Pular para o conteúdo principal

Obras nas vilas Fazendinha e Nossa Senhora Aparecida estão em ritmo acelerado

25/09/2018 | 19:00 | atualizado em 14/08/2020 | 17:20

O prefeito Alexandre Kalil visitou, na manhã desta terça-feira, dia 25, as obras de urbanização nas vilas Fazendinha e Nossa Senhora Aparecida, localizadas no Aglomerado da Serra, região Centro-Sul da capital. Acompanhado do secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Josué Valadão, e do diretor-presidente da Urbel, Claudius Vinicius, o prefeito percorreu vias do Aglomerado onde estão sendo realizadas intervenções como abertura de ruas, implantação de rede de esgoto e de iluminação.
 

“Os moradores do Aglomerado da Serra eram uma gente invisível para a Prefeitura. Agora estamos fazendo intervenções importantes para a população que já está estabelecida nas vilas. Vamos melhorando a vida desse pessoal, que precisa do Poder Público muito mais do que o pessoal lá de baixo”, afirmou.
 

O empreendimento da Prefeitura na Vila Fazendinha foi escolhido pela comunidade por meio do Orçamento Participativo 2013/2014 e inclui abertura e urbanização de 240 metros da rua Cruzeiro do Sul – entre a rua Adutora e a escadaria existente próxima à Escola Municipal Vila Fazendinha –, além da captação de drenagem, implantação de rede de esgoto e iluminação pública do local. Os valores previstos para o investimento na obra são de aproximadamente R$ 4 milhões, recursos provenientes do Fundo Municipal de Saneamento.
 

Para a execução das obras, foi necessário remover 37 famílias que se encontravam em trechos de intervenção, sendo que parte delas foi indenizada e as demais reassentadas em unidades habitacionais. No local, que antes possuía becos estreitos e escadarias de difícil acesso, está sendo construída uma via ampla, que facilitará o acesso de pedestres, veículos e serviços para toda comunidade. A obra, que vai beneficiar cerca de 3 mil pessoas, foi iniciada em março de 2017 e será finalizada no mês que vem.
 

Na vila Nossa Senhora Aparecida, as obras de urbanização dos becos Joaquim Coelho, Lourival Souto e Simião Ferreira foram escolhidas pela comunidade no Orçamento Participativo 2011/2012. No local estão sendo feitas a abertura de becos e implantação de vias de pedestre.
 

Com investimento de aproximadamente R$ 1,9 milhão, as intervenções foram iniciadas em setembro de 2017 e serão concluídas até o primeiro semestre de 2019.