por autoridades municipais como a Gerente de Regulação e Atenção Hospitalar da SMSA, Christine Ferreti, a coordenadora de Administração Regional Municipal Pampulha, Neusa Fonseca; o presidente do Conselho Municipal de Saúde de BH, Bruno Abreu Gomes, o presidente do Conselho Distrital de Saúde, José Gilson Guedes e o secretário Geral do CODISAP, Sérgio Antônio Pinto, entre outros. As autoridades ressaltaram a importância de se defender os direitos já conquistados ao longo destes quase 30 anos de existência do SUS.

 

Na abertura, o Guarda Municipal João Eler executou o Hino Nacional com uma flauta transversal e a usuária Cida Martins fez uma sensível homenagem às mães ao declamar o poema “Dia das Mães”. Mereceu  destaque as palestras proferidas pelas médicas Dra Alzira Jorge, professora do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG, e Dra Mônica Aparecida Costa, diretora técnica assistencial do Hospital Risoleta Neves e por Paulo César Machado, médico psiquiatra, servidor público municipal e estadual, representante suplente do segmento gestor na atual gestão do Conselho Municipal de Saúde-BH que contextualizaram o público sobre o tema da Conferência.

 

No 2º dia da Conferência, mais um pouco de arte: os integrantes do grupo de Lian Gong do Centro de Saúde Trevo fizeram uma divertida apresentação. A seguir, os participantes foram divididos em grupos de trabalho para discussão dos seis eixos temáticos. Após as discussões, foram retiradas 89 propostas que serão apresentadas na 14ª Conferência Municipal de Saúde. Houve ainda a eleição de 51 Delegados representantes dos usuários, 30 Delegados do segmento de trabalhadores e 30 Delegados representantes dos gestores públicos da Saúde.

 

Gerente de Atenção à Saúde na Pampulha, Elisane Rodrigues ressaltou a importância da participação popular na Conferência: “Devemos celebrar o sucesso da Conferência Distrital de Saúde da Pampulha. Tivemos a oportunidade de debater sobre o SUS e compreender os seus desafios atuais. Uma discussão que une o olhar de uma pluralidade de atores e garante, desta forma, a proposição de soluções para a qualificação do cuidado e para o fortalecimento do SUS em Belo Horizonte.”

 

O Presidente do Conselho Distrital de Saúde Pampulha, José Gilson Guedes, destacou a importância da realização das Conferências Locais, já que são porta de entrada para as etapas distritais, e de onde advém as propostas das UBS. "Estou muito feliz em ver a participação dos três segmentos: usuários, trabalhadores e gestores do SUS/BH nas Conferências Locais e Distritais. Agora é seguir para a Conferência Municipal e acreditar que grande números das propostas retiradas aqui sejam contempladas".

 

Etapas preparatórias

O processo de preparação para a 14ª Conferência Municipal de Saúde “SUS: Nenhum Direito a menos” aconteceu em várias etapas: foram realizadas as conferências locais em todos os centros de saúde da cidade, em vários hospitais da Rede SUS, na UFMG e, no Conselho Municipal de Belo Horizonte as Conferências Livres abordando diversos temas. Na Pampulha, foram realizadas 14 conferências em todos os centros de saúde, com a participação de 626 pessoas, onde foram eleitos os delegados para a participação na etapa distrital. 

 

A Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 8, 9 e 10 de junho, no Minascentro com o objetivo principal de elaborar propostas para a construção do Plano Municipal de Saúde 2018/2021.