Pular para o conteúdo principal

Guarda Municipal faz 15 anos e anuncia concurso e novos grupamentos

11/10/2018 | 11:15 | atualizado em 01/11/2018 | 12:57

Uma solenidade realizada na Praça da Estação, na noite desta terça-feira, dia 10, marcou o aniversário de 15 anos da Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH), com a presença do vice-prefeito Paulo Lamac, do secretário de Segurança e Prevenção Genilson Zeferino, do comandante Rodrigo Prates, além de diversas autoridades convidadas. A realização  de um novo concurso público para contratação de 500 agentes, a criação da Patrulha Ambiental e o lançamento da Patrulha SUS  foram novidades anunciadas durante o evento. 
 

O vice-prefeito Paulo Lamac fez os anúncios e destacou a importância da instituição para o dia-a-dia da cidade. “A Guarda Municipal tem sua importância reconhecida pela população de Belo Horizonte e está passando por uma fase muito revolucionária. Na gestão do prefeito Alexandre Kalil, a Guarda Municipal veio para as ruas, ajudando no sentimento de segurança de nossa população. Nesta solenidade de aniversário, estamos anunciando ações ambientais e uma nova patrulha, além de termos um concurso em andamento para a contratação de 500 novos guardas municipais para a nossa cidade”, afirmou.

 

Parcerias

Vinculada à Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção (SMSP), a GMBH conta atualmente com um efetivo de 2.057 agentes, tendo 88% já passado pelo treinamento para manuseio de armas de fogo. Com uma média de 80 novos formandos a cada mês, a expectativa é de que todos os guardas possuam a habilitação para o uso de armas até o primeiro semestre de 2019.
 

A Patrulha Ambiental e a Patrulha SUS foram destacadas pelo comandante Rodrigo Prates como fruto de importantes parcerias firmadas com as pastas do Meio Ambiente e da Saúde, respectivamente. "O trabalho conjunto permite atuações mais específicas, como a de coibir crimes ambientais nos parques", ressaltou.
 

O aparelhamento para a realização dos novos serviços a serem executados pela Patrulha Ambiental inclui drones, quadriciclos e bicicletas. Já para a Patrulha SUS, que reforçará a segurança nas unidades de Saúde, foram adquiridas 40 motocicletas.

 

Cidadania

O secretário Genilson Zeferino enumerou as diversas ações e operações desenvolvidas pela Guarda Municipal a partir de 2017, que aproximaram a instituição da população, assumindo um papel de polícia cidadã.
 

Operações como a Viagem Segura (para evitar os furtos e roubos a passageiros) e Sentinela (com agentes circulando nas praças para evitar furtos a transeuntes) que tornaram-se parte da rotina da cidade, segundo ele, se somaram a programas sociais, como o Adote um Músico, que ensina alunos carentes da rede municipal a tocar instrumentos e a cantar.
 

Outro projeto social já consolidado é o Escotismo da Guarda Municipal, que atualmente reúne 432 crianças e adolescentes, divididos em sete bases distintas, todos os sábados, para a realização de atividades que tenham como princípio básico a lealdade, a obediência e o respeito mútuo e em relação à natureza.
 

Neste campo, a novidade anunciada pelo secretário, ontem, foi a criação do Núcleo  de Promoção dos Direitos e Prevenção  às  Violências, que terá  como objetivo assessorar os trabalhos dos guardas municipais nas ações de prevenção à violências domésticas, de gênero, religiosas e de inclusão de pessoas com deficiência.

Últimas Notícias

Mulher segura cao no colo e sorri. Feira de cães e gatos disponibiliza cerca de 60 animais para adoção

Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza uma Feira de Adoção de Cães e Gatos, no sábado, dia 8/12

06/12/2018 | 18:04