Pular para o conteúdo principal

‘Casa do Baile promove ações inclusivas dentro do “Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência”
Foto: Ricardo Laf/PBH

Casa do Baile promove ações inclusivas dentro do “Setembro Verde"

criado em 08/09/2022 - atualizado em 08/09/2022 | 16:56

A Casa do Baile - Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design -, participa neste mês do “Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência”, uma ação desenvolvida pela Prefeitura de Belo Horizonte para dar visibilidade e apresentar o movimento de luta pelos direitos das pessoas com deficiência na cidade. As atividades da Casa do Baile acontecem deste domingo (11) a 30 de setembro e são voltadas às pessoas com transtorno do espectro autista. Entre as atrações estão encontro com autistas e suas famílias nos jardins da Casa do Baile, apresentações musicais, exibição de filme, além de uma exposição virtual em cartaz no auditório da Casa do Baile. Também haverá uma atividade especial em celebração do mês do orgulho surdo. Todas as ações são gratuitas. A programação completa das ações na Casa do Baile está disponível no Portal Belo Horizonte.

A secretária Municipal de Cultura, Eliane Parreiras, destaca a importância da iniciativa, que se soma às diversas atividades e projetos com acessibilidade desenvolvidos pelas políticas públicas culturais do município. "Pensar os museus a partir da acessibilidade é de extrema importância para garantir o acesso democrático aos bens culturais. A programação da Casa do Baile - Centro de Referência da Arquitetura, Urbanismo e Design foi elaborada especialmente para integrar o “Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência", possibilitando a fruição desse importante espaço cultural da cidade e contribuindo para a inclusão, o acesso e a formação cidadã", afirma. 

A presidente da Fundação Municipal de Cultura, Luciana Féres, celebra a programação.  "Além de promover a acessibilidade nas atividades, a programação da Casa do Baile contempla e potencializa a produção artística desenvolvida por pessoas com deficiência e com transtorno do espectro autista, contribuindo para ampliar a visibilidade e o alcance dessas produções. Trazer a perspectiva desses artistas para a fruição do público em nossos espaços museais é fundamental na promoção e inclusão por meio da cultura", destaca.

Para Janaína Melo, diretora de museus da Fundação Municipal de Cultura, ações de acessibilidade e inclusão são essenciais para a democratização cultural. “É importante que estes temas sejam debatidos e que cada vez mais ações sejam desenvolvidas visando atingir o público com deficiência. Nesse sentido, a Casa do Baile tem se tornado uma referência importante, promovendo ações culturais inclusivas, tais como visitas táteis e sensoriais, além de debates, encontros e mostras artísticas que contribuem para a visibilidade da produção cultural e criação artística de pessoas com deficiência”, completa. 

Durante todo o mês de setembro, o público poderá conferir no auditório da Casa do Baile a exposição virtual “7º Concurso de Arte para Pessoas com Autismo”, promovida pela Galeria Aut, com curadoria de Meiry Geraldo. A mostra apresenta obras de 60 artistas, de 13 estados brasileiros, todos com transtorno do espectro autista. São obras que vão do abstrato ao contemporâneo, nas modalidades de pintura, desenho, desenho digital e esculturas. A exposição conta também com diversos personagens e desenhos animados que permeiam o cotidiano dos artistas participantes. A visitação está aberta de quarta a domingo, das 10h às 18h.

Neste domingo (11), a partir das 9h, a Casa do Baile promove um encontro de pessoas com transtorno do espectro autista e suas famílias. Nesse dia, todos poderão conhecer um pouco mais da história e da arquitetura do espaço, dos jardins e de sua inserção na Lagoa da Pampulha, através de jogos, brincadeiras e atividades de exploração sensorial do espaço. O encontro possui vagas limitadas e as inscrições devem ser feitas previamente através do e-mail cb.fmc@pbh.gov.br. No mesmo dia, a partir das 10h, acontece mais uma edição do “Música no Baile” com apresentações musicais de artistas autistas de diversas partes do país, em formato híbrido, contando tanto com vídeos quanto com apresentações ao vivo. A curadoria do evento é de Meiry Geraldo, da Galeria Aut. As apresentações musicais são abertas ao público geral.

Já no sábado seguinte, dia 17, às 16h, a Casa do Baile promove a sessão comentada do filme “Clube das Ilusões” (2022, classificação 12 anos), de Ernane Alves. Trata-se de uma produção independente financiada com recursos do próprio diretor, que é autista. A obra, com roteiro original assinado por Alves e influências do neorrealismo italiano e da nouvelle vague francesa, foi rodado em Pedro Leopoldo (MG). Com linguagem vanguardista e atuações naturalistas dos atores, os conflitos humanos são o fio condutor da história, que se passa numa pequena cidade. Após a sessão, haverá debate com o roteirista e diretor do filme. A exibição é aberta ao público geral, sujeito a lotação. 

Também no sábado, dia 17, às 10h, acontece a visita mediada “Arquitetura dos Sentidos – Pensar com as Mãos”, com Ademar Alves Jr., arquiteto surdo. A visita será realizada na Língua Brasileira de Sinais – Libras, com tradução para português, e abordará aspectos da história e da arquitetura da Casa do Baile, sob a perspectiva da comunidade Surda. Além de integrar o “Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência”, a atividade celebra o Mês do Orgulho Surdo. O mês de setembro é celebrado pela comunidade Surda pois congrega duas importantes datas: o Dia Internacional da Língua de Sinais (23/9) e o Dia Nacional do Surdo (26/9). 

Cine Santa Tereza no “Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência”

O Cine Santa Tereza também participa da programação do "Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência", com a atração "Sessão Azul''. Voltada para todos os públicos, com atenção especial às pessoas com transtorno do espectro do autismo, promove adaptações para tornar a experiência do cinema mais confortável para famílias e crianças. Na "Sessão Azul", o ambiente será adaptado, com meia luz, som mais baixo e livre acesso à sala de cinema. Será exibido no domingo, dia 11 de setembro, às 16h30, o filme de animação "O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes" (Walbercy Ribas Rafael Ribas | Brasil | 2009 | Animação | 86 min). No filme, o Grilo Feliz segue compondo suas músicas, para alegria dos habitantes da floresta, e agora deseja gravar um CD. Porém, a descoberta de fósseis de insetos gigantes faz com que ele se envolva em uma inesperada aventura. A classificação indicativa da sessão é livre. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados no site diskingressos.com.br ou na bilheteria do cinema 30 minutos antes da sessão. 

Sobre o Setembro Verde

O Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência é celebrado nacionalmente desde 1982, no dia 21 de setembro. O dia foi escolhido por sua proximidade com a primavera e por ser também o Dia da Árvore, de forma a assinalar que uma sociedade acessível e inclusiva tem que ser sustentável em todos os aspectos. A cor verde foi escolhida para representar o conceito de florescimento e frutificação dos direitos como processo de consolidação dos mesmos, consistindo em uma estratégia de promoção de uma grande campanha que possa destacar, num contexto maior, cada uma das ações que são realizadas no período. 

O “Setembro Verde - Mês da Pessoa com Deficiência” é uma ação de conscientização das lutas dos direitos das pessoas com deficiência realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania – SMASAC. Durante todo o mês, é oferecida para a cidade uma ampla programação direcionada para essa temática. A programação completa pode ser consultada no Portal da PBH