Pular para o conteúdo principal

Cartaz da 9ª edição da Coluna Literária
Foto: Arte/Divulgação

Edição de janeiro da Coluna Literária aborda a literatura para as infâncias

criado em 26/01/2022 - atualizado em 26/01/2022 | 12:25

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, lança nesta quarta-feira, 26 de janeiro, a 9ª edição da Coluna Literária. Neste mês, a publicação virtual aborda a temática literatura para infâncias, levantando o debate sobre o que os livros nos ensinam. A Coluna traz dicas literárias que visam a incentivar a leitura e pode ser conferida na íntegra no blog do Portal Belo Horizonte.

 

Esta edição da Coluna Literária traz comentários sobre obras que abordam temáticas sociais relevantes, como a questão dos refugiados e de relacionamentos familiares, que revelam a evolução da produção escrita para crianças. Os livros resenhados serão "Para onde vamos", de Jairo Buitrago e Rafael Yockteng (Editora Pulo do Gato), e "O homem que amava caixas", de Stephen  Michael King (Editora Brinque-Book).

 

Além das resenhas, a coluna traça o perfil literário de Isabel Minhós Martins, escritora portuguesa com vários livros de literatura infantil publicados no Brasil. A autora é formada em Design de Comunicação (1997) e fundou, juntamente com três amigos, a editora Planeta Tangerina. A produção da escritora mostra a evolução da literatura infantil ao longo do tempo. Suas obras abordam temáticas importantes, destacando-se pela criatividade nos projetos gráficos e ilustrações dos livros.

 

Diretora de Promoção dos Direitos Culturais da Fundação Municipal de Cultura, Bárbara Bof destaca que a escolha do tema desta edição da Coluna Literária dialoga com o trabalho desenvolvido pelas bibliotecas públicas municipais no atendimento ao público infantil e suas famílias. "O olhar sensível e a atenção prestada às infâncias são diretrizes do atendimento realizado pelas bibliotecas da rede municipal. As bibliotecas possuem um diversificado acervo de literatura infantil e a presença das crianças nesses espaços, seja acessando os livros, seja participando das atividades de promoção da leitura, são prioridades no desenvolvimento da política pública de formação de leitores", explica.

 

Sobre a Coluna Literária

 

A Coluna Literária é uma atividade do projeto Promoção da Leitura, da Gerência de Bibliotecas Promoção da Leitura e Escrita (GBPLE), que integra a Diretoria de Promoção dos Direitos Culturais da Fundação Municipal de Cultura. A iniciativa foi criada com o intuito de aproximar leitores e leitoras da ação de promoção e incentivo à leitura e escrita realizada pela rede de bibliotecas públicas municipais.

 

Rede de Bibliotecas

 

A Rede de Bibliotecas da Fundação Municipal de Cultura é composta por 22 bibliotecas que atuam de forma integrada, com unidades em todas as regionais da cidade. São 17 bibliotecas instaladas nos Centros Culturais, além das unidades do Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado, do Museu da Moda, do MIS Cine Santa Tereza,  a Biblioteca da Escola Livre de Artes e a Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte. Juntas, elas receberam em 2019 e 2020 mais de 18 mil títulos em seu acervo e garantem o acesso gratuito a 46.350 títulos e 115.780 exemplares, entre livros, gibis, folhetos, artigos, dissertações, monografias, teses, periódicos, CD-ROMs, DVDs, catálogos e outros itens.

 

A rede de bibliotecas da FMC encontra-se aberta ao público, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19 elaborados pela Secretaria Municipal de Cultura e Fundação Municipal de Cultura em diálogo com representantes de diversos espaços. As unidades dos Centros Culturais funcionam de terça a sexta, das 9h às 18h; aos sábados, das 9h às 17h. As bibliotecas funcionam até às 18h. A biblioteca do Museu da Moda de Belo Horizonte funciona de quarta a sábado, das 11h às 18h e a biblioteca do MIS Cine Santa Tereza funciona de quarta a sexta, das 10h às 19h. Não é necessário agendamento prévio para as visitas.