Pular para o conteúdo principal

Cerca de treze participantes praticam atividade física em local aberto e com vegetação abundante.
Foto: Divulgação PBH

BH em Pauta: Conheça as Academias da Cidade da região Oeste

19/10/2017 | 16:02 | atualizado em 19/10/2017 | 16:22

Com mais de dois mil alunos atendidos mensalmente, as oito Academias da Cidade localizadas na região Oeste de Belo Horizonte proporcionam aos moradores a oportunidade de cuidar gratuitamente da saúde, por meio da prática de atividades físicas e motoras, precedida por avaliação com especialistas.

 

O aposentado Hilário Antônio Koch é um desses usuários. Ele frequenta a Academia da Cidade do Uni-BH, no bairro Estoril, há cerca de três anos. Mal sabia que, ao ingressar no programa, teria um ganho tão circunstancial à saúde. Antes sedentário, o aposentado sofria com diversas dores no corpo. Agora um “atleta”, ele vibra com tudo o que é capaz de fazer: “Não conseguia caminhar, hoje corro tranquilamente. Já cheguei a perder cinco quilos em um mês. É muito motivador estar aqui”. Hilário destaca o fato de ser um programa municipal de acesso gratuito à população: “É de graça, mas é muito melhor que vários outros que já participei pagando”.

 

Ana da Silva Ribas é uma das alunas com idade mais avançada do grupo, com 83 anos. Dedicada, não perde uma aula sequer. Desde que começou a realizar as atividades, ela se sente bem mais disposta para o dia a dia, com o corpo melhor: “Depois que iniciei na Academia da Cidade, consigo acompanhar o ritmo dos meus netos e bisnetos. Tenho força e ânimo para estar bem com as pessoas que amo”, disse. A simpática senhora ressalta ainda a relação saudável que construiu com os demais alunos: “Todos nós somos muito amigos. Vibramos com a melhora do outro. É uma família.”

 

E este sentimento de família muito se deve aos professores do programa. Uma delas é Karina Souza de Medeiros, que sempre se empenhou em oferecer o melhor acolhimento à comunidade. Faz um trabalho muito importante na avaliação de cada aluno, quando detecta exatamente o que ele deve fazer. Além disso, estimula para que nenhum desista de participar. “Dou até diploma de participação. Sei o quanto isto aqui é importante para a saúde deles e, por isso, não posso deixá-los desistir. E cada vitória deles é um orgulho enorme para mim”, ressalta.

 

Além dos mais de dois mil alunos que já fazem parte das Academias da Cidade da região Oeste de BH, ainda há listas de espera com novos nomes. O desejo é de que novas turmas sejam abertas para que possam atender a mais alunos. “O programa nasceu para reduzir o número de pessoas nos centros de saúde da capital e acredito que estamos obtendo muito sucesso aqui na Regional”, conclui.

 

Em toda a capital mineira, são 76 unidades da Academia da Cidade distribuídas nas nove regionais do município. Trata-se de um projeto desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Secretaria Municipal de Saúde. As aulas acontecem de segunda a sábado em horários diversos na parte da manhã, tarde e noite. As atividades são gratuitas e qualquer pessoa, preferencialmente acima de 18 anos, pode participar. Basta preencher o cadastro e fazer a avaliação física com o professor na academia mais próxima.



Confira a lista de locais e horários das Academias da Cidade da região Oeste:

 

Academias da Cidade - região Oeste

Endereços

Horários


Telefones

 

Amilcar Viana

Rua Nelson de Senna, 120, Betânia.

 

Das 7h às 12h e

das 16h às 21h.

3246-6006

Conjunto Betânia

Rua Onã, 105, Conjunto Betânia.

Das 7h às 12h.

3277-5982

Cras Vista Alegre

Rua Aguanil, 425, Vista Alegre.

Das 7h às 12h.

3246-2008

Havaí

Av. Costa do Marfim, 480, Havaí.

Das 7h às 12h.

3277-9616

Parque Jacques Cousteau

Rua Augusto José dos Santos, 366, Betânia.

Das 7h às 12h.

3277-5972

UNI-BH

Av. Professor Mário Werneck, 1685, Estoril.

Das 16h30 às 21h30.

3319-9403

Ventosa

Rua Dona Nicolina de Lima, 316, Havaí.

Das 7h às 12h.

3277-9976

Vila Leonina

Rua Alice, 197. Santa Sofia.

Das 7h às 12h.

3277-6499

 

 

19/10/2017. Academias da Cidade Região Oeste. Fotos: Divulgação/PBH