Pular para o conteúdo principal

Arte feita pela Prefeitura
Foto: Arte/PBH

Editais do Fundo Municipal de Cultura: inscrições terminam este mês

criado em 26/05/2021 - atualizado em 26/05/2021 | 17:29

O prazo de inscrições para os dois editais do Fundo Municipal de Cultura, publicados pela Secretaria Municipal de Cultura e Fundação Municipal de Cultura termina nos próximos dias. Para o edital Multilinguagens, que seleciona projetos culturais dos setores das artes visuais e design, circo, dança, literatura e leitura, música, patrimônio e teatro, além de propostas multissetoriais, a data final é 28 de maio, próxima sexta-feira. Já para o edital BH nas Telas, exclusivo para projetos do setor audiovisual, as inscrições podem ser feitas até 31 de maio, segunda-feira. 

 

Os dois editais, juntos, destinarão quase R$ 10 milhões a empreendedores culturais do município – um aumento de 7% em relação aos editais publicados em 2020. Os editais completos, bem como os formulários para preenchimento e os links para as páginas de inscrições estão disponíveis no Portal da Prefeitura. 

 

Nos editais do Fundo Municipal de Cultura, os projetos são incentivados por meio de repasse direto de recursos pela Prefeitura aos empreendedores responsáveis pelas iniciativas aprovadas. Os editais têm o objetivo de selecionar projetos que valorizem a expressão artística e cultural e que teriam poucas possibilidades de serem realizados com recursos próprios. Assim como ocorreu nas edições mais recentes, uma das mais importantes premissas em 2021 é a desconcentração de recursos, ou seja, a seleção de projetos de todas as regiões da cidade. Buscando favorecer o desenvolvimento das regionais do município, bem como de seus artistas, agentes, coletivos, grupos e instituições culturais, de maneira equilibrada e igualitária, cada regional de Belo Horizonte tem assegurado pelo menos 3% dos recursos do Fundo. 

 

Edital Multilinguagens 

 

O Edital Multilinguagens concentra a maior parte dos recursos a serem investidos no setor em Belo Horizonte. Cerca de R$ 8,2 milhões serão aplicados em projetos relacionados aos setores das artes visuais e design, circo, dança, literatura e leitura, música, patrimônio e teatro, e propostas multissetoriais. Nesta edição, uma novidade é que poderão ser inscritos projetos prevendo ações exclusivamente virtuais (sem a obrigatoriedade que incluam, também, atividades presenciais), devido à necessidade de isolamento social provocada pela pandemia da Covid-19.  

 

BH nas Telas 

 

O Edital BH nas Telas 2021 dá continuidade à ampla política de fomento e investimento no setor audiovisual realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte. Em sua 3ª edição, o edital seleciona projetos de produções cinematográficas que colaborem para a difusão de conteúdos das mais diversas regiões da cidade, favorecendo o desenvolvimento cultural de maneira igualitária e descentralizada. Neste ano, serão destinados R$1,68 milhão aos projetos selecionados. 

 

A principal novidade desta edição é que o edital traz duas novas categorias para inscrições: “Difusão”, que, além de projetos relacionados a festivais (que já existia na edição 2020), abrange também a manutenção de espaços culturais essencialmente ligados ao setor audiovisual, além de propostas de distribuição independente de obras audiovisuais; e também a categoria “Roteiro”, que compreende projetos que culminem na elaboração de roteiros audiovisuais de longas-metragens ou obras seriadas de qualquer gênero. Poderão ser inscritos, ainda, projetos nas categorias “Produção” (documentário, ficção e animação), “Jogos Eletrônicos”, “Audiovisual Comunitário” e “Pesquisa em formato livre”, já existentes nas edições anteriores.