Pular para o conteúdo principal

Treze crianças em piscina praticando natação; ao fundo, aglomerado da Serra.
Foto: Marcelo Machado/PBH

Crianças e adolescentes: do Aglomerado da Serra para aulas de natação

24/08/2018 | 14:12 | atualizado em 24/08/2018 | 14:20
Com nome de craque francês de futebol e dread estiloso no cabelo, o garoto Thierry Henry, de dez anos, frequenta há 18 meses as aulas de natação na piscina do Instituto BH Futuro/Criança Esperança, no Aglomerado da Serra, uma área de vulnerabilidade social na região Centro-Sul de Belo Horizonte. “Nadar é uma ginástica muito boa e é divertido. Parece até que estou em um clube”, diz o menino, com um sorriso no rosto.
 
Henry é um dos 300 alunos, com idade entre 7 e 18 anos, distribuídos em 20 turmas das aulas realizadas no local pela Federação Aquática Mineira (FAM), como parte do programa Esporte Para Todos – que é desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel).
 
A maioria dos alunos mora do Aglomerado da Serra. O responsável pelas aulas é o educador físico Wellington Pereira, que é carinhosamente chamado de “Ton” tanto pelos jovens quanto pelos pais que ficam de olhos grudados nas atividades. “Os pais dizem que eu sou como um espelho para os filhos deles”, afirma ele, que mantém um grupo no whatsapp com cerca de 70 mães e pais, o que estabelece uma relação de cumplicidade entre as partes. “Havia o medo de ver os filhos envolvidos com más companhias ou até drogas. Não há mais”, conta.
 
Orgulhoso do trabalho realizado junto à comunidade, Wellington explica que as aulas de natação mudam o comportamento de crianças e adolescentes. “No início, alguns alunos eram agressivos, explosivos, falavam palavrões. Agora, há respeito. Estão mais tranquilos e comunicativos”.
 
Há cinco meses, a dona de casa Maria do Carmo, 34, tem a rotina de levar e assistir às aulas da filha Tascyla, 8, nas manhãs de terças e quintas. “Minha filha tinha o triglicérides alto. Os exames dela já melhoraram bem. Ela adora essas aulas aqui. Até guardou os dias. Quando dá terça e quinta-feira, ela acorda animada e arruma as coisas correndo para vir”, relata.
 

Adesão

Além da natação, a FMA mantém duas turmas de 37 idosos cada, com aulas de hidroginástica no Aglomerado da Serra, também como parte da parceria com a PBH no Esporte Para Todos.
 
Programa de incentivo à prática de esportes voltado para um público diversificado que engloba crianças, adolescentes, adultos, idosos e pessoas com deficiência, o Esporte Para Todos contabiliza atualmente cerca de cinco mil atendimentos semanais.
 
Atualmente, 19 entidades esportivas e recreativas são parceiras da PBH nesse trabalho. A adesão ao programa é voluntária e beneficia as instituições parceiras com a isenção de tributos municipais e bônus concedidos ao crédito inscrito na dívida ativa com o município de Belo Horizonte.
 
A cada três meses, as entidades esportivas e recreativas parceiras apresentam um relatório trimestral para a PBH, prestando informações sobre fichas cadastrais, frequência e número de alunos, entre outras. O objetivo da Prefeitura é monitorar o andamento dos trabalhos e a qualidade do programa.
 
A entidade que estiver interessada na adesão ao programa deve entrar em contato com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, por meio do telefone 3246-6112.
 
As adesões voluntárias das entidades esportivas são efetivadas pela Smel e coordenadas pelo Comitê de Acompanhamento do Programa Esporte para Todos, que é integrado por representantes da Procuradoria Geral do Município e das secretarias municipais de Esportes e Lazer, Saúde, Educação, Fazenda e Assistência Social e Segurança Alimentar e Cidadania.

23/08/2018. Esporte para Todos - Natação no Aglomerado da Serra. Fotos: Marcelo Machado/PBH