Pular para o conteúdo principal

10 homens e mulheres, membros do grupo antitabgismo, reunidos em sala do Centro de Saúde Padre Tiago, durante o dia. Foto: Gercom Pampulha
Foto: Gercom Pampulha

Centro de Saúde Padre Tiago cria grupo Antitabagismo

07/04/2017 | 17:47 | atualizado em 30/05/2017 | 15:30

Pouco tempo após a implantação do Centro de Saúde Padre Tiago, os profissionais da unidade começaram a pensar formas de oferecer aos seus usuários a oportunidade para o tratamento do tabagismo. Ao longo de alguns meses, as equipes do Plano de Saúde da Família (PSF) fizeram um importante trabalho de pesquisa na comunidade do entorno, identificando vários pacientes que demonstraram interesse em parar de fumar.

 

Em Janeiro deste ano, os interessados foram convidados a comparecer a uma sessão de esclarecimento no Centro de Saúde, quando foram apresentados os benefícios de se parar de fumar e a proposta de se criar o grupo antitabagismo. Ao todo, serão dez encontros, sendo quatro semanais, dois quinzenais e quatro mensais. A coordenação do grupo é feita pela psicóloga Nágima Hamizs de Faria, a farmacêutica Andreia Guerra Lopes e o educador físico Humberto Assis.

 

No primeiro encontro do grupo, compareceram vinte e duas pessoas interessadas em iniciar o tratamento. Já no quarto encontro, das 16 pessoas presentes, oito tinham parado de fumar, o que correspondeu a 50% dos pacientes frequentes. “Este processo é uma conquista individual”, ressaltou a farmacêutica Andreia Guerra. “Tem a ajuda do grupo, dos profissionais de saúde envolvidos e do uso dos medicamentos, mas é sobretudo uma busca pela força de cada um para vencer o hábito tabágico.”

 

Para a psicóloga Nágima Hamizs, os resultados obtidos até agora são muito significativos: “Os pacientes já perceberam o desafio que estão enfrentando, mas também que é possível encarar e vencer esta missão. Estamos confiantes”, disse.