Pular para o conteúdo principal

Ponto de assistência social
Débora Oliveira/PBH

Diretoria Regional de Assistência Social Noroeste tem espaços revitalizados

criado em 25/08/2022 - atualizado em 25/08/2022 | 17:42

A Prefeitura de Belo Horizonte entregou, neste mês, a reforma da Diretoria Regional de Assistência Social da regional Noroeste, localizada na rua Peçanha, 144, no bairro Carlos Prates. As melhorias no espaço oferecem melhores condições de atendimento e acompanhamento familiar. Possibilitou ainda a ampliação dos serviços e o acesso das famílias e indivíduos atendidos na unidade do SUAS/BH. Ao todo, foram investidos R$ 320 mil.

 

A obra começou em junho de 2021 e terminou em julho deste ano. Com o início dos trabalhos, os atendimentos funcionaram com o apoio do CRAS da regional Noroeste, do Centro POP Lagoinha, do CIAME Pindorama e do Centro Cultural Padre Eustáquio, que cederam espaços para que não houvesse interrupção dos serviços.

 

Com área reformada, de aproximadamente 672 m² no térreo e 353 m² no primeiro pavimento, a recuperação estrutural contemplou a instalação de drywall nas salas de atendimento e no térreo - garantindo sigilo no atendimento dos usuários -, pintura geral, rede elétrica, iluminação, além da adequação dos banheiros e da recepção. As intervenções foram realizadas fruto de convênio firmado entre a Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania (SMASAC) e a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap).

 

A secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares, destaca que atender à população com dignidade e conforto é uma estratégia fundamental para o município. “Desde 2017, a gestão vem investindo e somando esforços com os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social de Belo Horizonte para atender aos usuários de forma humana e com eficiência. Este movimento é muito importante, não só nas Diretorias Regionais de Assistência Social, mas também nas Unidades de Acolhimento Institucional, nos Centros Pops, nos CRAS e nos CREAS. Sabemos que temos muitos desafios, mas a entrega desta reforma é uma grande conquista para toda a população da regional noroeste e da cidade”, ressalta.

 

Com a revitalização, houve uma centralização do atendimento direto ao público no andar térreo, proporcionando melhor acolhida aos usuários. Além da reforma estrutural, foi instalado na recepção o Sistema SIga que garante um formato modernizado e ágil no atendimento. As senhas são entregues na recepção, reduzindo o tempo de espera para atendimento, principalmente do Cadastro Único.

 

Atendimento e Acompanhamento Socioassistencial

 

Na sede da Diretoria Regional de Assistência Social estão localizadas duas unidades públicas: o Centro de Referência Especializado de Assistência Social/ CREAS e a Coordenação de Proteção Social e Cidadania.

 

No CREAS são efetivados o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduo/PAEFI, o Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias/SPEPDI,o Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medidas Socioeducativas de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviços à Comunidade e, o Serviço Especializado em Abordagem Social – SEAS. Atualmente, estão atendidos no CREAS Noroeste 419 casos em acompanhamento, além das ações de abordagem social realizadas na região diariamente.

 

A Coordenação de Proteção Social e Cidadania organiza e efetiva o Serviço de Proteção Social Básica Regional, o Serviço de Proteção Social à Pessoa com Deficiência/SPSPD e o Cadastro Único. Cerca de 58 mil famílias são atendidas na unidade, sendo que até julho deste ano foram realizados 8.425 atendimentos somente pela equipe do Cadastro único.

 

Para a diretora regional de Assistência Social, Alessandra de Sousa Figueiredo Costa, o processo de revitalização na DRAS Noroeste é muito significativo na qualificação dos serviços socioassistenciais, além de garantir um ambiente adequado para os trabalhadores e trabalhadoras do SUAS- BH. “A unidade é uma referência no território para acesso a direitos sociais. Tendo em vista a necessária ampliação da proteção social, ter estes espaços reformados traz um ganho importante para a população referenciada na unidade e para os trabalhadores que atuam todos os dias na efetivação dos serviços,” explica.

 

Maria Aparecida Lima, usuária, Conselheira Municipal e Regional de Assistência Social acompanhou todo o processo de reforma e celebrou a entrega das melhorias na unidade. “Estou encantada com os novos espaços. Esta reforma traz mais autoestima para os usuários e incentivo para os trabalhadores. Quando o trabalhador tem a ferramenta adequada para trabalhar, sabemos que os usuários estarão assistidos da melhor forma,” destaca.