Pular para o conteúdo principal

Garis limpam beira de córrego durante o dia.
Foto: Osvaldo Machado/PBH

Córregos e nascentes na região da Pampulha recebem serviços de limpeza

31/01/2019 | 16:49 | atualizado em 31/01/2019 | 17:02
Ao longo do primeiro trimestre de 2019, os 16 córregos e nascentes localizados na região da Pampulha receberão os serviços de limpeza em seus leitos. A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Superintendência de Limpeza Urbana, executa os serviços de capina e roçada das margens, taludes e leitos dos córregos e das nascentes públicas, além de remover os resíduos sólidos em toda a extensão dos cursos d’água. 
 

Em 2018, todos os córregos da região foram limpos pelo menos três vezes, sendo retirados 2.340 m³ de mato, lixo e entulhos. Além da vegetação, os principais resíduos removidos foram pneus, latas, garrafas de pet, pedaços de madeira, sofás, eletrodomésticos e variados tipos de embalagens plásticas.

 

A expectativa é manter esta média de limpeza em 2019, sendo que alguns córregos poderão ser atendidos até quatro vezes ao longo do ano, conforme a necessidade. Os córregos da Serra, Cidadania e São Francisco já receberam o serviço de limpeza. Estão sendo limpos os córregos Sarandi, Ressaca e Flor D’água.

 

Gerente de Limpeza Urbana, Osvaldo do Carmo Machado explica que é necessário que a população se conscientize da importância de dar a destinação correta para o lixo. “Os descartes irregulares de resíduos nas ruas são levados para as bocas de lobo, indo, consequentemente, para os córregos. Além disso, muitas pessoas jogam lixo, entulho e bagulhos diretamente nas margens e leitos dos córregos”, adverte. 

 

De acordo com Osvaldo, a falta de conscientização traz sérias consequências como o assoreamento dos leitos, a obstrução da água e entupimento de galerias, que, no período das chuvas, aumenta em grande proporção o risco de alagamento. O gerente ressalta ainda que o descarte de lixo irregular traz impactos para toda a comunidade e também para o meio ambiente. “Outra consequência diz respeito à saúde da população, pois descartando os resíduos indevidamente, os mesmos servem para a proliferação de insetos, roedores, escorpiões, vetores que causam doenças para o ser humano”, alerta.

 

O gerente salientou, ainda, que a atitude de descartar resíduos em córregos não é justificável. “Em todas as regiões e ruas da cidade existe a prestação dos serviços regulares da coleta de lixo, três vezes por semana. Falta mesmo é ter consciência, educação e respeito ao bem-estar coletivo”, destacou.

 

Confira a previsão de execução da limpeza dos córregos e nascentes da Pampulha para o primeiro trimestre de 2019:

 

Nome do córrego

Localização

Extensão (m)

Situação

Da Serra

Av. Antônio Augusto da Silva  

1.100

Concluído

Cidadania

Rua Luiz Lopes

500

Concluído

São Francisco

Av. Aime Simple Mcpherson

500

Concluído

Sarandi

Av. Prof. Clóvis Salgado

2.440

Em andamento

Ressaca

Av. Atlântica

3.675

Em andamento

Flor d'água

Av. Pres. Tancredo Neves

3.217

Em andamento

São José

Rua Flagelação

120

 

 

Data prevista para início: fevereiro

São José

Av. João Paulo II

600

Gameleira

Av. Virgílio de Melo Franco

1.650

Marimbondo

Av. Sanitária II

480

Bento Pires (dos Veados)

Avenida Andorra

1.100

Ghandi

Av. Ghandi

550

Mergulhão

Av. Prof. Alfredo Camaratte

660

Olhos d'Água

Av. Francisco Negrão de Lima

2.500

Ribeirão Pampulha

Av. Cristiano Machado

420

Data prevista para início:  março

Água Funda

Av. João Batista Drumond

1.200

 
 

31/01/2019. Córregos e nascentes na região da Pampulha recebem serviços de limpeza. Fotos: Osvaldo Machado/PBH


Últimas Notícias

Mapa descrevendo o desvio na Av. Afonso Pena BHTrans faz operação de trânsito para Carnaval 2020 na avenida Afonso Pena

Para a segurança de todos, a BHTrans orienta os motoristas que redobrem a atenção e respeitem a sinalização implantada.

21/02/2020 | 14:02
Mãe segurando a filha no Hospital Odilon Behrens Hospital Odilon Behrens oferece uma rede ampla de atenção à gestante

As mulheres são atendidas por demanda espontânea ou por meio de encaminhamento feito por outros serviços de saúde.

21/02/2020 | 12:41