Pular para o conteúdo principal

Gráfico que mostra que o índice de contaminação pelo Corononavírus em BH é o menor se comparado ao Estado e ao País
Foto: Arte PBH

Medidas de combate ao Coronavírus garantem a BH menor índice de contaminação

16/06/2020 | 18:24 | atualizado em 22/06/2020 | 18:01

Graças às medidas de enfrentamento ao Coronavírus adotadas pela Prefeitura de Belo Horizonte, o ritmo de crescimento da Covid-19 na capital segue abaixo da média registrada na Região Metropolitana, em Minas Gerais e no Brasil.

 

Dados registrados entre 1º de maio e o último dia 13 apontam que a taxa de crescimento de casos confirmados é de 4% por dia, enquanto o índice no Brasil é de 5,7%. O número é também inferior à taxa em Minas Gerais (6,2%) e na Região Metropolitana (6,1%) – excluídos os números de Belo Horizonte.

 

As primeiras medidas de combate à pandemia da Covid-19 em Belo Horizonte foram tomadas em 17 de março, com um decreto de situação de emergência em saúde pública na capital. Três dias depois, o comércio foi fechado, sendo permitido o funcionamento apenas de serviços considerados essenciais, tais como supermercados, farmácias e clínicas.

 

Um comitê de enfrentamento à pandemia foi criado pela Prefeitura, com a condução do secretário de Saúde, Jackson Machado, e três renomados infectologistas: Dr. Estevão Urbano Silva (presidente da Sociedade Mineira de Infectologia); Dr. Carlos Starling (infectologista membro da Sociedade Mineira e Brasileira de Infectologia); e Unaí Tupinambás (professor da Faculdade de Medicina da UFMG e Doutor em doenças infecciosas e parasitárias).

 

A Prefeitura adotou várias medidas para minimizar os efeitos da Covid-19 em Belo Horizonte, como a distribuição de cestas básicas; limpeza de pontos de contaminação; instalação de pias para higienização das mãos em pontos da cidade e distribuição de máscaras. A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que ao longo desta semana devem ser abertos 30 novos leitos de UTI para tratamento da Covid-19. 

 

Está em andamento o inquérito sorológico, que irá verificar a imunidade da população ao novo Coronavírus. Os testes serão realizados nas categorias profissionais que permaneceram em atividade mesmo com a implantação do isolamento social, como trabalhadores de saúde das redes pública e privada, atendentes e caixas de supermercados, padarias, farmácias e drogarias da capital e trabalhadores do transporte coletivo. Os profissionais de saúde já passaram por duas rodadas de testes e, nesta semana, os atendentes de supermercado da capital já começaram a ser testados.

 

É importante ressaltar que a população deve sair de casa somente quando necessário, tentando sempre manter o distanciamento de um metro e meio. O isolamento social deve ser mantido para controle da transmissão do vírus. O uso de máscara é obrigatório na capital, e a higienização das mãos com álcool em gel ou sabão deve ser constante.


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48