Pular para o conteúdo principal

Guardas Municipais acompanhando viagem em ônibus de BH
Foto: Divulgação PBH

Guardas municipais acompanharam 13 mil viagens em ônibus de BH ao longo de 2019

13/02/2020 | 11:00 | atualizado em 14/02/2020 | 16:20

 

Implantada com o objetivo de coibir assaltos a passageiros nos ônibus, a Operação Viagem Segura, da Guarda Municipal, é hoje uma das ações mais bem-sucedidas da Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção. Ao longo de 2019, guardas municipais fizeram 13.315 embarques em trechos de viagens, sendo 12.479 em ônibus municipais e 836 em coletivos metropolitanos.

 

Durante essas ações, 2.684 pessoas em atitudes suspeitas foram abordadas pelos agentes para revistas pessoais e tiveram seus prontuários verificados, sendo 65 delas detidas e encaminhadas a unidades de plantão da Polícia Civil.

 

Com a média de aproximadamente 40 viagens acompanhadas por dia, a Viagem Segura demandou um amplo estudo, que contou com o mapeamento e georreferenciamento de corredores de ônibus e a análise de horários e principais tipos de crimes cometidos no transporte coletivo.

 

A partir das informações levantadas, equipes da Guarda Municipal passaram a acompanhar viagens de ônibus em trechos das avenidas Nossa Senhora do Carmo e Antônio Carlos. A operação tem grande aprovação da população e conta com o embarque preventivo de guardas municipais nos ônibus que trafegam por aqueles dois corredores de trânsito.

 

Cumprindo o papel de agir no patrulhamento comunitário da capital, os agentes passaram a ser vistos, sempre em duplas, embarcando nos ônibus, no período da noite, para fazer a prevenção contra os roubos e orientar os usuários a denunciarem a presença de pessoas em atitude suspeita. Viaturas da corporação complementam o serviço dos agentes, fazendo a escolta dos coletivos em parte dos trajetos.

 

 

Estação segura

A Operação Viagem Segura ganhou novo fôlego a partir de março de 2018, com o Projeto Estação Segura, quando os guardas municipais passaram a atuar também nas estações de ônibus, como forma de garantir a organização do espaço, evitando roubos e furtos contra e inibindo a evasão de usuários sem pagar passagem.

 

As pioneiras foram as estações São Gabriel e Pampulha. Posteriormente, a nova modalidade de patrulhamento foi implantada nas estações Venda Nova, Vilarinho, Diamante e Barreiro – todas elas contando com um efetivo fixo para aumentar a segurança dos locais.

 

Desde agosto de 2019 a Guarda Municipal passou a atuar também nos pontos de ônibus da região do hipercentro que têm maior concentração de embarque e desembarque de passageiros. 

 

De acordo com o secretário Municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino, o conjunto de medidas voltadas para a garantia da segurança dos usuários do transporte coletivo demonstra o constante empenho da Prefeitura de Belo Horizonte em garantir à população um patrulhamento comunitário preventivo de qualidade, por meio da Guarda Municipal. “Com a presença dos agentes também para os pontos de ônibus, estamos investindo em um modelo de segurança que se preocupa principalmente com o cidadão, e não apenas com o fenômeno da criminalidade em si”, destaca.

 

 

 

13/02/2020. Operação Viagem Segura completa três anos. Fotos: Adão de Souza/PBH


Últimas Notícias

Informações da Prefeitura sobre o Covid-19 Prefeitura libera captação de recursos para a execução de projetos culturais

O processo que havia sido suspenso em março, em razão da publicação da Portaria Conjunta SMC/FMC 003/2020, já pode voltar a ser realizado.

09/07/2020 | 16:33
Informações da Prefeitura sobre o Covid-19 Cidadão pode recorrer contra notificações da Fiscalização pelo BH Digital

O procedimento virtual será adotado enquanto durarem as medidas temporárias de prevenção ao contágio e de enfrentamento ao Covid-19

09/07/2020 | 16:33