Pular para o conteúdo principal

Mais de vinte profissionais do Centro de Saúde Padre Joaquim Maia, na Pampulha, reunidos na sala de espera do local, que comemora seu 10º aniversário; balões e adereços enfeitam o local.
Foto: Andrea Moreira/PBH

Centro de Saúde da Pampulha celebra 10 anos de funcionamento

15/12/2017 | 15:49 | atualizado em 15/12/2017 | 15:57

 

Na semana de 20 a 24 de novembro, pacientes e funcionários do Centro de Saúde Padre Joaquim Maia, na região da Pampulha, encontraram uma recepção diferente. Em comemoração aos 10 anos de funcionamento da unidade, foram programadas várias atividades abertas à participação de usuários e funcionários.

 

Vinte e seis pessoas participaram da oficina de Nutrição com a nutricionista do Núcleo de Apoio à Família Vera Maria Guimarães Martino de Faria, com vídeo e orientações sobre alimentação saudável. Sob a coordenação do CRAS Santa Rosa, a oficina de Convivência ofereceu confecção de artesanatos natalinos e comemoração do Dia da Consciência Negra. Com a participação de 21 pessoas, a fisioterapeuta Carolina Carla Machala e a fonoaudióloga Marina França Ribeiro fizeram dinâmicas e apresentaram vídeo na oficina de História do SUS.

 

Outras atividades, como a Dança Circular, que tem como base as brincadeiras de roda, trabalhando a musicalidade, o ritmo e a atenção, e o Bingo Odontológico, fizeram sucesso. A educadora física da Academia da Cidade Universitário, Nathália de Sá Turci, comandou o aulão de atividade física. Foi realizado também o Dia da Beleza, com a consultora da Hinode Maria Helena que fez demonstração de produtos. As crianças que estiveram na unidade participaram da oficina de atividades diversas com massinha e pintura facial, além de saborearem uma deliciosa salada de frutas e picolés.

 

Mãe do garoto Gabriel, de 1 ano e 6 meses, Sirlene Barcelos usa os serviços da unidade de saúde há cerca de dois anos. Ela conta que veio trazer o filho para consultar e acabou participando da oficina de Nutrição, realizada no dia 20: “É um ótimo incentivo. A maioria nem conhecia o suco detox, mas eu já usei e sei que faz bem. Gostei muito de participar”.

 

 

Dia do bolo

No dia 21 de novembro, um culto ecumênico celebrou a data de aniversário de unidade. Estiveram presentes muitos representantes da comunidade, além de funcionários e autoridades. Após a ministração religiosa, o público se deliciou com quitandas e um saboroso bolo de aniversário.

 

O casal Edilson de Almeida Júpiter e Sílvia de Andrade Almeida moram no bairro há mais de 40 anos e foram alguns dos protagonistas na luta para a implantação da unidade no bairro. Seu Edilson ressaltou que as conquistas são de todos, por isso é muito importante a participação da comunidade nas reivindicações: “A grande importância é a presença da comunidade. Discutir, criticar e elogiar as atividades deste centro de saúde, que está ainda em construção e a sua eficácia depende do estímulo e da participação de todos para aquilo que visa sua melhoria.” Para d. Sílvia, é tempo de comemorar, mas também de perseverar na caminhada: “Que continuemos a luta pela saúde da comunidade. Contamos com o apoio de todos.”

 

O Centro de Saúde Padre Joaquim Maia foi uma obra conquistada pela comunidade por meio do Orçamento Participativo. Para o presidente da Associação Comunitária dos Bairros Aeroporto, Jaraguá, Santa Rosa, Dona Clara, Liberdade e Adjacências, Varosnil Voiski, é necessário reconhecer a contribuição de todos que se dedicaram para que o centro de saúde fosse implantado na região: “Uma das maiores conquistas da associação foi a implantação deste centro de saúde. Para a comunidade foi muito importante. Temos que agradecer também ao Padre Lourival e a outros que lutaram por esta conquista”.

 

 

Flauta e violão

Pixinguinha, Chico Buarque, Flávio Venturini e Adoniran Barbosa. As músicas destes importantes compositores brasileiros ecoaram pela recepção da unidade no dia 22 de novembro, promovendo momentos de sensibilidade e informação. A médica acupunturista Vanda Lúcia Michaelsen de Mendonça e seu esposo José Eugênio Rolim Biasutti fizeram uma apresentação de flauta e violão. Além do repertório de chorinho e MPB, o público aprendeu um pouco sobre a influência da música na saúde do ser humano, ao promover bem estar e tranquilidade.

 

Morador do bairro há 38 anos, o aposentado Rodolfo de Carvalho se surpreendeu com o que viu: “Embora tenha plano de saúde, vim aqui para marcar a minha primeira consulta nesta unidade. Achei fantástico e criativo. Foi também uma oportunidade de rever pessoas conhecidas, pois aqui é um lugar de encontro”, disse.  

 

Maria Lúcia Souto Mayor é Agente Comunitário de Saúde desde 1999 e mora no bairro Aeroporto há mais de 30 anos. Ela conta que sempre gostou de escutar as pessoas, por isso, trabalhar como ACS foi uma oportunidade de exercer este dom. “Faço por amor, pois gosto do que faço”, afirmou. Em relação ao envolvimento de toda a equipe para a comemoração dos 10 anos da unidade, ponderou: “Quando fazemos algo com alegria, as coisas fluem melhor”.

 

Tendo assumido a unidade há quase um ano, a gerente Tatiane Cássia de Souza ficou muito satisfeita com os resultados alcançados junto da equipe. Ela contou que, a princípio, seria apenas um dia de comemoração, mas tanto a comunidade quanto os trabalhadores se dispuseram a colaborar. “São 10 anos de muito trabalho, de lutas e de histórias da comunidade e dos usuários que se misturam à história do Centro de Saúde Padre Joaquim Maia. Não poderia ser diferente: comemorar junto aos nossos usuários. Foi uma ótima oportunidade de fortalecer os vínculos com a população e valorizar os trabalhadores que prestam atendimento nesta unidade”, comemorou.

 

O Centro de Saúde Padre Joaquim Maia está localizado na Rua Boaventura, 1900, bairro Aeroporto. O telefone para contato é o 3277-7886.