Pular para o conteúdo principal

Centro de Saúde Vila Maria/João Vital
Foto: Divulgação/PBH

Centro de Saúde Vila Maria/João Vital ganha nova sede e anexo para atendimento

criado em 24/05/2021 - atualizado em 28/05/2021 | 10:58

O Centro de Saúde Vila Maria/João Vital, na região Nordeste, começou a funcionar em sua nova sede nesta segunda-feira, dia 24, oferecendo mais conforto aos usuários e trabalhadores. Localizada na rua Dois Mil Quatrocentos e Sessenta e Seis, 30, bairro Jardim Vitória, a unidade possui dois andares com estrutura que garante um ambiente acolhedor, humanizado e totalmente acessível às pessoas com necessidades especiais. 

 

São 17 consultórios médicos e um odontológico; salas de espera, triagem, procedimentos, curativo, coleta, vacina, higienização e multiuso; farmácia; zoonoses; setores administrativos, dentre outros. Toda a construção foi executada com tecnologias sustentáveis, acessos independentes, integração dos ambientes e revestimentos de fácil higienização, o que vai garantir maior conforto aos usuários e trabalhadores. 

 

Para melhorar o atendimento da população e facilitar o acesso de todos, após a conclusão da obra, o prédio antigo, localizado na avenida dos Sociais, 305, Jardim Vitória, continuará em funcionamento como anexo da unidade de saúde. A proposta é redistribuir as famílias para que sejam atendidas em uma sede mais próxima de suas casas, garantindo a assistência integral para cerca de 14 mil moradores referenciados no território, que abrange os bairros Jardim Vitória e Getsêmani e a Vila Maria. 

 

A nova sede conta com duas equipes de Saúde da Família e uma equipe de Saúde Bucal; equipe de apoio com ginecologista, clínico, psicólogo, assistente social, enfermeiro e pessoal administrativo; além dos agentes de Combate a Endemias e Agentes Comunitários de Saúde. Há ainda uma equipe multiprofissional do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), composta por farmacêutico, nutricionista, fonoaudiólogo, psicólogo, fisioterapeuta e educador físico. 

 

A unidade faz parte do pacote de obras da Prefeitura que prevê a reconstrução de 40 centros de saúde, uma Central de Material Esterilizado e um laboratório central, por meio de Parceria Público Privada (PPP). Todos os centros de saúde contemplados terão espaço físico padronizado e áreas com 100% de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.