Pular para o conteúdo principal

Modelo de construção de novas unidades de saúde de Belo Horizonte é referência para governo federal
Foto: Rodrigo Clemente

Modelo de novas unidades de saúde de BH é referência para governo federal

criado em 10/12/2021 - atualizado em 10/12/2021 | 15:51

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, visitaram nesta sexta-feira, dia 10, a nova sede do Centro de Saúde Aarão Reis, na Regional Norte. Ele percorreu a unidade e elogiou a estrutura, além de conhecer os detalhes do modelo de Parceria Público-Privada (PPP). 

“Esse é um modelo que tem sido estudado pelo Ministério da Saúde para aprimorar a assistência na Atenção Primária. É uma iniciativa que interessa e pode ser ampliada, mas a gestão do SUS é municipalizada e que depende do prefeito e do secretário de Saúde a escolha do modelo. Mas o objetivo principal é ampliar o acesso com qualidade e eficiência na prestação de serviço, pois é na Atenção Primária que vamos fazer a verdadeira revolução do Sistema Único de Saúde. Belo Horizonte já sai na frente trazendo essa proposta que pode ser aplicada em outros municípios”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. 

As obras de construção e reconstrução de 40 Centros de Saúde no município fazem parte do Projeto de Qualificação da Infraestrutura da Atenção Primária à Saúde de Belo Horizonte, que contempla ainda a construção de uma Central de Material Esterilizado e um laboratório central. Até o momento, 27 novas sedes já foram entregues nas nove regionais da cidade. 

“Esse modelo dá agilidade às obras, que são concluídas em nove meses. Outro ponto é que a manutenção desses equipamentos fica por conta do parceiro”, explicou Jackson Machado Pinto. Todos os centros de saúde contemplados na PPP terão espaço físico padronizado e áreas com 100% de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.