Pular para o conteúdo principal

Bloco de carnaval tocando na Av. Afonso Pena
Foto: Acervo Belotur | Alexandre Guzanshe

Belotur debate medidas de segurança no Carnaval com Bombeiros e Cemig

17/01/2020 | 15:19 | atualizado em 21/01/2020 | 11:43

Com o objetivo de discutir medidas que garantam a segurança para os desfiles dos blocos de rua no Carnaval 2020, o Corpo de Bombeiros e a Cemig se reuniram com representantes dos grupos em encontro promovido pela Belotur, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte. A programação oficial vai de 8 de fevereiro a 1º de março, e conforme o balanço dos bombeiros, pelo menos 24 blocos preveem público acima de 100 mil pessoas – o que demanda ainda mais atenção em relação à segurança da festa.


Um dos maiores alertas dados pela Cemig foi em relação a objetos inflamáveis ou que sirvam como condutores, e por isso possam causar curtos circuitos. Entre eles, as serpentinas metalizadas, confetes, sprays de espuma e balões, que normalmente possuem metal em sua composição. Quando arremessados, caso atinjam a rede elétrica, podem causar danos e provocar graves acidentes.

 

Os desfiles com trios elétricos e carros alegóricos também demandam atenção. Os veículos precisam estar sempre a uma distância de pelo menos 1,5 metros (lateral e verticalmente) da rede elétrica, considerando as pessoas que estarão sobre ele, além de eventuais proteções para a chuva, como lonas. Foliões também devem estar atentos para o risco de choque com fios elétricos partidos. A orientação é sempre se afastar, avisar aos demais, e informar a Cemig pelo telefone 116.


Os bombeiros ressaltam ainda a importância de escolher vias que comportem o tamanho do bloco, para evitar situações de pânico. Diante de situações de emergência, a orientação é encerrar a atividade da bateria e da música, interromper o deslocamento do trio, identificar o problema e acionar os bombeiros militares através do telefone 193. Deve-se, também, fornecer informações para que os foliões se desloquem, de maneira ordenada, a um ponto seguro e afastado.

 

Outra recomendação é a atenção ao disposto na Instrução Técnica 39 (instruções de segurança para blocos de carnaval) e de declaração prévia da festividade por meio do site do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, após o alinhamento da organização do bloco junto a Belotur.


Carnaval de Belo Horizonte 2020

           

O Carnaval de Belo Horizonte 2020 é realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, com todos os gastos custeados pelos patrocinadores: Skol Puro Malte e iFood. O valor é de R$ 6 milhões em verba direta, mais R$ 8,3 milhões em planilhas de estruturas e serviços, captado por meio de Edital de Patrocínio.

 

Vale ressaltar que a contratação de músicos, subvenção de blocos e escolas de samba e toda a estrutura dos palcos espalhados pelas regionais da cidade durante o evento, assim como todo o orçamento da Belotur, é custeado pela iniciativa privada.

 


Últimas Notícias

Crianças durante aula de ginástica rítmica Polo esportivo da Prefeitura, na Leste, abre 70 vagas para diversas modalidades

O Polo tem capacidade para atender 360 alunos e disponibiliza duas aulas semanais realizadas nos turnos da manhã e tarde de segunda a sexta.

14/02/2020 | 15:56
Imagem do Jardim Japonês no Zoológico de Belo Horizonte Belo Horizonte tem programação também para quem não curte o Carnaval

Para os moradores e turistas que querem tranquilidade total durante o feriado, a capital oferece diversas opções de lazer. 

14/02/2020 | 15:49