Pular para o conteúdo principal

Dr. Tomáz de Aquino

Adoção do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil é exposta na PUC

21/05/2019 | 18:32 | atualizado em 22/05/2019 | 09:09

O procurador-geral do município, Tomáz de Aquino Resende, apresentou, no dia 9 de maio, o processo de implementação da Lei nº 13.019/2014 em Belo Horizonte em um encontro do Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor (Neats) da PUC-SP. O Neats se dedica à pesquisa, formação e consultoria na área de gestão das relações de interesse público entre as organizações da sociedade civil e o Estado.

 

O procurador Tomáz de Aquino e a advogada e consultora Laís de Figueirêdo Lopes relataram o passo a passo para a adoção, na capital mineira, do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC), que agora rege as parcerias entre essas organizações e a administração pública.

 

Em sua exposição, o procurador de Belo Horizonte ressaltou que, para solucionar certas questões nas áreas social e ambiental, é imprescindível a ação conjunta dos governos, da iniciativa privada e das organizações do Terceiro Setor. Ele acrescentou que as parcerias entre as administrações públicas e as organizações da sociedade civil careciam, havia quase três décadas, de uma regulamentação que propiciasse o dinamismo, a transparência e a eficácia essenciais para o sucesso das iniciativas.

 

“Essa regulamentação veio com a Lei 13.019/2014, e eu assumi junto ao prefeito Alexandre Kalil a missão de implementá-la em Belo Horizonte. Por meio do diálogo intersetorial, da criação de ferramentas de governança e muito trabalho, estamos vencendo esse desafio”, considerou o procurador.

 

Após o encontro na PUC-SP, Tomáz de Aquino fez uma breve apresentação sobre a experiência de Belo Horizonte na Procuradoria Geral do Município de São Paulo, quando entregou uma versão preliminar da publicação sobre a implementação do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil em Belo Horizonte, sistematizada em 12 passos.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Vista lateral do Museu de Arte da Pampulha, com lagoa ao fundo, durante o dia. Programa Bolsa Pampulha recebe a artista Rosângela Rennó

O Museu de Arte da Pampulha recebe, nos dias 6 e 7/7, oficina e palestra com a artista Rosângela Rennó.

25/06/2019 | 20:00
Mais de trinta pessoas transitando entre estandes do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte, o FIQ-BH. FIQ-BH concorre a prêmio Jayme Cortez

Pela sua contribuição para o quadrinho nacional, o Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte concorre a um prêmio.

24/06/2019 | 20:17