Pular para o conteúdo principal

Mais de 50 alunos formador em cursos de informática da Prodabel, reunidos em salão.
Foto: Divulgação PBH

Número de alunos formados em cursos promovidos pela Prodabel chega a 1,6 mil

20/12/2018 | 19:10 | atualizado em 20/12/2018 | 19:10
O número de alunos formados em cursos oferecidos pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Empresa de Informática e Informação do Município (Prodabel), bateu recorde em 2018. Cerca de 1,6 mil pessoas de todas as idades conquistaram um diploma, o que representa um aumento de 70% em relação ao ano passado.


A assinatura de convênio com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações permitiu a ampliação da estrutura física da unidade do bairro Ipiranga da Prodabel e a contratação de novos monitores e educadores. Além disso, a Prefeitura ampliou a oferta de cursos e o número de turmas já existentes, inclusive com atividades realizadas fora da unidade Ipiranga.


O destaque fica por conta do curso de Programação e Robótica. Um projeto piloto, desenvolvido com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, selecionou 35 crianças da Escola Municipal Vicente Guimarães, em Venda Nova. Após o sucesso da iniciativa, o número de escolas parceiras será ainda maior em 2019. 


Para o presidente da Prodabel, Leandro Garcia, a tecnologia é uma porta para o futuro e a conquista do diploma representa um verdadeiro ‘empoderamento’ pessoal. Já a secretária municipal de Educação, Ângela Delbem, ressalta que o resultado só foi possível graças a atuação em conjunto de vários setores da Prefeitura. “É na escola que a gente aprende e volta para aprender ainda mais sempre que pode. Quando falamos de tecnologia, estar de mãos dadas, é muito importante”.


Além do curso de Robótica, foram realizados cursos de Informática Básica para pessoas de todas as idades, Formação e Vivência em Informática para Jovens; Planilha Eletrônica Aplicada; Manutenção de Computadores; Rede de Computadores; Artes Visuais; Ciências da Computação; Recondicionamento de Computadores; e Educação Ambiental. 


Entre os formandos, o aluno do curso de Formação e Vivência em Informática para Jovens, Robson Luiz Fernandes Machado, 24 anos, conquistou seu primeiro diploma. Ele se mostrou orgulhoso com o feito e espera seguir trabalhando com tecnologia. “Eu agradeço pela oportunidade. Foi um período de muito aprendizado e que despertou meu interesse. Hoje já me vejo no mercado, trabalhando na área”.


Ampliação

Se os números neste ano foram expressivos, em 2019 eles prometem ser ainda melhores! Isto porque a diretoria da Prodabel tem como objetivo ampliar todas as atividades. Quem tiver interesse em se inscrever para turmas futuras pode entrar em contato com a Prodabel, pelo telefone 3277-6064. É importante lembrar que todos são gratuitos e parte dos alunos ainda recebe auxílio-transporte e lanche.

 

20/12/2018. Balanço de cursos. Fotos: Divulgação/Prodabel


Últimas Notícias

Equipe de Vôlei sem Limites, acompanhada de dois membros da equipe técnica, em quadra poliesportiva. Equipe de vôlei composta por pessoas com deficiência disputa Campeonato

Campeonato Brasileiro será disputado, em São Paulo, por equipe de vôlei composta por pessoas com deficiência, com apoio da Prefeitura. 

17/09/2019 | 20:22
Jovem pinta favela em módulos quadrados no chão. PBH contribui com formação de jovens de áreas vulneráveis

Educação, arte e cultura fazem parte da formação de jovens moradores de áreas vulneráveis, por meio do Projovem. 

17/09/2019 | 19:05