Pular para o conteúdo principal

Fachada do Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro
Foto: Amira Hissa

Hospital Dr. Célio de Castro abre processo seletivo para medicina e enfermagem

28/02/2020 | 17:16 | atualizado em 02/03/2020 | 18:41


O Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro abre processo seletivo para contratação de profissionais de medicina e enfermagem. O Edital 01/2020 oferece 13 vagas com salários de R$ 3.485,11, para enfermeiro, a R$ 8.982,14 para médico anestesista, cirurgião-geral e neurocirurgião. A carga horária depende da função e varia de 60 a 200 horas mensais.

As inscrições devem ser realizadas nos dias 6, 9 e 10 de março, das 9h às 16h, mediante a entrega da documentação exigida no edital. O candidato pode se inscrever pessoalmente ou enviar a documentação por terceiros à Rua José de Oliveira Fernandes, 340, Milionários (Barreiro).

A seleção é composta de duas fases. Na primeira etapa, serão avaliadas habilitação técnica, experiência profissional e titulação acadêmica. Na segunda, será realizada uma entrevista com os candidatos mais bem pontuados em cada função.

As vagas disponíveis são para enfermeiro (2), anestesista (4), médico cardiologista Ecodopler-Ecocardiografia (2), medicina intensiva (4) e médico radiologista (1). Para o Quadro de Reserva Técnica são oferecidas oportunidades para cirurgia geral e neurocirurgia.

 
Serviço:

Inscrições: 6, 9 e 10 de março (a documentação exigida em edital pode ser entregue pelo candidato ou terceiros)
Horário: 9h às 16h
Local: Rua José de Oliveira Fernandes, 340, Bairro Milionários
O edital está disponível neste site.

 


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48