Pular para o conteúdo principal

Imagem da Praça 06, no bairro São João Batista, em Venda Nova
Foto: Acervo Sudecap/Rogério França

Bairros em Venda Nova recebem áreas sociais e de lazer

criado em 08/09/2021 - atualizado em 08/09/2021 | 16:50

Com área de aproximadamente 9 mil m², a praça entre a avenida Dr. Álvaro Camargos e rua Augusto Franco foi finalizada em julho e gerou mais qualidade de vida aos moradores do bairro São João Batista. Foram realizadas a instalação de equipamentos de lazer para crianças, academia a céu aberto e guarda-corpos, arborização, iluminação em LED feita pela concessionária BHIP e execução de canal em trecho do córrego Lareira. 

 

Outra praça já havia sido entregue à população do bairro em 2020, com implantação de bancos, mesas, pisos de concreto e arborização, localizada na esquina das ruas Hye Ribeiro e Maria de Lourdes Carreira. Com escopos parecidos, outras quatro áreas sociais e de lazer estão em andamento: na esquina das ruas Maria de Lourdes Carreira e Joaquim Murce Ferreira, praça 02; na esquina entre as ruas Maria Antônia Alves e Otávio Pereira, praça 03; e na rua Bernardino de Oliveira Pena com as praças 04 e 05 em fase de acabamento. Ao todo e ao final das obras no córrego Lareira, previstas para o primeiro semestre de 2022, serão seis os espaços urbanizados que os moradores do bairro São João Batista poderão usar socialmente. 

 

No bairro Santa Mônica, uma praça começa a ganhar forma com a implantação de pavimento intertravado na esquina das ruas José Maria Botelho e Rui Barbosa. A execução de canal em trecho do córrego Marimbondo já foi concluída e nesta que será a única praça a acompanhar a obra de macrodrenagem, ainda será feita arborização, playground, equipamentos de ginástica, bancos de concreto e rede interceptora de esgoto. Após a remoção de algumas casas para avançar com a obra, a previsão é de que neste semestre a praça esteja finalizada. 

 

“Apesar dos transtornos gerados por qualquer obra de grande porte, como desvios de trânsito, poeira, processos judiciais para remoção de famílias que muitas vezes demoram a ser resolvidos, os benefícios finais da urbanização e a melhoria na qualidade de vida são inquestionáveis”, afirma o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho. 

 

Esses espaços sociais e de lazer entram como condicionantes ambientais dos empreendimentos do córrego do Nado que têm como escopo o tratamento de fundo de vale dos córregos Marimbondo e Lareira, com construção de bacia neste último. Esses dois empreendimentos de macrodrenagem fazem parte do conjunto das obras de prevenção de enchentes na região de Venda Nova e o investimento é de cerca de R$ 40 milhões de recursos repassados pelo PAC, com contrapartida do Fundo Municipal de Saneamento.